Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo bairro de Santa Maria, RS, veja Dom Antônio Reis.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Antônio Reis
Bispo da Igreja Católica
Bispo de Santa Maria
Atividade Eclesiástica
Diocese Diocese de Santa Maria
Nomeação 31 de julho de 1931
Entrada solene 13 de janeiro de 1932
Predecessor Dom Ático Eusébio da Rocha
Sucessor Dom Luís Victor Sartori
Mandato 1931 - 1960
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 30 de novembro de 1910
Nomeação episcopal 31 de julho de 1931
Ordenação episcopal 13 de dezembro de 1931
por Dom João Batista Becker
Lema episcopal AD JESUM PER MARIAM
A Jesus por Maria
Brasão episcopal
BishopCoA PioM.svg
Dados pessoais
Nascimento Santa Cruz do Sul
28 de outubro de 1885
Morte Santa Maria
14 de setembro de 1960 (74 anos)
Nacionalidade brasileiro
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Antônio Reis (Santa Cruz do Sul, 28 de outubro de 1885Santa Maria, 14 de setembro de 1960) foi um bispo católico brasileiro.

VidaEditar

Foi ordenado sacerdote em 1910 e sagrado Bispo no dia 13 de dezembro de 1931, tendo como local a cripta da nova Catedral de Porto Alegre. Escolheu como lema episcopal: Ad Jesum per Mariam (A Jesus por Maria) . Ele era ainda Cônego da Igreja de N. Sra. da Conceição, na capital do Estado, quando a 31 de julho de 1931 recebeu a sua nomeação para Bispo de Santa Maria.

No dia 13 de janeiro de 1932, Dom Antonio Reis, o 3º Bispo de Santa Maria, fazia sua entrada solene em nossa cidade, acompanhado de brilhante caravana designada pelo Arcebispo Dom João Becker. Da Estação da Viação Férrea a comitiva dirigiu-se à Catedral Diocesana, onde o novo Bispo foi canonicamente investido no cargo de bispo diocesano de Santa Maria.

Dom Antônio visitava assiduamente as áreas da Diocese, criando sessenta novas Paróquias.

Realizações na Diocese de Santa MariaEditar

Organizou a nova Diocese de Passo Fundo.

Uma das suas preocupações foi a Obra das Vocações Sacerdotais e Religiosas. Concluiu o Seminário Diocesano São José e fundou os dois Pré-Seminários de Ivorá e de Frederico Westphalen, ajudando ainda na construção do Seminário Maior de Viamão.

Diversas congregações religiosas vieram instalar-se na Diocese de Santa Maria à convite de Dom Antônio. Dedicou especial carinho aos Círculos Operários, Cidade dos Meninos, Pão dos Pobres, Conferências Vicentinas, à Ação Católica e à Ação Social Rural.

Entre as suas obras materiais destacam-se a nova residência episcopal e a Secretaria do Bispado (ambas na Rua Silva Jardim), a reforma da Catedral Diocesana, a Casa de Retiros, o prédio da Ação Católica.

Dom Antonio Reis era conhecido como "o Bispo da Medianeira", tendo promovido com extremo zelo esta devoção, não só na Diocese de Santa Maria como em todo o Rio Grande.

Foi o iniciador da construção do Santuário da Medianeira, em 1935.

Recolhido ao Hospital de Caridade, Dom Antonio lá veio a falecer no dia 14 de setembro de 1960. Foi sepultado na Catedral de Santa Maria. O episcopado de Dom Antonio Reis durou 29 anos.

Precedido por
Dom Ático Eusébio da Rocha
 
Bispo de Santa Maria

1931 - 1960
Sucedido por
Dom Luís Victor Sartori
  Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.