Eleições estaduais no Pará em 1962

As eleições estaduais no Pará em 1962 ocorreram em 7 de outubro como parte das eleições gerais em 22 estados e nos territórios federais do Amapá, Rondônia e Roraima. Foram eleitos os senadores Catete Pinheiro e Lobão da Silveira, além de 10 deputados federais e 37 deputados estaduais.[1]

1960 Brasil 1965
Eleição parlamentar no Pará Pará em 1962
7 de outubro de 1962
(Senadores eleitos)
Edward Cattete Pinheiro, Ministro da Saúde..tif Replace this image male.png
Líder Catete Pinheiro Lobão da Silveira
Partido PSP PSD
Natural de Monte Alegre, PA Bragança, PA
Votos 123.870 97.444
Porcentagem 31,97% 25,15%


Coat of arms of Brazil.svg
Senador do Pará

Nascido em Monte Alegre, o médico Catete Pinheiro cursou a Universidade Federal do Pará e graduou-se em 1936 na Universidade Federal de Pernambuco dedicando-se à Medicina Interna.[2] Trabalhou no Departamento de Saúde e no Serviço Especial de Saúde Pública do Pará antes de ser nomeado prefeito de sua cidade natal exercendo o cargo por quatro anos a contar de 1939, sendo eleito para o mesmo posto em 1948. Em 1950 foi eleito suplente de deputado federal pelo PSP e exerceu o mandato via convocação.[3] Nos anos de 1954 e 1958 foi eleito deputado estadual e, como presidente da Assembleia Legislativa do Pará, foi governador interino até que a Justiça Eleitoral convalidasse a posse de Magalhães Barata no Palácio Lauro Sodré. Candidato derrotado a suplente de senador na chapa de Paulo Maranhão em 1954, foi ministro da Saúde no governo Jânio Quadros e elegeu-se senador em 1962.

Quanto ao advogado Lobão da Silveira, este nasceu em Bragança e diplomou-se na Universidade Federal do Pará. Logo depois da Revolução de 1930 assumiu a prefeitura de sua terra natal e ascendeu na política como chefe de gabinete do interventor Magalhães Barata, sendo eleito deputado estadual pelo PSD em 1947 e 1950. Suplente de deputado federal em 1954, obteve a titularidade nas eleições suplementares de 6 de fevereiro de 1955.[4] Seu primeiro mandato de senador também foi conquistado numa eleição suplementar convocada em 21 de junho de 1959 após as mortes de Álvaro Adolfo e seu suplente, Acrísio Corrêa, sendo reeleito em 1962.[5]

Resultado da eleição para senadorEditar

Dados fornecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral.[1]

Candidatos a senador da República
Primeiro suplente de senador Número Coligação Votação Percentual
Catete Pinheiro
PSP
Pedro Carneiro
PSP
-
Coligação Democrática Paraense
(PSP, UDN. PSB, PR, PL, MTR, PTN, PRT)
123.870
31,97%
Lobão da Silveira
PSD
Moura Palha
PSD
-
PSD (sem coligação)
97.444
25,15%
Waldir Bouhid
PSD
Mário Pinotti
PSD
-
PSD (sem coligação)
86.839
22,42%
Cléo Bernardo
PSP
Arnaldo Prado
PSP
-
Coligação Democrática Paraense
(PSP, UDN. PSB, PR, PL, MTR, PTN, PRT)
79.250
20,46%
  Eleito

Deputados federais eleitosEditar

São relacionados os candidatos eleitos com informações complementares da Câmara dos Deputados.[6][7]

Deputados federais eleitos Partido Votação Percentual Cidade onde nasceu Unidade federativa
Stélio Maroja[nota 1] PSP 17.960 Bragança   Pará
Burlamaqui de Miranda PSD 16.536 Altamira   Pará
Valdemar Guimarães PSD 16.072 Salvador   Bahia
Armando Carneiro PTB 15.216 Tocantinópolis   Tocantins
Armando Corrêa PSD 13.604 Belém   Pará
João Menezes PSD 13.214 Belém   Pará
Clóvis Ferro Costa[nota 2] UDN 13.106 Passagem Franca   Maranhão
Américo Silva[nota 2] PTB 11.960 Belém   Pará
Gabriel Hermes UDN 10.633 Castanhal   Pará
Sílvio Braga[nota 2] PSP 10.299 Belém   Pará

Deputados estaduais eleitosEditar

Foram eleitos 37 deputados estaduais.

Notas

  1. Eleito prefeito de Belém em 1965, renunciou ao mandato em favor de Adriano Gonçalves.
  2. a b c Graças aos dispositivos do Ato Institucional Número Um foram cassados três deputados federais e efetivados os suplentes Epílogo de Campos, Gilberto Azevedo e Lopo de Castro.

Referências

  1. a b «Banco de dados do Tribunal Superior Eleitoral». Consultado em 18 de junho de 2016 
  2. «Senado Federal do Brasil: senador Catete Pinheiro». Consultado em 25 de junho de 2016 
  3. «Câmara dos Deputados do Brasil: deputado Catete Pinheiro». Consultado em 25 de junho de 2016 
  4. «Câmara dos Deputados do Brasil: deputado Lobão da Silveira». Consultado em 25 de junho de 2016 
  5. «Senado Federal do Brasil: senador Lobão da Silveira». Consultado em 25 de junho de 2016 
  6. «Página oficial da Câmara dos Deputados». Consultado em 18 de junho de 2016. Arquivado do original em 2 de outubro de 2013 
  7. «BRASIL. Presidência da República: Lei nº 9.504 de 30/09/1997». Consultado em 18 de junho de 2016