Yovanna (nome verdadeiro: Ιωάννα Φάσσου Καλπαξή - Ioanna Fassou Kalpaxi, Amaliada, 1940 -) é uma cantora e escritora grega, conhecida internacionalmente por ter representado a Suíça no Festival Eurovisão da Canção 1965.

Yovanna
Nascimento Ιωάννα Φάσσου Καλπαξή
14 de novembro de 1938
Amaliada
Cidadania Grécia
Ocupação cantora, autora, escritora, voz
Página oficial
https://yovannakalpaxi.wixsite.com/official

Começou como cantora de ópera na Academia de Música de Atenas, Yovanna decidiu enveredar pela música pop. Começou a participar em festivais na Grécia nos finais da década de 1950 e também cantou em outros países, tornando-se muito popular na ex-União Soviética, em particular na República Socialista Soviética da Geórgia

Em 1965, Yovanna representou a Suíça no décimo Festival Eurovisão da Canção, em Nápoles, com a canção "Non, à jamais sans toi" .[1] Foi a última canção a ser interpretada na noite do evento, "Non, à jamais sans toi" terminou em oitavo lugar, entre 18 países participantes.[2][3]

Yovanna continupou a gravar e cantando, principalmente na Grécia e Alemanha. até aos inícios da década de 1980, quando ela decidiu dedicar-se à escrita. Inicialmente escreveu volumes de poesia, e em 1986 publicou o seu primeiro romance Άντε γεια (traduzido como Adeus Adeus) que foi um bestseller na Grécia e subsequentemente foi feito um filme baseado nesse romance. Até ao momento, lançou sete romances de ficção, alguns dos quais já foram adaptados à televisão.

ReferênciasEditar

Ligações externasEditar

Prêmios e realizações
Precedido por
Anita Traversi
com "I miei pensieri"
Suíça no Festival Eurovisão da Canção
1965
Sucedido por
Madeleine Pascal
com "Ne vois-tu pas?"
  Este artigo sobre um cantor é um esboço relacionado ao Projeto Música. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.