Caio Abúrnio Valente

Caio Abúrnio Valente (em latim: Gaius Aburnius Valens) foi senador romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de setembro a dezembro de 109 com Caio Júlio Próculo[1]. Filho de Lúcio Fúlvio Abúrnio Valente, jurista da Escola Sabiniana[2].

Caio Abúrnio Valente
Cônsul do Império Romano
Consulado 109 d.C.

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Ápio Ânio Trebônio Galo

com Marco Ápio Brádua
com Adriano (suf.)
com Marco Trebácio Prisco (suf.)
com Quinto Pompeu Falcão (suf.)
com Marco Tício Lústrico Brutiano (suf.)

Aulo Cornélio Palma Frontoniano II
109

com Públio Calvísio Tulo Rusão
com Lúcio Ânio Largo (suf.)
com Cneu Antônio Fusco (suf.)
com Caio Júlio Antíoco Epifanes Filopapo (suf.)
com Caio Abúrnio Valente (suf.)
com Caio Júlio Próculo (suf.)

Sucedido por:
'Marco Peduceu Priscino

com Sérvio Cornélio Cipião Salvidieno Orfito
com Caio Avídio Nigrino (suf.)
com Tibério Júlio Áquila Polemeano (suf.)
com Lúcio Catílio Severo Juliano Cláudio Regino (suf.)
com Caio Eruciano Silão (suf.)
com Aulo Lárcio Prisco (suf.)
com Sexto Márcio Honorato (suf.)


Referências

  1. Alison E. Cooley, The Cambridge Manual of Latin Epigraphy (Camrbidge: University Press, 2012), pp. 467ss
  2. Der Neue Pauly, Stuttgardiae 1999, T. 4, c. 707