Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Adílson Maghá
Nome completo Adílson Magalhães
Outros nomes Adílson Maghá
Nascimento 18 de maio de 1948
Nova Lima, Minas Gerais
Morte 31 de dezembro de 2016 (68 anos)
Belo Horizonte, Minas Gerais
Ocupação Ator, cantor, compositor, diretor, produtor e roteirista
Atividade 1978-2016
Cônjuge Ana Maria Marquezini Andrade
Página oficial

Adílson Magalhães (Nova Lima, 18 de maio de 1948 - Belo Horizonte,  31 de dezembro de 2016)[1] conhecido como Adílson Maghá, foi um ator brasileiro.

Índice

BiografiaEditar

Adilson Maghá iniciou carreira artística nos anos 1960 como cantor e compositor. Partindo daí evoluiu para as artes cênicas, inicialmente no teatro, quando foi autor, ator e diretor. Também trabalhou como administrador do Teatro Santa Maria de Belo Horizonte. Aplicou aulas de técnica teatral e foi o fundador-presidente do Grupo Cena de Teatro. Nos anos 1980 fez o seu primeiro trabalho na televisão na minissérie Grande Sertão: Veredas na Rede Globo. No cinema possui larga experiência em curtas e longas-metragens, sendo detentor de diversas premiações de melhor ator: Festival Garnicê-MA, Festival de Colatina-ES, Festival de Juiz de Fora-MG, Festival de Vitória-ES, dentre outros. Adílson é autor de diversos textos e roteiros teatrais e de cinema, bem como músicas compostas nos anos 1960 e 1970. Fez papéis nas novelas Sete Pecados, Caminho das Índias, Araguaia e Velho Chico.

CarreiraEditar

TelevisãoEditar

Período Título Personagem
2016 Velho Chico Salomon
2010 Araguaia Genésio
2009 Caminho das Índias Bari suris
2008 Casos e Acasos Antônio
2007 Sete Pecados Evaristo
2007 Amazônia, de Galvez a Chico Mendes Raimundão (velho)
1985 Grande Sertão: Veredas Triciziano

CinemaEditar

Ano Filme Personagem
2008 Quando o Vento Sopra Wilson
2007 Siri-Ará, A Invenção do Paraíso Cioran
2007 E Agora José? José
2007 Era Uma Vez Assaltante
2007 Três da Madrugada Barman
2007 Oxianureto de Mercurio Homem Bruto
2007 Contos de Natal Líder dos Moradores de Rua
2006 5 Frações de uma Quase História Magarefe 3
2006 Batismo de Sangue Carcereiro
2005 A Idade do Homem Homem
2004 O Confronto Final Ferreira
2002 O Vestido Dr. Astor

MorteEditar

Morreu em 31 de dezembro de 2016, aos 68 anos em um hospital de Belo Horizonte. De acordo com o filho, o ator e bailarino Gustavo Marquezini, Maghá lutava contra um câncer de pulmão.[2]

Gustavo contou que o câncer contra o qual o pai fazia tratamento atingiu também o cérebro, por metástase. Maghá chegou a ser submetido a uma cirurgia cerebral, mas não resistiu.

Referências

  1. «Portifolio CURRICULUM VITAE». Consultado em 31 de março de 2012. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  2. «Morre ator mineiro Adilson Maghá, de 68 anos». Uai. 31 de dezembro de 2016. Consultado em 31 de dezembro de 2016 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.