Álvaro Pino

ciclista espanhol
Álvaro Pino Couñago
Álvaro Pino Xacobeo Galicia.JPG
Informação pessoal
Nascimento 17 de agosto de 1956 (63 anos)
Ponteareas (Pontevedra)
Estatura 1,75
Cidadania Flag of Spain.svg Espanha
Ocupação Ciclista desportivo (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Informação equipa
Desporto Ciclismo
Disciplina Estrada
Equipas profissionais
1981
1982-1986
1987-1989
1990
1991
Colchón-CR
Zor
BH
Seur
Kelme
Maiores vitórias
Grandes Voltas:

Volta a Espanha Jersey yellow.svg (1986)
Volta a Espanha:
Classificação da montanha Jersey blackdots.png (1988)
5 etapas
Voltas Menores:
Volta à Catalunha Vencedor Volta à Catalunha (1987)

Álvaro Pino Couñago (Fontenla, Ponteareas, Pontevedra, 17 de agosto de 1956) foi um ciclista espanhol, profissional entre os anos 1981 e 1991.

Aficionado à mecânica, Álvaro Pino iniciou-se no mundo do ciclismo graças a uma bicicleta extraviada que lhe presentearam. A sua especialidade foram as etapas de montanha.

No Tour de France, seus melhores resultados foram dois oitavos postos, que conseguiu em 1986 e 1988. Também foi 16.º em em 1989 e 19.º em 1985.

Foi vencedor da Volta a Espanha de 1986 com a equipa BH derrotando em todos os terrenos a figuras de primeiro nível como Laurent Fignon, Sean Kelly, Robert Millar ou Pedro Delgado. Também foi quarto em 1983 (onde chegou a ser líder pondo em apuros ao grande Bernard Hinault), oitavo em 1985, oitavo e grande prêmio de montanha em 1988 e quinto em 1989. Nesta prova obteve cinco vitórias individuais, a primeira na sua estreia, em 1981, na etapa Zaragoza-Torrejón depois de uma fuga de 200 quilómetros. A última, em 1989, na mítica subida aos Lagos de Covadonga. Em 1988, obteve o troféu superprestígio Unipublic.

Foi seleccionado em sete ocasiões para disputar o campeonato do mundo. Outros lucros importantes têm sido as vitórias na Subida ao Naranco em 1982, a Escalada a Montjuic em 1987 e a Volta à Catalunha em 1987, na que tinha sido segundo um ano antes e, posteriormente, quarto em 1988 e terceiro em 1989. Obteve o Grande prêmio da montanha da Volta a Galiza de 1987 e de 1988 e o da Volta ao País Basco em 1988. Subiu três vezes ao pódio da Volta às Astúrias, sendo terceiro em 1982, segundo em 1983 e terceiro em 1989.

Depois de retirar-se do ciclismo profissional, continuou unido ao mundo da bicicleta, convertendo-se em director desportivo e passando pelas equipas Kelme, Phonak e Xacobeo Galiza[1] até ao ano de 2010, com o qual tem conquistado o triunfo por equipas na Volta a Espanha de 2009.

Ademais exerce de comentarista das grandes voltas ciclistas no programa radiofónico de desportos, Radioestadio, da Onda Zero.

PalmarésEditar

Resultados em Grandes Voltas e Campeonatos do MundoEditar

Carreira 1981 1982 1983 1984 1985 1986 1987 1988 1989 1990 1991
Giro d'Italia - 30.º 18.º Ab. - - - - - - -
Tour de France - - - - 19.º 8.º - 8.º 16.º Ab. -
Volta a Espanha 22.º 10.º 4.º Ab. 8.º 1.º - 8.º 5.º Ab. -
Mundial em Estrada   - - - - 32.º 19.º 39.º 36.º 35.º - 71.º

-: não participa
Ab.: abandono

ReferênciasEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Álvaro Pino