Auguste-Henri Forel

Auguste-Henri Forel (Morges, 1 de setembro de 1848Yvorne, 27 de julho de 1931) foi um psiquiatra e entomologista suíço.

Auguste-Henri Forel
Nascimento Auguste Henri Forel
1 de setembro de 1848
Morges
Morte 27 de julho de 1931 (82 anos)
Yvorne
Cidadania Suíça
Filho(s) Oscar Louis Forel
Alma mater
Ocupação entomologista, psicólogo, psiquiatra, neurologista, esperantista, mirmecologista, filósofo, escritor de não ficção, professor(a) universitário(a), biólogo
Empregador Universidade de Zurique
Obras destacadas Formicides de l'Antille St. Vincent, récoltées par Mons. H. H. Smith
Religião Fé bahá'í
Assinatura
Forel Signature (cropped).PNG

Descreveu a origem do nervo auditivo no encéfalo, estudou o hipnotismo, fundou a psiquiatria legal.[1] Foi um interessado e estudioso pelo mundo das formigas.[1] Seu livro sobre a questão sexual teve repercussão internacional. Combateu o alcoolismo, fundou instituições de extensão universitária e atuou como pacifista.[1]

Auguste Forel ilustrou a cédula de 1000 francos.

AbreviaturaEditar

A abreviatura Forel é empregada para indicar Auguste Forel como autoridade na descrição e classificação científica em zoologia.

ObrasEditar

  • Les fourmis de la Suisse (As formigas da Suíça) — 1874
  • Der Hypnotismus (O hipnotismo) — 1889
  • Die sexuelle Frage (A questão sexual) — 1905
  • Le monde social des fourmis du globe comparé à celui des hommes (A organização social das formigas do mundo comparada à dos homens) — 1921-1923

ReferênciasEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Auguste-Henri Forel