Abrir menu principal
Antonio Correr
Cardeal da Santa Igreja Romana
Deão do Sagrado Colégio dos Cardeais
Penitenciário-mor
Antonio Correr

Título

Cardeal-bispo de Óstia-Velletri
Ordenação e nomeação
Ordenação episcopal 26 de fevereiro de 1407
por Papa Gregório XII
Cardinalato
Criação 9 de maio de 1408
por Papa Gregório XII
Ordem Cardeal-presbítero (1408-1409)
Cardeal-bispo (1409-1445)
Título São Pedro Acorrentado (1408-1409)
Porto e Santa Rufina (1409-1431)
Óstia-Velletri (1431-1445)
Brasão
CardinalCoA PioM.svg
Dados pessoais
Nascimento Flag of Most Serene Republic of Venice.svg Veneza
15 de julho de 1359[1]
Morte Flag of Most Serene Republic of Venice.svg Pádua
19 de janeiro de 1445 (85 anos)
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Antonio Correr (15 de julho de 1359 - 19 de janeiro de 1445) foi um cardeal italiano, Deão do Sagrado Colégio dos Cardeais e Penitenciário-mor.

BiografiaEditar

Era filho de Filippo Correr, irmão do Papa Gregório XII e de Cassandra Venier. Assim, era primo do Papa Eugênio IV. Ele foi um dos fundadores da Congregação dos Cônegos Regulares Agostinianos de San Giorgio in Alga, em Veneza[1].

Eleito bispo de Methone, em 1405, foi confirmado em 24 de fevereiro de 1407, sendo consagrado por seu tio em data incerta, provavelmente ainda em 1407. De março a maio de 1407, ele foi enviado para Marselha para negociar com o antipapa Bento XIII sua entrevista com o papa em Savona. Transferido para a sé de Bolonha em 31 de março de 1407, ele foi impedido de tomar posse da sé pelo Cardeal legado Baldassare Cossa, que considerou o Papa Gregório XII ilegítimo[1]. Ele renunciou à sé quando ele foi promovido ao cardinalato, pois era administrada por um vigário até 1412. Nomeado Patriarca Latino de Constantinopla, sucedendo seu tio, em cerca de 1408, ocupou o cargo até agosto de 1409[1].

Foi criado cardeal-presbítero de São Pedro Acorrentado no consistório de 9 de maio de 1408. Nomeado núncio na Alemanha e em Flandres em 13 de dezembro de 1408. A pedido de seu tio, o papa, ele passa para a sé suburbicária de Porto e Santa Rufina em 9 de maio de 1409[1]. É nomeado Camerlengo da Santa Igreja Romana, em julho de 1412. Não compareceu ao Concílio de Pisa. Não participou da eleição do antipapa Alexandre V, nem de João XXIII. Participou do Concílio de Constança. Foi nomeado arcipreste da Basílica Patriarcal Vaticana de 1420 até 1434[1]. Acompanhou o Papa Martinho V a Tivoli em 17 de junho de 1421[1].

Como decano do Colégio dos Cardeais, ele optou pela suburbicária de Óstia-Velletri em 14 de março de 1431[2]. Nomeado legado para negociar a paz entre Florença e Siena em 4 de abril de 1431, saindo de Roma quatro dias depois. Foi nomeado Penitenciário-mor em maio de 1438. Ele foi autor de uma história da sua época, que permaneceu inédito[1].

ConclavesEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. a b c d e f g h The Cardinals of the Holy Roman Church (em inglês)
  2. Isso está de acordo com Merluzi, I vescovi e gli arcivescovi di Bologna, p. 248; "Essai de liste générale des cardinaux. VI. Les cardinaux du Grand Schisme (1378-1417)". O Annuaire Pontifical Catholique 1931, p. 142, diz que optou pela Sé de Óstia-Velletri naquela data, mas ele foi nomeado decano do Colégio dos Cardeais em maio de 1438.
Precedido por
Ludovico Morosini
 
Bispo de Methone

1407
Sucedido por
Niccolò
Precedido por
Bartolomeo Raimondi, O.S.B.
 
Bispo de Bolonha

14071412
Sucedido por
Giovanni di Michele, O.S.B.
Precedido por
Angelo Correr
 
Patriarca Latino de Constantinopla

14081409
Sucedido por
Francesco Lando
Precedido por
Antonio Arcioni
 
Cardeal-padre de San Pietro in Vincoli

14081409
Sucedido por
João Afonso Esteves de Azambuja
Precedido por
Pietro Corsini
 
Cardeal-bispo de Porto e Santa Rufina

14091431
Sucedido por
Branda Castiglione
Precedido por
Enrico Minutoli
 
Camerlengo

14121419
Sucedido por
Francesco Lando
Precedido por
Pedro Fernández de Frías
 
Arcipreste da Basílica de
São Pedro

14201434
Sucedido por
Giordano Orsini
Precedido por
Giordano Orsini
 
Deão do Sacro Colégio dos Cardeais

14311445
Sucedido por
Giovanni Berardi di Tagliacozzo
Precedido por
Jean Allarmet de Brogny
 
Cardeal-bispo de Óstia-Velletri

14311445
Sucedido por
Juan de Cervantes
Precedido por
Giordano Orsini
 
Penitenciário-mor

14381445
Sucedido por
Giuliano Cesarini