Abrir menu principal

Associação de Basquetebol de Araraquara

Araraquara
Basqueteararaquara.jpg
Nome Associação de Basquetebol de Araraquara
Alcunhas ABA
Torcedor Araraquarense
Mascote ABA-Açu (Índio)
Fundação 16 de maio de 1994 (como Associação Araraquarense de Basquete)
1 de agosto de 2008 (como Associação de Basquetebol de Araraquara)
Ginásios Ginásio Gigantão
Capacidade 3.700 espectadores
Localização Araraquara, SP, Brasil
Presidente Maria Madalena Sardinha
Treinador Fábio Appolinário
Patrocinadores
Material Esportivo Lupo
Liga Campeonato Brasileiro de Clubes
Campeonato Paulista da 1ª Divisão
Website www.basqueteararaquara.com.br
editar

A Associação de Basquetebol de Araraquara, ou simplesmente Araraquara Basquete, ou também Basquete Araraquara, é um clube de basquete brasileiro, com sede em Araraquara, São Paulo.

HistóriaEditar

O basquete araraquarense possui uma ampla história. Durante várias décadas, o Clube 22 de Agosto foi o principal representante da cidade.

No entanto, o Araraquara Basquete surgiu em 16 de maio de 1994, com a criação da Associação Araraquarense de Basquetebol em parceria com a Universidade de Araraquara (UNIARA).[1][2] Depois do vice-campeonato na divisão de acesso em 98, a equipe debutou na elite do Estadual no ano de 1999, tendo seu melhor momento no começo dos anos 2000. Com o nome fantasia de Uniara/Araraquara, foi duas vezes seguidas vice-campeão paulista (2001 e 2002), perdendo para a equipe do COC/Ribeirão Preto nas duas ocasiões. No Nacional de 2002, após passar nas semifinais pelo então bicampeão Vasco da Gama, a equipe se sagra vice-campeã brasileira, depois de ser superada na final pelo Bauru. Além do Campeonato Nacional, participou da Nossa Liga de Basquetebol, sendo vice-campeã ao perder para o Limeira. Depois disso, a UNIARA deixou de patrocinar a equipe e o projeto do basquete correu risco de ser desativado.

Com o surgimento da Associação de Basquetebol de Araraquara em 1º de Agosto de 2008,[2][3] o Araraquara Basquete manteve-se ativo. A equipe participou diretamente do surgimento da Liga Nacional de Basquete (NBB), sendo uma das equipes fundadoras e, sob o patrocínio da Lupo, Unimed e Red Nose, participou das quatro primeiras edições do Novo Basquete Brasil (2008/09, 2009/10, 2010/11, 2011/12). Na temporada 2009/10, o Araraquara firmou uma parceria com o Palmeiras e disputou as competições como Palmeiras/Araraquara. A parceria teve fim após o encerramento da temporada. A equipe principal teve uma pausa depois da interdição do Ginásio Gigantão, em 2012. Desde 2013, a equipe não disputa os principais torneios adultos. Atualmente, a ABA trabalha com projetos de formação de atletas, projetos sociais como o Projeto Sonhando Alto e disputa campeonatos de base em várias categorias. Em 2019, a equipe araraquarense anunciou a volta do time adulto para disputar o recém criado Campeonato Brasileiro de Clubes, a nova divisão de acesso do basquete brasileiro.[4]

TítulosEditar

Copa EPTV: 2 vezes (2001 e 2004).
Jogos Abertos do Interior: 2 vezes (2002 e 2003).
Torneio Início: 2 vezes (2003 e 2004).
Campeonato Paulista Juvenil (Sub-19): 4 vezes (2002, 2003, 2004 e 2005).

Campanhas de destaqueEditar

Últimas temporadasEditar

Araraquara
Temporada Novo Basquete Brasil Liga das Américas Liga Sul-Americana Campeonato Paulista
Pos. J V D Fase Máxima Fase Máxima Fase Máxima
2008/2009 12º 28 8 20 Quartas de final
2009/2010* 10º 30 11 19 Quartas de final
2010/2011 11º 31 9 22 Semifinal
2011/2012 14º 28 2 26 Quartas de final


* Em parceria com o Palmeiras.

Legenda:
     Campeão
     Vice-campeão
     Classificado à Liga das Américas
     Classificado à Liga Sul-Americana

Referências

  1. «Federação Paulista de Basketball - 90 anos de história». www.fpb.com.br. Consultado em 12 de dezembro de 2016 
  2. a b «.: ABA Araraquara - História :.». www.basqueteararaquara.com.br. Consultado em 12 de dezembro de 2016 
  3. «Basquete de Araraquara completa mais um aniversário» 
  4. «Campeonato Brasileiro será apresentado oficialmente nesta terça-feira (12) em Sorocaba». bx3. Consultado em 4 de março de 2019