Apeles Porto-Alegre

Apeles Porto-Alegre
Nascimento 24 de outubro de 1850
Rio Grande
Morte 6 de julho de 1917 (66 anos)
Porto Alegre
Cidadania brasileiro
Ocupação jornalista, escritor

Apeles José Gomes Porto-Alegre (Rio Grande, 24 de outubro de 1850Porto Alegre, 6 de julho de 1917) foi um educador, escritor e jornalista brasileiro.

Era filho de Antônio José Gomes Porto-Alegre, inspetor da alfândega de Rio Grande, e de Joaquina Delfino da Costa Campelo Porto-Alegre.

Em sua família, o interesse pela literatura também se manifestou em seus dois irmãos: Apolinário Porto-Alegre e Aquiles Porto-Alegre.

Realizou seu estudos preparatórios no Colégio Gomes. Aos 26 anos abre sua própria escola, o Collegio Rio-Grandense.

Em 1880 comprou uma tipografia e iniciou a publicação do jornal A Imprensa, jornal republicano, fechado depois de dois anos. Em 1890 foi nomeado diretor de instrução pública e da Escola Normal. Filiou-se ao Partido Federalista do Rio Grande do Sul e foi redator de A Reforma.

Colaborou com o jornal literário Álbum do Domingo. Foi membro fundador da Academia Rio-Grandense de Letras e da Sociedade Partenon Literário, da qual colaborou em todos os número de sua revista literária.

Ver tambémEditar

FontesEditar

  • PORTO-ALEGRE, Achylles. Homens Illustres do Rio Grande do Sul. Livraria Selbach, Porto Alegre, 1917.
  • FRANCO, Sérgio da Costa. Guia Histórico de Porto Alegre, 4a edição, Editora da Universidade (UFRGS), Porto Alegre, 2006.
  • Ferreira, Athos Damasceno. Imprensa literária de Porto Alegre no século XIX. EdUFRGS, 1975, p. 103
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.