Ana Maria do Palatinado-Neuburgo

aristocrata alemã

Ana Maria do Palatinado-Neuburgo (Neuburgo do Danúbio, 18 de agosto de 1575Dornburg, 11 de fevereiro de 1643, foi uma condessa palatina de Neuburgo e uma duquesa de Saxe-Weimar por casamento.

Ana Maria
Duquesa de Saxe-Weimar
Condessa do Palatinado-Neuburgo
Duque de Saxe-Weimar
Reinado 15911602
Antecessor(a) Sofia de Württemberg
Sucessor(a) Doroteia Maria de Anhalt
 
Marido Frederico Guilherme I, Duque de Saxe-Weimar
Descendência João Filipe, Duque de Saxe-Altemburgo
Ana Sofia de Saxe-Weimar
Frederico, Duque de Saxe-Altemburgo
João Guilherme, Duque de Saxe-Altemburgo
Doroteia de Saxe-Altemburgo
Frederico Guilherme II, Duque de Saxe-Altemburgo
Casa Wettin
Wittelsbach
Nascimento 18 de agosto de 1575
  Neuburgo do Danúbio, Ducado do Palatinado-Neuburgo, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 11 de fevereiro de 1643 (67 anos)
  Dornburg, Ducado de Saxe-Altemburgo, Sacro Império Romano-Germânico
Pai Filipe Luís, Conde Palatino de Neuburgo
Mãe Ana de Cleves

VidaEditar

Ana Maria era a filha mais velha de Filipe Luís, Conde Palatino de Neuburgo (1547–1614) e da princesa Ana de Cleves (1552–1632), filha de Guilherme, Duque de Jülich-Cleves-Berg e sobrinha da princesa Ana de Cleves, quarta esposa do rei Henrique VIII de Inglaterra.

A 9 de Setembro de 1591, casou-se em Neuburgo com Frederico Guilherme I, Duque de Saxe-Weimar (1562–1602). Para celebrar o seu casamento, foi cunhada uma medalha em ouro na qual era representado o casal, um de cada lado com um busto.[1] Em 1604, Ana Maria partiu de Weimar com os filhos para Altemburgo, que tinha ganho independência recentemente como Ducado de Saxe-Altemburgo. Depois de ficar viúva em 1602, Ana Maria entrou num estado descrito como de "profunda tristeza" e, a partir de 1612, passou a viver separada dos filhos, na propriedade que tinha recebido como herança de viúvez, na cidade de Dornburg. Quando um exército croata liderado pelo general Tilly atacou o seu castelo em 1631, durante a Guerra dos Trinta Anos, Ana Maria conseguiu resistir aos atacantes, mas ficou ferida numa bochecha. Os habitantes da cidade socorreram-na no seu castelo, o que foi essencial para afastar os atacantes. Como sinal de gratidão, a duquesa doou um cálice à igreja local.

Ana Maria morreu em 1643 e encontra-se sepultada na cripta real da Igreja de Brethren em Altemburgo.[2]

DescendênciaEditar

Do seu casamento com Frederico Guilherme I, Ana Maria teve os seguintes filhosː

  1. João Filipe, Duque de Saxe-Altemburgo (25 de Janeiro de 1597 – 1 de Abril de 1639), duque de Saxe-Altemburgo entre 1602 e 1639. Casou-se com a princesa Isabel de Brunswick-Wolfenbüttel; com descendência.
  2. Ana Sofia de Saxe-Weimar (3 de Fevereiro de 1598 – 20 de Março de 1641), casada com o duque Carlos Frederico de Münsterberg-Öls.
  3. Frederico, Duque de Saxe-Altemburgo (12 de Fevereiro de 1599 – 24 de Outubro de 1625), morreu em batalha sem deixar descendentes.
  4. João Guilherme, Duque de Saxe-Altemburgo (13 de Abril de 1600 – 2 de Dezembro de 1632), morreu num acampamento militar sem deixar descendentes.
  5. Doroteia de Saxe-Altemburgo (26 de Junho de 1601 – 10 de Abril de 1675), casada com Alberto IV, Duque de Saxe-Eisenach.
  6. Frederico Guilherme II, Duque de Saxe-Altemburgo (12 de Fevereiro de 1603 –  22 de Abril de 1669), duque de Saxe-Altemburgo entre 1639 e 1669. Casado primeiro com a princesa Sofia Isabel de Brandemburgo; sem descendência. Casado depois com a condessa Madalena Sibila da Saxónia; com descendência.

GenealogiaEditar

Os antepassados de Ana Maria do Palatinado-Neuburgo em três gerações
Ana Maria do Palatinado-Neuburgo Pai:
Filipe Luís, Conde Palatino de Neuburgo
Avô paterno:
Wolfgang, Conde Palatino de Zweibrücken
Bisavô paterno:
Luís II, Conde Palatino de Zweibrücken
Bisavó paterna:
Isabel de Hesse, Condessa Palatina de Zweibrücken
Avó paterna:
Ana de Hesse
Bisavô paterno:
Filipe I de Hesse
Bisavó paterna:
Cristina da Saxónia
Mãe:
Ana de Cleves
Avô materno:
Guilherme, Duque de Jülich-Cleves-Berg
Bisavô materno:
João III, Duque de Cleves
Bisavó materna:
Maria de Jülich-Berg
Avó materna:
Maria da Áustria, Duquesa de Jülich-Cleves-Berg
Bisavô materno:
Fernando I de Habsburgo
Bisavó materna:
Ana da Boêmia e Hungria

ReferênciasEditar

  • Luise Hallof, Klaus Hallof: The inscriptions of the district Jena, Akademie Verlag, 1995, p. 159 ff.
  • Association for Thuringian history and archeology, Jena: Journal of the Society for Thuringian History and Archaeology, Volume 6-7, G. Fischer, 1865, p. 248 ff.
  • Johann Samuel Ersch: General Encyclopedia of the sciences and arts, Volume 50, J.f. Gleditsch, 1849, p. 81


NotasEditar

  1. Johann G. Gruner: History of Frederick William I, 1791, p. 71
  2. Christian Häutle: Genealogy of illustrious House of Wittelsbach, 1870, p. 183