Nota: Para político brasileiro, governador de São Paulo, veja Américo Brasiliense de Almeida Melo. Para o município brasileiro, situado em São Paulo, veja Américo Brasiliense. Para o político brasileiro, também paraense, veja Américo Silva (político).

Américo Natalino Carneiro Brasil, ou apenas Américo Brasil, (Belém, 12 de outubro de 1912Brasília, 10 de fevereiro de 1998) foi um professor, odontólogo e e político brasileiro, outrora deputado federal pelo Pará.[1][2][3]

Américo Brasil

Américo Brasil
Deputado federal pelo Pará
Período 1971-1975
Deputado estadual pelo Pará
Período 1963-1971
1979-1983
Prefeito de Breves
Período 1941-1943
1955-1959
Dados pessoais
Nascimento 12 de outubro de 1912
Belém, PA
Morte 10 de fevereiro de 1998 (85 anos)
Brasília, DF
Alma mater Universidade Federal do Pará[nota 1]
Partido PSP (1947–1965)
ARENA (1966–1979)
PDS (1980–1983)
Profissão professor, odontólogo

Dados biográficos

editar

Filho de Francisco Castelo Branco Brasil e Lucíola Carneiro Brasil. Seu pai lutou pela anexação do Acre ao território brasileiro, sendo que o próprio Américo Brasil foi professor no respectivo estado. Graduado em Odontologia na Universidade Federal do Pará em 1939, foi prefeito de Breves entre 1941 e 1943 sob a vigência do Estado Novo.[1] Candidato a deputado estadual via PSP em 1947, não foi eleito, mas retornou à prefeitura de Breves por eleição direta em 1954. Candidato a deputado estadual por quatro vezes, figurou como suplente em 1958 e foi eleito em 1962.[4] Durante o seu mandato, o Regime Militar de 1964 outorgou o bipartidarismo e assim Américo Brasil optou pela ARENA, reelegendo-se em 1966.[5][3]

Eleito deputado federal em 1970, não se reelegeu no pleito seguinte. Aposentou-se como oficial administrativo do Ministério da Saúde em 1975[2] e elegeu-se deputado estadual em 1978, migrando para o PDS em 1980, quando o governo do presidente João Figueiredo restaurou o pluripartidarismo.[6]

Notas

  1. Conforme a nomenclatura da época, Américo Brasil formou-se pela Faculdade de Odontologia do Estado do Pará, posteriormente incorporada à Universidade Federal do Pará.

Referências

  1. a b BRASIL. Fundação Getúlio Vargas. «Biografia de Américo Brasil no CPDOC». Consultado em 6 de novembro de 2021 
  2. a b BRASIL. Câmara dos Deputados. «Biografia do deputado Américo Brasil». Consultado em 6 de novembro de 2021 
  3. a b BRASIL. Tribunal Regional Eleitoral do Pará. «Resultado das eleições gerais no Pará – 1945 a 2006». Consultado em 6 de novembro de 2021 
  4. BRASIL. Tribunal Superior Eleitoral. «Repositório de Dados Eleitorais». Consultado em 6 de novembro de 2021 
  5. BRASIL. Presidência da República. «Ato Institucional Número Dois de 27/10/1965». Consultado em 6 de novembro de 2021 
  6. BRASIL. Presidência da República. «Lei n.º 6.767 de 20/12/1979». Consultado em 6 de novembro de 2021