Abrir menu principal

Wikipédia β

Campeonato Mineiro de Futebol de 2016 - Módulo I

O Campeonato Mineiro de Futebol de 2016 - Módulo I, por motivos de patrocínio "Campeonato Apoio Mineiro 2016", será a 102ª edição do campeonato estadual de Minas Gerais equivalente à elite. O torneio contará com a participação de 12 equipes, sendo que 2 (Atlético-MG e Cruzeiro disputam a Campeonato Brasileiro de Futebol de 2016 - Série A,2 América Futebol Clube (Belo Horizonte) e Boa Esporte Clube do Série B e 2 Tupi Football Club e Tombense) a Série C do Campeonato Brasileiro.

Campeonato Mineiro de 2016
Mineirão 2016
Brasil
Dados
Participantes 12
Organização FMF
Anfitrião  Minas Gerais
Período 31 de janeiro8 de maio
Gol(o)s 168
Partidas 70
Média 2,4 gol(o)s por partida
Campeão Bandeira de Belo Horizonte (Minas Gerais).svg América Mineiro
Vice-campeão Bandeira de Belo Horizonte (Minas Gerais).svg Atlético Mineiro
Rebaixado(s) Bandeira de divinópolis.svg Guarani-MG
Bandeira de Varginha (Minas Gerais).jpg Boa Esporte
Melhor marcador Robinho (Atlético Mineiro) – 9 gols
Melhor ataque (fase inicial) 25 gols:
Melhor defesa (fase inicial) 6 gols:
Maior goleada
(diferença)
Bandeira de Nova Lima.gif Villa Nova 2–7 Bandeira de Belo Horizonte (Minas Gerais).svg Atlético Mineiro
Estádio MineirãoBelo Horizonte
2 de abril, 10ª Rodada
◄◄ Minas Gerais Módulo I de 2015 Soccerball.svg Módulo I de 2017 Minas Gerais ►►

O campeonato será marcado pelo retorno do Uberlândia desde o seu rebaixamento em 2010 e pela primeira participação na elite da equipe da cidade de Três Corações, o Tricordiano.[1]

A partir do Ranking da CBF, será definida a quantidade de vagas para a Série D do mesmo ano, que serão ocupadas pelas equipes melhores posicionadas que não disputam nenhuma das demais séries do Brasileirão.

Índice

RegulamentoEditar

Primeira faseEditar

O Módulo I foi disputado por doze clubes em turno único. Todos os times jogaram entre si uma única vez. Ao fim das onze rodadas, os quatro primeiros colocados, Cruzeiro, Atlético-MG, URT e América-MG, avançaram para a fase final, enquanto os dois últimos, Guarani-MG e Boa Esporte, foram rebaixados para o Módulo II de 2017.[2]

O campeonato também indicará os representantes do estado de Minas Gerais para o Campeonato Brasileiro da Série D de 2016. Os três melhores times que não estejam disputando a Série A, a Série B ou a Série C ganharão as vagas, ou seja, seis equipes estarão disputando as três vagas no brasileiro da quarta divisão. Os três primeiros colocados na classificação geral disputarão a Copa do Brasil de 2017.

Critérios de desempateEditar

Caso haja empate de pontos entre dois clubes, os critérios de desempates serão aplicados na seguinte ordem:

  1. Número de vitórias
  2. Saldo de gols
  3. Gols marcados
  4. Confronto direto
  5. Número de cartões vermelhos
  6. Número de cartões amarelos
  7. Sorteio público na sede da FMF

Fase finalEditar

Será disputado uma fase eliminatória (conhecido como "mata-mata", semifinais e final), com confrontos em ida e volta. O time de melhor campanha decide se terá o mando de campo no primeiro ou segundo jogo. O chaveamento é dado da seguinte forma: 1° melhor colocado x 4° melhor colocado e 2° melhor colocado x 3° melhor colocado.

Critérios de desempateEditar

  1. Saldo de gols
  2. Desempenho na primeira fase

ParticipantesEditar

EstádiosEditar

Atlético Mineiro Tupi Tricordiano Uberlândia
Independência Mario Helênio Elias Arbex Parque do Sabiá
Capacidade: 23 018 Capacidade: 31 863 Capacidade: 5 000 Capacidade: 53 350
       
Cruzeiro
Localização dos times no estado.
América Mineiro
Estádio Mineirão Independência
Capacidade: 61 846 Capacidade: 23 018
   
Boa URT
Melão Arena DanBred
Capacidade: 15 471 Capacidade: 4 858
   
Guarani Tombense Caldense Villa Nova
Farião Almeidão Ronaldão Castor Cifuentes
Capacidade: 4 181 Capacidade: 3 050 Capacidade: 7 600 Capacidade: 5 160
     

Primeira faseEditar

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG % DF Classificação ou rebaixamento
1   Cruzeiro 29 11 9 2 0 18 6 12 88   Classificados à fase final
2   Atlético Mineiro 20 11 6 2 3 25 11 14 61  
3   URT 19 11 5 4 2 10 8 2 58  
4   América Mineiro 18 11 5 3 3 14 11 3 54  
5   Caldense 14 11 4 2 5 12 12 0 42  1
6   Villa Nova 14 11 4 2 5 15 18 –3 42  1
7   Tricordiano 13 11 4 1 6 13 14 –1 39  2
8   Tombense 13 11 4 1 6 14 18 –4 39  2
9   Tupi 13 11 4 1 6 9 13 –4 39  1
10   Uberlândia 12 11 4 0 7 7 11 –4 36  3
11   Guarani-MG 12 11 3 3 5 11 16 –5 36  1 Rebaixados para o
Módulo II 2017
12   Boa Esporte 10 11 3 1 7 12 22 –10 30  1

Fase FinalEditar

Em itálico, as equipes que jogarão pelo empate no resultado agregado, por ter melhor campanha na fase de grupos.

  Semifinais Final
                     
   América Mineiro 2 0 2  
   Cruzeiro 0 0 0  
     América Mineiro 2 1 3
     Atlético Mineiro 1 1 2
   URT 2 0 2
   Atlético Mineiro 2 2 4

PremiaçãoEditar

Campeonato Mineiro de 2016
 
América Mineiro
Campeão
(16º título)


Campeonato Mineiro do Interior de 2016
 
URT
Campeão
(1º título)


Classificação GeralEditar

Atualizado em 24 de abril

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG Zona de classificação ou Rebaixamento
  América Mineiro 27 15 7 5 3 19 13 +6 Campeão e classificado para a Copa do Brasil 2017
  Atlético Mineiro[CBR] 25 15 7 4 4 31 16 +15 Vice-campeão e classificado para a Copa do Brasil 2017
  Cruzeiro 30 13 9 3 1 18 8 +10 Eliminado nas semifinais e classificado para a Copa do Brasil 2017
  URT 20 13 5 5 3 12 12 0
  Caldense[CBR] 14 11 4 2 5 12 12 0 Classificado para a Copa do Brasil 2017
  Villa Nova 14 11 4 2 5 15 18 -3
  Tricordiano 13 11 4 1 6 13 9 –3
  Tombense 13 11 4 1 6 13 14 –1
  Tupi 13 11 4 1 6 9 13 –4
10º   Uberlândia 12 11 4 0 7 7 11 –4
11º   Guarani-MG 12 11 3 3 5 11 16 –5 Rebaixados para o
Módulo II 2017
12º   Boa Esporte 10 11 3 1 7 12 22 –10
Notas

PúblicoEditar

Média como mandanteEditar

Última atualização: 8 de maio de 2016

Pos. Time Média Mandos Maior Menor
1   Atlético Mineiro 17.306 7 46.415 7.480
2   Cruzeiro 15.398 7 35.214 7.688
3   Uberlândia 8.574 5 14.673 4.393
4   Villa Nova 4.508 5 17.019 372
5   América Mineiro 3.157 7 7.188 1.128
6   URT 2.477 7 6.046 1.098
7   Guarani-MG 2.072 6 4.038 1.062
8   Tupi 1.987 5 5.296 960
9   Boa Esporte 1.794 6 4.302 644
10   Tricordiano 1.548 5 2.920 257
11   Caldense 1.210 5 2.226 519
12   Tombense 1.003 6 3.013 428

Fonte: Boletins FMF[3]

Maiores públicosEditar

Esses são os dez maiores públicos do Campeonato:

Público[PP] Mandante Placar Visitante Estádio Data Rodada
1 47.928[4] Atlético Mineiro   1–1   América Mineiro Mineirão 8 de maio Final – volta
2 35.214[5] Cruzeiro   0–0   América Mineiro Mineirão 24 de abril Semifinal
3 19.622[6] Cruzeiro   1–1   América Mineiro Mineirão 28 de fevereiro
4 17.424[7] Atlético Mineiro   4–1   Tombense Independência 6 de março
5 17.019[8] Villa Nova   2–7   Atlético Mineiro Mineirão 14 de fevereiro
6 16.111[9] Atlético Mineiro   2–0   URT Independência 23 de abril Semifinal
7 15.842[10] Atlético Mineiro   0–1   Cruzeiro Independência 27 de março
8 15.397[11] Cruzeiro   0–0   URT Mineirão 31 de janeiro
9 15.223[12] Uberlândia   0–1   Atlético Mineiro Parque do Sabiá 31 de janeiro
10 11.477[13] Cruzeiro   3–2   Villa Nova Mineirão 20 de março
  • PP. ^ Considera-se apenas o público pagante

ArtilhariaEditar

Atualizado em 24 de abril

9 gols (1)
6 gols (1)
5 gols (2)
4 gols (3)
3 gols (9)
2 gols (18)
1 gol (68)

Referências

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar