Abrir menu principal

Brasnorte

Município do estado de Mato Grosso, Brasil

Brasnorte é um município brasileiro do estado de Mato Grosso. Localiza-se a uma latitude 12º09'18" sul e a uma longitude 57º58'44" oeste, estando a uma altitude de 317 metros. Sua população estimada em 2017 era de 18.688 habitantes (IBGE).

Município de Brasnorte
Bandeira de Brasnorte
Brasão de Brasnorte
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 1 de junho
Fundação 1989 (30 anos)
Gentílico brasnortense
Prefeito(a) Mauro Rui Heisler (PSD)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Brasnorte
Localização de Brasnorte em Mato Grosso
Brasnorte está localizado em: Brasil
Brasnorte
Localização de Brasnorte no Brasil
12° 09' 18" S 57° 58' 44" O12° 09' 18" S 57° 58' 44" O
Unidade federativa Mato Grosso
Mesorregião Norte Mato-grossense IBGE/2008 [1]
Microrregião Aripuanã IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Norte; Castanheira e Juara, Sul; Campo Novo do Parecis, Leste; Nova Maringá, Oeste; Juína e Sapezal.
Distância até a capital 580 km
Características geográficas
Área 15 959,328 km² T[2]
População 18 688 hab. estimativa IBGE/2017[3]
Densidade 1,17 hab./km²
Altitude 317 m
Clima Tropical com estação seca de Inverno AWI
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,757 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 402 356,161 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 27 541,66 IBGE/2008[5]

Possui uma área de 16020,9 km².

ClimaEditar

Possui dos tipos de clima Equatorial: quente úmido ao norte, e tropical com estação seca ao sul. A precipitação anual é de 2250mm, com intensidade máxima em janeiro, fevereiro e março. Temperatura média anual de 24 °C, sendo que a maior temperatura registrada oficialmente é de 40 °C e menor mínima oficial 0 °C.

Devido à atuação de massa polar atlântica que entra através da Cordilheira dos Andes, a temperatura sofre quedas bruscas entre os meses de Abril e setembro, chegando a valores próximos ou abaixo de 10 °C pelo menos 7 vezes ao ano. (fenômeno de friagem). No dia 18 de julho de 1975, durante a forte massa de ar polar, as mínimas alcançaram 0 °C, e houve geada. Nos últimos anos, as temperaturas mínimas recordes têm ficado na casa dos 9 °C. De Maio a Abril, a chuva cai com intensidade, o que pode ocasionar temperaturas máximas baixas e sensação de frio durante as tardes.

Bacia HidrográficaEditar

Grande Bacia do Amazonas. Contribui a Bacia do Rio Juruena, que recebe pela direita os rios Sangue e Papagaio. O Sangue recebe pela esquerda, o Rio Cravari.

RelevoEditar

Planalto Pareci, ao sul e depressão Interplanáltica da Amazônia Meridional, ao norte.

Formação geológicaEditar

Coberturas não dobradas de Fanerozóico, Bacia Paleozóica Indivisa ao Norte, Bacia Mesozóica Pareci ao sul. Complexos Metamórficos Arqueanos e Pré-cambrianos Indiferenciados, Complexo Basal. Faixa Móvel Brasiliana, no norte.

EconomiaEditar

 
Área de plantação de soja no município de Brasnorte, noroeste de Mato Grosso. (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A economia municipal tem sua base no agronegócio, que é sustentado pelas lavouras de soja, milho e arroz, além da pecuária. O comércio é diversificado, e as pessoas geralmente não tem de recorrer à centros maiores a fim de adquirir produtos de maior industrialização.

Canais de TVEditar

Emissoras de RádioEditar

  • Rádio Comunitária Amazônia FM - 87,9
  • Band FM 98,1
  • Radio Santos Dumont FM 104,3
  • Radio Nova Difusora AM
  • Sara Brasil FM
  • Rádio Estação Pop

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidencia do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Estimativa populacional 2017 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 30 de agosto de 2017. Consultado em 6 de dezembro de 2017 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externasEditar