Abrir menu principal
Question book-4.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2014). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
É Tudo Improviso
É Tudo Improviso (BR)
Informação geral
Formato Programa de auditório
Duração 60 minutos
Criador(es) Marcio Ballas
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Tadeu Jungle (1ª e 2ª Temporadas)
Ney Marcondes (3ª e 4ª Temporadas)
Apresentador(es) Marcio Ballas
Elenco Márcio Ballas
Marianna Armellini
Marco Gonçalves
Cristiane Wersom
Guilherme Tomé
César Gouvêa
Tema de abertura "É Tudo Improviso" - Banda Paraquedas
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Bandeirantes
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original Band
11 de janeiro de 2010 - 28 de fevereiro de 2011

TBS Brasil
22 de novembro de 2012 - presente
N.º de temporadas 4
N.º de episódios 40 (Total)
Cronologia
Programas relacionados Quinta Categoria

É Tudo Improviso foi um programa de televisão humorístico de improvisação exibido na TV Bandeirantes. Inicialmente, era exibido nas noites de segunda-feira, cobrindo as férias do Custe o que Custar. Posteriormente, firmou-se na grade de programação às terças. O programa contava com a participação, no elenco fixo, de integrantes dos grupos de improviso As Olívias e Jogando no Quintal, além de convidados a cada exibição. O programa também contava com a comediante Carol Zoccoli como roteirista. A quarta temporada permanece inédita na TV aberta aonde retornaria a grade da Band novamente nas férias de 2012 do programa CQC mas em vez disso, foi exibido o reality-show Mulheres Ricas, e as três temporadas foram vendidas para a SKY da Inglaterra em uma feira mundial realizada nos Estados Unidos.[1]A quarta temporada só estreou em TV aberta em 8 de julho de 2019 na Rede Bandeirantes,exibido nas noites de segunda-feira.[2]

No final de 2012 o canal TBS comprou os direitos de exibição do programa na TV paga, com isso o programa se junta ao já exibido CQC.[3] Em outubro de 2014, o canal TBS Brasil exibiu a quarta temporada do programa, a qual era inédita na TV brasileira.

O programa ainda continua sendo exibido pelo canal TBS, através de reprises, que ocupam a grade de programação humorística do canal.

Índice

SinopseEditar

O programa era inicialmente um substituto de férias de outro humorístico de sucesso da Band, o CQC. O intuito do programa era incorporar espetáculos de improvisação teatral às telas da televisão, baseando-se no Jogando no Quintal e principalmente no Improvável. Com o sucesso ganhou mais uma temporada com algumas mudanças. Os improvisadores se desafiam em diferentes jogos, com temas sugeridos pela plateia, sendo tudo criado na hora. Além disso, o programa conta com a banda Paraquedas.

Anteriormente o Jogando no Quintal tinha um quadro no Programa Novo, da TV Cultura, em que faziam pequenas apresentações. Ambos os programas tinham como base a improvisação. No mesmo ano, As Olívias lançaram uma websérie, que pode ser conferida no seu site ou no canal no Youtube.

Elenco 1ª temporadaEditar

ApresentadorEditar

ImprovisadoresEditar

Efeitos sonorosEditar

ConvidadosEditar

Olha quem tá aí

Caiu de paraquedas

Elenco 2ª temporadaEditar

Elenco 3ª temporadaEditar

ApresentadorEditar

ImprovisadoresEditar

Efeitos sonorosEditar

ConvidadosEditar

Caiu de paraquedas

Elenco 4ª Temporada (2014)Editar

ApresentadorEditar

ImprovisadoresEditar

Efeitos SonorosEditar

Banda Paraquedas

QuadrosEditar

Jogo do Troca-TrocaEditar

Nesse jogo, os jogadores criam uma cena e, toda vez que o apresentador dizer a palavra "troca", eles têm de mudar sua última fala ou sua última ação na cena.

Jogo da MãozinhaEditar

Os jogadores formam pares, sendo um jogador na frente e outro atrás fazendo as mãos do respectivo jogador.

Olha Quem Tá AíEditar

Apresentação de stand up feita por um convidado, sem relação com a improvisação.

Jogo da CantadaEditar

O apresentador escolhe duas pessoas de sexos opostos da plateia e cabe aos jogadores conquistá-las, usando objetos ou figurinos que se encontram dentro de uma caixa, a Caixa Mágica.

5x2Editar

Dois jogadores improvisam uma cena fazendo cinco personagens.

Frases no BolsoEditar

Dois jogam, os dois tem que pegar duas frases que eles nunca viram e improvisar uma cena.

A Plateia Faz o SomEditar

O apresentador escolhe alguém da plateia que deve se responsabilizar em fazer todos os sons da cena criada por dois jogadores.

Caiu de ParaquedasEditar

O convidado entra na história de repente com algum personagem assim que o mestre toca a campainha.

Jogo do DiretorEditar

Um jogador é escolhido diretor e outros três criam uma cena, sendo interrompidos no meio da cena pelo diretor, que decide se haverá mais ação, suspense, drama, romance etc.

Cenas AbsurdasEditar

Com temas criados pela plateia ou por internautas, os jogadores têm que ser rápidos e criativos criando uma cena conforme o tema.

Repórter TrigloditaEditar

Um jogador é escolhido como âncora e outros três se juntam para fazer um repórter triglodita e responder às perguntas do âncora simultaneamente.

Controle RemotoEditar

O apresentador usa um controle remoto e, no decorrer do jogo, paralisa a cena para pedir sugestões à plateia.

MusicalEditar

Três jogam, no meio da cena e, quando os jogadores ouvirem o som da campainha, uma música começa para eles improvisarem um musical.

Jogo do ABCEditar

Nesse jogo, os jogadores tem de criar uma cena em 90 segundos, sendo que cada fala deve começar com uma letra específica, seguindo a ordem do alfabeto novo (incluem-se as letras K, Y e W). Se o jogador pular uma letra, esse é eliminado do jogo e a cena continua (quase sempre) com apenas um personagem.

Mais ou MenosEditar

Esse jogo, três jogam, quando ouvirem a palavra MAIS, tem que aumentar o elogio ou a fala; e quando ouvirem MENOS, tem que diminuir o elogio ou a fala.

Jogo das CoisasEditar

Nesse jogo, formam-se duplas de jogadores. Cada dupla recebe um objeto que devem transformá-lo no maior número de coisas possíveis.

Só PerguntasEditar

Os jogadores só podem usar perguntas para dialogar.

Surdo MudoEditar

A plateia sugere um idioma. Três jogadores realizam a cena. O primeiro jogador fala no idioma escolhido, o segundo traduz em português e o terceiro traduz em sinais.

Jogo da TortaEditar

Nesse jogo jogam todos os jogadores, dois sentam em dois banquinhos (um para cada um), a plateia sugere alguma palavra (da vontade de Marcio Ballas) e eles inventam alguma pequena cena que tem a ver com essa palavra, cada um tenta fazer o outro rir e quem rir primeiro, leva uma tortada na cara, então, o que levou a tortada volta para fila e entra o próximo improvisador.

Jogo da TorradeiraEditar

Os jogadores, respectivamente posicionados em uma mesa (a torradeira), improvisam uma cena com um tema sugerido pela plateia. Entretanto, alguns deles estão agachados atrás da mesa e não podem participar da cena. Ao toque da campainha, aleatoriamente alguns dos participantes saem de cena e se agacham atrás da mesa e também aleatoriamente alguns dos que estavam escondidos se levantam e continuam a cena improvisada ou criam outra, seguindo o tema sugerido.

EnxaquecaEditar

Os jogadores contam uma história e quem levar uma martelada na cabeça tem que continuar.

Conselhos de BotecoEditar

Cada jogador na sua vez pede um conselho cantando ou rimando para o garçom que também é outro jogador. O garçom também deve responder cantando ou rimado.

Cabra CegaEditar

Os jogadores de olhos vendados tem que improvisar um cena como se estivessem vendo.

A Plateia Faz o CenárioEditar

É semelhante ao A Plateia Faz o Som; entretanto, o convidado da plateia tem que se fazer de objetos para a cena improvisada.

Palavras SoltasEditar

Dois jogadores improvisam uma cena sentados e, toda vez que o apresentador dizer uma palavra, eles devem acrescentá-la.

Jogo das EmoçõesEditar

O mestre congela a cena improvisada e troca a emoção dos jogadores. É o equivalente ao Salada de Estilos.

Surdo MudoEditar

Três Jogadores jogam, sendo que Dois fazem o improviso com a voz, e o outro é o Surdo Mudo onde só faz o improviso através dos gestos com as mãos.

Jogo da NovelaEditar

Os jogadores improvisam uma novela com apenas 3 capítulos, e a plateia escolhe se deseja ver o final bom o ruim da mesma.

Jogo da PoesiaEditar

O jogador improvisa uma poesia para ser declamada a uma pessoa da plateia.

Cenas ParalelasEditar

Quatro jogadores fazem duas cenas e quando a campainha toca, a outra cena começa com a última palavra dita em uma cena.

Carrossel de PersonagensEditar

Três jogadores terão que fazer os três personagens. Se um improvisador faz um personagem, ao tocar a campainha o outro deve continuar a fala anterior. É o equivalente ao "Quadrado Improvável"

Corrida Contra o TempoEditar

Os atores improvisam uma cena em 1 minuto, e em seguida eles repetem a cena em um espaço de tempo cada vez menor.

Ligações externasEditar

Referências

  1. Daniel Castro; Vilson Malacrida (5 de fevereiro de 2012). «Band vende É Tudo Improviso, mas deixa programa na geladeira». R7. Consultado em 7 de fevereiro de 2012 
  2. Vaquer, Gabriel (2 de julho de 2019). «Band tira da gaveta temporada inédita de É Tudo Improviso e estreia na próxima semana». Observatório da Televisão. Consultado em 3 de julho de 2019 
  3. Ricco, Flávio; Carlos, José (27 de dezembro de 2012). «Comentário de futebol pela TV é pura enganação». UOL. Consultado em 27 de dezembro de 2012 
  Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.