Abrir menu principal

Campeonato Argentino de Futebol de 2016

Campeonato Argentino
Campeonato Argentino 2016
Brasil
Dados
Participantes 30
Organização AFA
Local de disputa  Argentina
Período 5 de fevereiro29 de maio
Gol(o)s 606
Partidas 242
Média 2,5 gol(o)s por partida
Campeão Lanús (2º título)
Vice-campeão San Lorenzo
◄◄ Argentina 2015 Soccerball.svg 2016–17 Argentina ►►

O Campeonato Argentino de Futebol de 2016 - Copa Axion Energia foi uma competição com organização da Asociación del Fútbol Argentino (AFA) entre 5 de fevereiro e 29 de maio.

Foi um torneio curto, com um formato diferente das últimas edições, disputado na primeira metade do ano. Era uma nova transição, a fim de reorganizar as competições do futebol argentino com o calendário do futebol europeu.

RegulamentoEditar

As trinta equipes foram divididas em duas zonas de quinze equipes. Cada equipe disputou um total de dezesseis jogos, sendo quatorze dentro de sua zona e mais duas partidas contra equipes da outra zona. Os pontos conquistados pelas equipes nestes confrontos foram adicionados na classificação da área a que pertenciam.[1]

Aqueles que terminaram em primeiro lugar em cada um dos seus grupos se classificaram para a final, em campo neutro, com partida única, para definir o campeão. As equipes que ocuparão o segundo lugar em cada zona disputou uma partida extra, que determinou a ordem em que as equipes ocuparia os lugares na Copa Libertadores 2017.[1]

Somente uma equipe foi rebaixada nesta edição para a Segunda Divisão Argentina.

Primeira FaseEditar

Zona 1Editar

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 San Lorenzo 34 16 10 4 2 23 16 +7 Classificado para Grande Final e Copa Libertadores de 2017
2 Godoy Cruz 33 16 10 3 3 27 14 +13 Classificado para a Copa Libertadores de 2017
3 Independiente 27 16 7 6 3 22 12 +10
4 Arsenal de Sarandí 27 16 8 3 5 21 15 +6
5 Gimnasia y Esgrima 25 16 7 4 5 19 19 0
6 Vélez Sársfield 24 16 7 3 6 20 19 +1
7 Rosário Central 20 16 5 5 6 19 16 +3
8 Patronato 20 16 5 5 6 19 23 –4
9 River Plate 18 16 4 6 6 21 22 –1
10 Sarmiento 17 16 4 5 7 10 18 –8
11 Colón 17 16 5 2 9 21 31 –10
12 Belgrano 16 16 4 4 8 21 24 –3
13 Banfield 15 16 2 9 5 15 20 –5
14 Quilmes 15 16 3 6 7 21 32 –11
15 Olimpo 13 16 3 4 9 11 20 –9

Zona 2Editar

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Lanús 38 16 12 2 2 28 10 +18 Classificado para a Final e para a Copa Libertadores de 2017
2 Estudiantes 32 16 9 5 2 25 11 +14 Classificado para a Copa Libertadores de 2017
3 Atlético Tucumán 30 16 9 3 4 26 19 +7
4 Defensa y Justicia 25 16 7 4 5 25 16 +9
5 Huracán 25 16 7 4 5 21 15 +6
6 Racing 24 16 6 6 4 29 26 +3
7 San Martín 23 16 6 5 5 23 20 +3
8 Unión 22 16 5 7 4 24 22 +2
9 Tigre 20 16 5 5 6 21 17 +4
10 Boca Juniors 20 16 5 5 6 15 13 +2
11 Aldosivi 17 16 4 5 7 19 28 –9
12 Newell's Old Boys 16 16 3 7 6 16 21 –5
13 Temperley 16 16 4 4 8 14 21 –7
14 Argentinos Juniors 12 16 2 6 8 11 29 –18
15 Atlético de Rafaela 9 16 2 3 11 14 32 –18

Fase FinalEditar

PlayOff da Copa LibertadoresEditar

Os segundos colocados em cada zona se classificaram a Copa Libertadores de 2017 e disputaram uma partida em estádio neutro. O vencedor deste playoff se qualificou diretamente para a segunda fase (ocupando a posição Argentina 3), e o perdedor se classificou para a primeira fase do torneio (ocupando a posição Argentina 4).[1] Porém, com as alterações feitas pela CONMEBOL nas competições internacionais do ano de 2017, o Godoy Cruz (Argentina 4) também ganhou uma vaga na fase de grupos da Copa Libertadores de 2017.[2]

28 de maio Godoy Cruz 0 – 1 Estudiantes Estádio Mario Alberto Kempes, Córdoba
17:00 (UTC-3)
  15' Cavallaro Público: 3 877
Árbitro: Silvio Trucco

FinalEditar

29 de maio San Lorenzo 0 – 4 Lanús Estádio Monumental de Núñez, Buenos Aires
16:15 (UTC-3)
  17' Benítez
  58' Almirón
  73' Sand
  88' Acosta
Público: 52 260
Árbitro: Darío Herrere

PremiaçãoEditar

Campeonato Argentino de 2016
 
Lanús
Campeão
(2º título)

RebaixamentoEditar

No final da temporada a classificação geral é baseada em coeficientes, que levam em consideração os pontos obtidos pelos clubes durante temporada atual e as duas últimas temporadas (apenas temporadas na primeira divisão são contados). A soma total é dividido pela quantidade total de jogos disputados na primeira divisão naquelas três temporada e a média é calculada. A equipe com a pior média no final da temporada é rebaixado para Segunda Divisão nacional.[1]

O Argentinos Juniors foi rebaixado.[3]

Referências

  1. a b c d «Reglamento del Campeonato de Primera División 2016» (PDF) (em espanhol). AFA. Consultado em 31 de julho de 2016 
  2. «À la Champions: Libertadores cresce e jogos serão de fevereiro a novembro». Globo.com. GloboEsporte. Consultado em 27 de setembro de 2016 
  3. «Argentinos Juniors vence, mas não conta com 'ajuda' e acaba rebaixado». ESPN.uol.com.br. Consultado em 21 de agosto de 2016