Abrir menu principal
Ataliba Leonel
Nascimento 15 de maio de 1875
Itapetininga
Morte 29 de outubro de 1934 (59 anos)
Cidadania Brasil
Alma mater Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo
Ocupação político

Ataliba Leonel Ferreira (Itapetininga, 15 de maio de 1875Piraju, 29 de outubro de 1934) foi um militar e político brasileiro. Era filho do Major Mariano Leonel Ferreira e Francisca Rolim Leonel Ferreira.[1]

BiografiaEditar

Formado na Faculdade de Direito de São Paulo em 1895, foi membro da C.D. do Partido Republicano Paulista, representou São Paulo na Câmara Federal, onde relatou a Receita da União na Comissão de Finanças. Foi deputado estadual até 1926, e deputado federal até 1930.

Advogou e administrou propriedades (café) da família no município de Piraju, onde também foi vereador (1898) e presidente da câmara quando fundou o diretório pirajuense do Partido Republicano Paulista (PRP), depois foi reeleito vereador. Em 1904 foi eleito deputado estadual e reeleito outras vezes. Ocupou o cargo de senador estadual por eleição e deputado federal. Em 1922, como último dos coronéis, recebeu o título honorário de General do Exército Brasileiro pelos serviços na Revolta Paulista de 1924.

Foi um dos preparadores do movimento de 23 de maio, quando, na capital do estado, tombaram as quatro figuras históricas cujos nomes passaram a constituir o símbolo M.M.D.C.. Iniciada a Revolução de 1932 em 9 de julho, organizou a Brigada do Sul, da qual foi comandante-geral. Com a vitória da ditadura, foi preso e exilado em Portugal, residindo em São João do Estoril, com outros brasileiros ex-combatentes da mesma causa, depois foi anistiado e regressou à pátria.

Ataliba foi bisavô da cantora e compositora Vange Leonel.[2]

Referências

  1. «Ancestrais de São Paulo». www.ancestraisdesaopaulo.blog.br 
  2. «Vange Leonel #minasprogramam». minasprogramam.com 

Ligações externasEditar