Bendito Fruto

Bendito Fruto
 Brasil
2005 •  cor •  91 min 
Direção Sergio Goldenberg
Produção Patrick Siaretta
Claudius Ceccon
Produção executiva Beth Formaggini
Roteiro Sergio Goldenberg
Rosane Lima
Elenco Zezeh Barbosa
Otávio Augusto
Vera Holtz
Lúcia Alves
Camila Pitanga
Eduardo Moscovis
Evandro Machado
Enrique Diaz
Thelmo Fernandes
Mariana Lima
Gênero comédia
Música Fernando Moura
Direção de fotografia Antônio Luís Mendes
Direção de arte Claudio Amaral Peixoto
Figurino Angéle Fróes
Edição Flávia Celestino
Jordana Berg
Companhia(s) produtora(s) Riofilme[1][2]
ZDF[2]
Teleimage[2]
Cecip - Centro de Criação de Imagem Popular[2]
Trópicos Arte e Comunicação[2]
Lançamento Brasil 20 de maio de 2005[3]
Idioma português
Site oficial

Bendito Fruto é um filme de comédia brasileiro de 2005, com direção de Sergio Goldenberg.

SinopseEditar

Edgar vive uma vida complicada e de aparências: possui um salão de cabeleireiro e é amasiado com Maria. Se faz de homossexual para as clientes, e apresenta Maria como sua empregada, por ela ser negra. Tem um filho com ela, mas o rapaz não sabe que ele é o pai. Virginia, uma antiga amiga de escola resolve visitar Edgar, mas sofre um acidente e perde sua bolsa. Fica na casa de Edgar até se recuperar, e dá em cima dele, pensando que ele é um solteirão.

Maria, Edgar, Virgínia, Telma e Choquita se reúnem todas as tardes no salão de beleza de Edgar para assistir à novela "Primeiro Amor".

Passado um tempo, o filho de Maria e Edgar, Anderson, chega da Europa com seu novo namorado: Marcelo Monte, o galã da novela.

ElencoEditar

PremiaçõesEditar

Referências

  1. «Bendito Fruto (2005)». RioFilme. 9 de abril de 2018. Consultado em 21 de dezembro de 2019 
  2. a b c d e «Bendito Fruto». Cinemateca Brasileira. Consultado em 21 de dezembro de 2019 
  3. «Comédia "Bendito Fruto" diverte com estereótipos». UOL Cinema. 19 de maio de 2005. Consultado em 27 de abril de 2015 
  4. «Comédia carioca diverte Festival de Brasília na reta final». UOL. 29 de novembro de 2004. Consultado em 21 de dezembro de 2019 
  5. «"Peões" vence o Festival de Brasília». Folha de S.Paulo. 1 de dezembro de 2004. Consultado em 21 de dezembro de 2019 
  6. Tereza Novaes (2 de dezembro de 2004). «Eduardo Coutinho vence Festival de Brasília». Folha de S.Paulo. Consultado em 21 de dezembro de 2019 
  7. Mariane Morisawa (13 de dezembro de 2004). «Domínio da política». IstoÉ Gente. Consultado em 21 de dezembro de 2019 
  8. «"Bendito Fruto", uma rara comédia nacional». Estadão. 20 de maio de 2005. Consultado em 21 de dezembro de 2019 
  9. a b «2006 - Prêmio ACIE de Cinema». Prêmio ACIE de Cinema. Consultado em 21 de dezembro de 2019 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.