Abrir menu principal
Alércio Dias
Deputado federal pelo Acre
Período 1983-1991
Deputado estadual do Acre
Período 1995-1999
Dados pessoais
Nascimento 22 de dezembro de 1942 (76 anos)
Joinville, SC
Alma mater Universidade Federal do Rio de Janeiro
Cônjuge Edite Dias
Partido PDS (1983-1993)

DEM/PFL (1993-presente)

Profissão advogado, securitário

Alércio Dias (Joinville, 22 de dezembro de 1942) é um advogado, servidor público, securitário e político brasileiro que foi deputado federal pelo Acre.

BiografiaEditar

Filho de Feliciano Galdino Dias e de Maria Gonçalves Dias. Advogado com Bacharelado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1974, assumiu a presidência da Companhia de Eletricidade do Acre no governo de Joaquim Falcão Macedo (1979-1983) e foi também presidente da Federação de Futebol do Estado do Acre (1981-1982).[1] Afastado da Eletroacre sob a acusação de corrupção, foi absolvido pelo Supremo Tribunal Federal em 1986.

Eleito deputado federal pelo PDS do Acre em 1982. Ausentou-se da votação da Emenda Dante de Oliveira que caiu por falta de vinte e dois votos para que fosse apreciada pelo Senado Federal.[2] Na eleição presidencial indireta de 1985 votou em Paulo Maluf, embora não o tivesse sufragado na convenção nacional do PDS. Com a Nova República ingressou no PFL sendo reeleito em 1986[3] e a nove meses do fim de seu mandato licenciou-se da Câmara dos Deputados dando lugar a Nosser Almeida. Derrotado na disputa pela prefeitura de Rio Branco em 1988 e suplente de deputado federal em 1990, foi eleito deputado estadual pelo PFL em 1994 licenciando-se do mandato para ocupar a Secretaria de Educação no governo Orleir Cameli.[4]

Candidato a governador do Acre em 1998, foi impugnado pelo Tribunal Regional Eleitoral acusado de cometer “irregularidades insanáveis” em sua gestão como secretário segundo o Tribunal de Contas do Estado, mas sua candidatura foi validada pelo Tribunal Superior Eleitoral. Nas eleições de outubro foi derrotado por Jorge Viana ainda em primeiro turno.[5]

Referências

  1. Então denominada Federação Acriana de Desportos.
  2. Primeira página: Folha de S.Paulo - Coletânea das mais importantes primeiras páginas do jornal desde 1921. São Paulo: Publifolha. p. 170 
  3. «Candidatos eleitos, período 1945-1990: estado do Acre». Consultado em 17 de agosto de 2011 [ligação inativa]
  4. Foi Secretário de Educação entre dezembro de 1995 e abril de 1998.
  5. «Eleição para o governo do Acre em 1998». Consultado em 17 de agosto de 2011. Arquivado do original em 18 de dezembro de 2010 

Ligações externasEditar