Abrir menu principal

Wikipédia β

Campeonato Brasileiro de Futebol de 2016 - Série A

A Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2016, oficialmente Brasileirão Chevrolet 2016 – Série A por motivos de patrocínio,[2] foi a 60ª edição da principal divisão do futebol brasileiro. A disputa teve o mesmo regulamento dos anos anteriores, quando foi implementado o sistema de pontos corridos. Não houve pausa durante a Copa América Centenário, realizada entre 3 de junho e 26 de junho nos Estados Unidos, tampouco durante os Jogos Olímpicos de Verão de 2016, que foram realizados entre 3 e 21 de agosto, e os Jogos Paralímpicos de Verão de 2016, que aconteceram entre 7 e 18 de setembro.[3]

Campeonato Brasileiro de 2016 - Série A
Brasileirão Série A 2016
Dados
Participantes 20
Organização CBF
Período 14 de maio11 de dezembro[1]
Gol(o)s 912
Partidas 379
Média 2,41 gol(o)s por partida
Campeão Palmeiras (9º título)
Vice-campeão Santos
Rebaixado(s) Internacional
Figueirense
Santa Cruz
América Mineiro
Melhor marcador 14 gols:
Melhor ataque (fase inicial) Palmeiras – 62 gols
Melhor defesa (fase inicial) 32 gols:
Maior goleada
(diferença)
São Paulo 5–0 Santa Cruz
Estádio do PacaembuSão Paulo
11 de dezembro, 38ª rodada
Público 5 775 681
Média 15 239,3 pessoas por partida
Premiações
Melhor jogador Gabriel Jesus (Palmeiras)
Melhor treinador Cuca (Palmeiras)
Melhor árbitro Raphael Claus
◄◄ 2015 Soccerball.svg 2017 ►►

O título brasileiro foi definido com uma rodada de antecedência, quando o Palmeiras foi declarado campeão ao derrotar a Chapecoense por 1–0, no Allianz Parque. Foi a nona conquista da história do clube, que se tornou o maior campeão brasileiro até então, superando o Santos.[4][5] Este jogo também ficou marcado por ter sido a última partida da Chapecoense antes do acidente de avião que levaria o time catarinense a Medellín para a decisão da Copa Sul-Americana. A tragédia deixou 71 mortos, dentre eles dezenove atletas e dezesseis membros da equipe técnica da Chapecoense, além de oito integrantes da diretoria, 21 jornalistas e sete tripulantes.[6][7] Por conta do desastre, a CBF decretou luto por uma semana e adiou a última rodada da competição.[1]

Além do campeão Palmeiras, Santos, Flamengo e Atlético Mineiro também se classificaram diretamente à fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2017, assim como a Chapecoense, declarada campeã da Copa Sul-Americana, e o Grêmio, vencedor da Copa do Brasil.[8][9][10][11][12]Botafogo e Atlético Paranaense, quinto e sexto colocados respectivamente, se classificaram para a segunda fase do torneio continental.[13][14]

A primeira equipe rebaixada matematicamente à Série B de 2017 foi o Santa Cruz, após a derrota para o Coritiba por 1–0, fora de casa, a três rodadas do fim.[15] No mesmo dia, o América Mineiro também teve o descenso decretado ao perder para o Flamengo por 1–0, no Mineirão.[16] Na antepenúltima rodada, o Figueirense confirmou o rebaixamento após ser goleado pelo Vitória por 4–0, no Barradão.[17] O último clube rebaixado foi decidido na última rodada: o Internacional sofreu a primeira queda de sua história após empatar com o Fluminense por 1–1, no Giulite Coutinho.[18]

Índice

Regulamento

A Série A é disputada por 20 clubes em dois turnos. Em cada turno, todos os times jogam entre si uma única vez. Os jogos do segundo turno foram realizados na mesma ordem do primeiro, apenas com o mando de campo invertido. Não há campeões por turnos, sendo declarado campeão brasileiro o time que obtiver o maior número de pontos após as 38 rodadas.[19]

Inicialmente apenas os quatro primeiros colocados garantiriam vaga na Copa Libertadores da América de 2017, mas com a ampliação da competição pela Confederação Sul-Americana de Futebol para 44 clubes, o Brasil ganhou duas vagas extras, passando a contar com seis classificados via Campeonato Brasileiro.[20] Com a nova distribuição de vagas para as competições continentais de 2017, a CONMEBOL confirmou também que o Campeonato Brasileiro voltará a indicar as vagas nacionais para a Copa Sul-Americana de 2017. São seis ao todo, contemplando os classificados entre o 7º e o 12º lugar na classificação da Série A.[21] Os quatro últimos são rebaixados para a Série B do ano seguinte.[19]

Critérios de desempate

Em caso de empate por pontos entre dois ou mais clubes, os critérios de desempate são aplicados na seguinte ordem:[19]

  1. Número de vitórias;
  2. Saldo de gols;
  3. Gols pró;
  4. Confronto direto;
  5. Menor número de cartões vermelhos;
  6. Menor número de cartões amarelos;
  7. Sorteio.

Com relação ao quarto critério (confronto direto), considera-se o resultado dos jogos somados, ou seja, o resultado de 180 minutos. Permanecendo o empate, o desempate se dará pelo maior número de gols marcados no campo do adversário. O quarto critério não será considerado no caso de empate entre mais de dois clubes.[19]

Transmissão

Desde 1997, o Grupo Globo detém os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro.[22] A Rede Globo transmite a competição na TV aberta, enquanto o SporTV faz a transmissão na TV por assinatura. Os contratos atuais, em vigor desde a edição de 2012, foram assinados individualmente pelos clubes após a dissidência do Clube dos 13.[23][24][25]

Saída da Band

Após dez temporadas, faltando menos de duas semanas para o início da edição de 2016, a Rede Bandeirantes anunciou que deixaria de transmitir os principais torneios de futebol no Brasil, inclusive o Brasileirão.[26][27] Em nota oficial, a Bandeirantes apontou os altos custos em meio à crise financeira como justificativa para encerrar as transmissões. Ainda de acordo com a emissora, a decisão de romper o contrato foi tomada em comum acordo entre Globo e Band.[28]

Participantes

Equipe Cidade Estado Em 2015 Estádio (mando) Capacidade[29] Títulos
América Mineiro Belo Horizonte   MG 4º (Série B) Independência 23 018 0 (não possui)
Atlético Mineiro Belo Horizonte   MG Independência 23 018 1 (1971)
Atlético Paranaense Curitiba   PR 10º Arena da Baixada 42 370[30] 1 (2001)
Botafogo Rio de Janeiro   RJ 1º (Série B) Arena Botafogo[BOT] 17 250[31] 2 (1968[TB], 1995)
Chapecoense Chapecó   SC 14º Arena Condá 15 765 0 (não possui)
Corinthians São Paulo   SP Arena Corinthians 47 605 6 (1990, 1998, 1999, 2005, 2011, 2015)
Coritiba Curitiba   PR 15º Couto Pereira 40 502[32] 1 (1985)
Cruzeiro Belo Horizonte   MG Mineirão 61 846 4 (1966, 2003, 2013, 2014)
Figueirense Florianópolis   SC 16º Orlando Scarpelli 19 584 0 (não possui)
Flamengo Rio de Janeiro   RJ 12º Raulino de Oliveira[FLA]
Kleber Andrade[FLA]
Mané Garrincha[FLA]
18 230
21 000
72 788
5 (1980, 1982, 1983, 1992, 2009)
Fluminense Rio de Janeiro   RJ 13º Giulite Coutinho[FLU] 13 544 4 (1970, 1984, 2010, 2012)
Grêmio Porto Alegre   RS Arena do Grêmio 55 662 2 (1981, 1996)
Internacional Porto Alegre   RS Beira-Rio 50 128 3 (1975, 1976, 1979)
Palmeiras São Paulo   SP Allianz Parque 43 713 8 (1960, 1967[TB], 1967[RGP], 1969, 1972, 1973, 1993, 1994)
Ponte Preta Campinas   SP 11º Moisés Lucarelli 17 728 0 (não possui)
Santa Cruz Recife   PE 2º (Série B) Arruda 60 044 0 (não possui)
Santos Santos   SP Vila Belmiro 16 068 8 (1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1968[RGP], 2002, 2004)
São Paulo São Paulo   SP Morumbi 72 039 6 (1977, 1986, 1991, 2006, 2007, 2008)
Sport Recife   PE Ilha do Retiro 32 983 1 (1987)
Vitória Salvador   BA 3º (Série B) Barradão 34 535 0 (não possui)
Notas
  • RGP. ^ Torneio Roberto Gomes Pedrosa
  • TB. ^ Taça Brasil
  • BOT. ^ O Estádio Nilton Santos fechou para partidas de futebol devido à disputa dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. O Botafogo mandou seus jogos no Estádio Luso Brasileiro sob o nome de Arena Botafogo.[33]
  • FLA. ^ O Estádio do Maracanã fechou para partidas de futebol até outubro devido à disputa dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. O Flamengo mandou seus jogos nos estádios Mané Garrincha, em Brasília, Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, e Kleber Andrade, em Cariacica.[34]
  • FLU. ^ O Estádio do Maracanã fechou para partidas de futebol até outubro devido à disputa dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. O Fluminense mandou seus jogos no Estádio Giulite Coutinho.[35]

Estádios

América Mineiro Atlético Mineiro Atlético Paranaense Botafogo Chapecoense Corinthians
Independência Independência Arena da Baixada Arena Botafogo Arena Condá Arena Corinthians
Capacidade: 23 018 Capacidade: 23 018 Capacidade: 42 370 Capacidade: 17 250 Capacidade: 15 765 Capacidade: 47 605
           
Coritiba
Localização das equipes participantes da Série A de 2016.
Cruzeiro
Couto Pereira Mineirão
Capacidade: 40 502 Capacidade: 61 846
   
Figueirense Flamengo
Orlando Scarpelli Raulino de Oliveira
Capacidade: 19 984 Capacidade: 18 230
   
Fluminense Grêmio
Giulite Coutinho Arena do Grêmio
Capacidade: 13 544 Capacidade: 55 662
   
Internacional Palmeiras
Beira-Rio Allianz Parque
Capacidade: 50 128 Capacidade: 43 713
   
Ponte Preta Santa Cruz Santos São Paulo Sport Vitória
Moisés Lucarelli Arruda Vila Belmiro Morumbi Ilha do Retiro Barradão
Capacidade: 17 728 Capacidade: 60 044 Capacidade: 16 068 Capacidade: 72 039 Capacidade: 32 983 Capacidade: 34 535
           

Outros estádios

Além dos estádios de mando usual, outros estádios foram utilizados devido a punições de perda de mando de campo imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva ou por conta de problemas de interdição dos estádios usuais ou simplesmente por opção dos clubes em mandar seus jogos em outros locais, geralmente buscando uma renda maior.[36][37][38][39][40][41][42][43][44][45][46][47][48]

Classificação

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG % M Classificação ou rebaixamento
1   Palmeiras 80 38 24 8 6 62 32 +30 70   Fase de grupos da Copa Libertadores de 2017
2   Santos 71 38 22 5 11 59 35 +24 62  1
3   Flamengo 71 38 20 11 7 52 35 +17 62  1
4   Atlético Mineiro 62 38 17 11 10 61 53 +8 54  
5   Botafogo 59 38 17 8 13 43 39 +4 52  1 Segunda fase da Copa Libertadores de 2017
6   Atlético Paranaense 57 38 17 6 15 38 32 +6 50  1
7   Corinthians 55 38 15 10 13 48 42 +6 48   Copa Sul-Americana de 2017
8   Ponte Preta 53 38 15 8 15 48 52 –4 46  2
9   Grêmio 53 38 14 11 13 41 44 –3 46  1 Fase de grupos da Copa Libertadores de 20171
10   São Paulo 52 38 14 10 14 44 36 +8 46  1 Copa Sul-Americana de 2017
11   Chapecoense 52 38 13 13 12 49 56 –7 46  2 Fase de grupos da Copa Libertadores de 20171
12   Cruzeiro 51 38 14 9 15 48 49 –1 45  1 Copa Sul-Americana de 2017
13   Fluminense 50 38 13 11 14 45 45 0 44  1
14   Sport 47 38 13 8 17 49 55 –6 41  2
15   Coritiba 46 38 11 13 14 41 42 –1 40  1
16   Vitória 45 38 12 9 17 51 53 –2 39  1
17   Internacional 43 38 11 10 17 35 41 –6 38   Rebaixados à Série B de 2017
18   Figueirense 37 38 8 13 17 30 50 –20 32  
19   Santa Cruz 282 38 8 7 23 45 69 –24 27  
20   América Mineiro 28 38 7 7 24 23 58 –35 25  

1Grêmio e Chapecoense têm vaga garantida na Copa Libertadores de 2017 por serem campeões, respectivamente, da Copa do Brasil de 2016 e da Copa Sul-Americana de 2016.
2O Santa Cruz foi penalizado com a perda de três pontos por atraso no pagamentos de salários.

Punição ao Santa Cruz

Em 1 de junho de 2017, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva puniu o Santa Cruz com a perda de três pontos por causa de atrasos nos salários, além de uma multa no valor de 30 mil reais. A penalidade faz parte do "Fair Play Trabalhista", incluído no Regulamento Específico das Séries A, B e C desde 2015. A penalidade porém, não altera a classificação final do campeonato.[49]

Confrontos

 Ver artigo principal: Resultados do primeiro turno
 Ver artigo principal: Resultados do segundo turno
  AMM ATM ATP BOT CHA COR CTB CRU FIG FLA FLU GRE INT PAL PON STC SAN SPA SPT VIT
América-MG 0–1 1–0 1–0 1–2 0–2 2–1 0–2 1–0 0–1 0–1 0–0 1–0 0–2 1–2 0–3 1–0 1–0 2–2 1–1
Atlético-MG 3–0 1–0 5–3 3–1 2–1 2–1 2–3 3–0 2–2 1–1 0–3 3–1 1–1 3–0 3–0 1–0 1–2 1–0 2–1
Atlético-PR 1–0 1–1 1–0 3–1 2–0 2–0 1–0 2–1 0–0 1–0 2–0 2–1 0–1 3–0 1–0 1–0 1–0 2–0 1–1
Botafogo 3–1 3–2 2–1 0–2 2–0 0–0 0–1 0–0 3–3 1–0 2–1 1–0 3–1 1–1 2–1 0–1 0–1 3–0 1–1
Chapecoense 3–1 W.O.[a] 0–0 2–1 0–2 1–0 3–2 1–0 1–3 0–0 3–3 1–0 1–1 2–2 1–1 0–1 2–0 3–0 1–4
Corinthians 2–0 0–0 0–0 3–1 1–1 2–1 1–1 1–1 4–0 0–1 0–0 1–0 0–2 3–0 2–1 1–0 1–1 3–0 2–1
Coritiba 3–0 2–0 1–0 0–0 3–4 1–1 1–0 0–0 0–2 1–1 4–0 1–1 2–2 3–1 1–0 2–1 1–1 3–2 0–1
Cruzeiro 1–1 1–1 0–3 0–2 0–0 3–2 2–2 2–2 0–1 4–2 1–0 4–2 2–1 2–0 2–0 2–2 0–1 1–2 2–2
Figueirense 2–2 1–1 1–0 0–1 1–1 1–1 0–0 1–2 1–0 1–0 0–0 3–2 1–2 0–0 3–1 2–2 1–0 1–1 1–0
Flamengo 2–1 2–0 1–0 0–0 2–2 2–2 2–2 2–1 2–0 1–2 2–1 1–0 1–2 2–1 3–0 2–0 2–2 1–0 1–0
Fluminense 1–0 4–2 1–1 1–0 1–2 1–0 0–0 2–0 3–2 1–2 1–1 1–1 0–2 3–0 2–2 2–4 1–2 3–1 2–2
Grêmio 3–0 1–1 1–0 0–1 1–0 3–0 2–0 2–0 2–1 1–0 0–1 0–0 0–0 1–0 0–0 3–2 1–0 0–3 1–2
Internacional 3–1 2–0 1–0 2–3 0–0 0–1 1–0 1–0 1–0 2–1 2–2 0–1 0–1 1–1 1–1 2–1 1–1 1–0 0–1
Palmeiras 2–0 0–1 4–0 1–0 1–0 1–0 2–1 0–0 4–0 1–1 2–0 4–3 1–0 2–2 3–1 1–1 2–1 2–1 2–1
Ponte Preta 1–1 1–2 3–2 2–0 2–1 2–0 2–0 0–4 2–0 1–2 1–0 3–0 2–2 2–1 3–0 1–2 1–0 2–1 2–0
Santa Cruz 1–0 3–3 1–0 0–1 2–2 2–4 0–1 4–1 1–0 0–1 0–1 5–1 1–0 2–3 0–3 0–2 1–2 0–1 4–1
Santos 1–0 3–0 2–0 3–0 3–0 2–1 2–1 2–0 0–1 0–0 2–1 1–1 0–1 1–0 3–1 3–2 3–0 2–0 3–2
São Paulo 3–0 1–2 1–2 0–1 2–2 4–0 0–0 1–0 3–1 0–0 2–1 1–1 1–2 1–0 2–0 5–0 0–1 0–0 2–0
Sport 1–1 4–4 2–0 1–1 5–1 0–2 0–1 0–1 2–0 1–0 2–1 4–2 1–1 1–3 1–0 5–3 1–0 1–1 1–0
Vitória 2–1 1–1 3–2 0–1 1–2 3–2 3–1 0–1 4–0 1–2 0–0 0–1 1–0 1–2 1–1 2–2 2–3 2–0 3–2
  • a. ^ A partida entre Chapecoense e Atlético Mineiro, válida pela 38ª rodada, foi um W.O. duplo, uma vez que as duas equipes se recusaram a jogar por conta do acidente de avião envolvendo a delegação do time catarinense no dia 29 de novembro.[50]

Desempenho por rodada

Clubes que lideraram o campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38
PAL STC GRE INT COR INT PAL COR SAN PAL

Clubes que ficaram na última posição do campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38
ATP AMM ATP SPT AMM BOT AMM CRU AMM STC AMM

Estatísticas

Maiores públicos

Estes são os dez maiores públicos do Campeonato:

Público[PP] Mandante Placar Visitante Estádio Data Rodada Ref.
1 54 996 São Paulo   2–2   Chapecoense Morumbi 31 de julho 17ª [56]
2 54 665 Flamengo   1–2   Palmeiras Mané Garrincha 5 de junho [57]
3 54 250 Flamengo   2–2   Corinthians Maracanã 23 de outubro 32ª [58]
4 53 781 São Paulo   4–0   Corinthians Morumbi 5 de novembro 34ª [59]
5 49 673 São Paulo   2–0   Ponte Preta Morumbi 22 de outubro 32ª [60]
6 47 622 Grêmio   0–0   Internacional Arena do Grêmio 23 de outubro 32ª [61]
7 46 591 Cruzeiro   2–0   Santa Cruz Mineirão 28 de agosto 22ª [62]
8 46 163 Grêmio   3–0   Corinthians Arena do Grêmio 14 de agosto 20ª [63]
9 44 952 Atlético Mineiro   2–2   Flamengo Mineirão 29 de outubro 33ª [64]
10 44 388 Flamengo   0–0   Botafogo Maracanã 5 de novembro 34ª [65]
  • PP. ^ Considera-se apenas o público pagante.

Menores públicos

Estes são os dez menores públicos do Campeonato:

Público[PP] Mandante Placar Visitante Estádio Data Rodada Ref.
1 518 América Mineiro   1–0   Atlético Paranaense Independência 24 de outubro 32ª [66]
2 660 América Mineiro   1–2   Chapecoense Independência 19 de agosto 21ª [67]
3 796 América Mineiro   2–1   Coritiba Independência 18 de junho [68]
4 883 Botafogo   3–1   América Mineiro Raulino de Oliveira 15 de junho [69]
5 917 Fluminense   0–0   Coritiba Raulino de Oliveira 2 de julho 13ª [70]
6 981 América Mineiro   0–0   Grêmio Independência 31 de julho 17ª [71]
7 991 América Mineiro   1–0   Internacional Independência 19 de setembro 26ª [72]
8 1 003 Santa Cruz   5–1   Grêmio Arruda 27 de novembro 37ª [73]
9 1 141 América Mineiro   1–0   Botafogo Independência 24 de setembro 27ª [74]
10 1 203 Botafogo   1–1   Vitória Raulino de Oliveira 12 de junho [75]
  • PP. ^ Considera-se apenas o público pagante.

Médias de público

Estas são as médias de público dos clubes no Campeonato. Considera-se apenas os jogos da equipe como mandante e o público pagante:[76]

Pos. Time Média Total Mandos[PF] Maior Menor
1   Palmeiras 32 471 616 947 19 40 986 18 271
2   Corinthians 28 764 546 516 19 42 099 17 135
3   Internacional 25 422 483 010 19 40 114 10 314
4   Flamengo 24 542 466 302 19 54 665 2 252
5   São Paulo 22 513 427 746 19 54 996 7 836
6   Cruzeiro 20 475 389 025 19 46 591 7 735
7   Grêmio 20 448 388 510 19 47 622 10 765
8   Atlético Mineiro 18 510 351 689 19 44 952 4 889
9   Atlético Paranaense 15 889 301 899 19 35 396 6 684
10   Vitória 14 009 266 171 19 34 757 4 814
11   Sport 12 823 243 637 19 26 419 5 218
12   Santos 11 225 213 282 19 24 586 4 468
13   Coritiba 9 894 187 979 19 16 177 2 852
14   Fluminense 9 139 173 644 19 39 877 917
15   Santa Cruz 8 080 153 521 19 16 951 1 003
16   Chapecoense 7 612 137 015 18 13 154 2 057
17   Botafogo 7 258 137 907 19 13 750 883
18   Figueirense 6 628 125 935 19 16 467 1 842
19   Ponte Preta 5 329 101 242 19 10 912 3 086
20   América Mineiro 3 353 63 704 19 27 875 518
  • PF. ^ Jogos com portões fechados não são considerados.

Mudança de técnicos

Clube Antecessor Motivo Data Última partida Rod Pos Sucessor Ref.
  Cruzeiro   Geraldo Delamore (interino) Remanejado 16 de maio Coritiba 1–0 Cruzeiro 18º   Paulo Bento[a1] [77]
  Atlético-MG   Diego Aguirre Resignado 19 de maio Atlético-MG 2–1 São Paulo[Lib]   Marcelo Oliveira [78][79]
  Flamengo   Muricy Ramalho[a2] Resignado 26 de maio Flamengo 2–2 Chapecoense 11º   Zé Ricardo[a3] [80][81]
  Coritiba   Gilson Kleina Demitido 2 de junho Coritiba 3–4 Chapecoense 16º   Pachequinho (interino) [82]
  América-MG   Givanildo Oliveira Demitido 3 de junho América-MG 1–2 Ponte Preta 20º   Sérgio Vieira[a4] [83][84]
  Corinthians   Tite Contratado pelo   Brasil 15 de junho Palmeiras 1–0 Corinthians   Cristóvão Borges[a5] [85][86]
  Chapecoense   Guto Ferreira Contratado pelo Bahia 24 de junho Chapecoense 0–0 Atlético-PR 10ª   Caio Júnior[a6] [87][88]
  Internacional   Argel Fucks Demitido 10 de julho Santa Cruz 1–0 Internacional 14ª   Paulo Roberto Falcão [89][90]
  Figueirense   Vinícius Eutrópio Demitido 11 de julho Grêmio 2–1 Figueirense 14ª 17º   Argel Fucks [91][92]
  América-MG   Sérgio Vieira Demitido 17 de julho América-MG 0–3 Santa Cruz 15ª 20º   Enderson Moreira [93][94]
  Cruzeiro   Paulo Bento Demitido 25 de julho Cruzeiro 1–2 Sport 16ª 19º   Mano Menezes [95][96]
  São Paulo   Edgardo Bauza Contratado pela   Argentina 4 de agosto São Paulo 1–2 Atlético-MG 18ª 11º   Ricardo Gomes[a7] [97][98]
  Coritiba   Pachequinho (interino) Remanejado 5 de agosto Vitória 3–1 Coritiba 18ª 17º   Paulo César Carpegiani [99]
  Internacional   Paulo Roberto Falcão Demitido 8 de agosto Internacional 2–2 Fluminense 19ª 13º   Celso Roth [100][101]
  Santa Cruz   Milton Mendes Resignado 9 de agosto Santa Cruz 1–2 São Paulo 19ª 19º   Doriva[a8] [102][103]
  Botafogo   Ricardo Gomes Contratado pelo São Paulo 12 de agosto Ponte Preta 2–0 Botafogo 19ª 17º   Jair Ventura [98][104]
  Figueirense   Argel Fucks Demitido 21 de agosto Figueirense 1–2 Cruzeiro 21ª 18º   Tuca Guimarães[a9] [105][106]
  Vitória   Vágner Mancini Demitido 10 de setembro Vitória 1–2 Flamengo 24ª 18º   Argel Fucks [107][108]
  Grêmio   Roger Machado Resignado 14 de setembro Ponte Preta 3–0 Grêmio 25ª   Renato Gaúcho[a10] [109][110]
  Corinthians   Cristóvão Borges Demitido 17 de setembro Corinthians 0–2 Palmeiras 26ª   Fábio Carille [111][112]
  Figueirense   Tuca Guimarães Remanejado 19 de setembro Flamengo 2–0 Figueirense 26ª 17º   Marquinhos Santos [113]
  Corinthians   Fábio Carille Remanejado 13 de outubro Santa Cruz 2–4 Corinthians 30ª   Oswaldo de Oliveira [114][115]
  Sport   Oswaldo de Oliveira Contratado pelo Corinthians 13 de outubro Chapecoense 3–0 Sport 30ª 16º   Daniel Paulista [114][116]
  Santa Cruz   Doriva Resignado 20 de outubro Santa Cruz 0–1 Botafogo 32ª 19º   Adriano Teixeira (interino) [117]
  Fluminense   Levir Culpi Demitido 6 de novembro Cruzeiro 4–2 Fluminense 34ª   Marcão (interino) [118]
  Internacional   Celso Roth Demitido 17 de novembro Internacional 1–1 Ponte Preta 35ª 17º   Lisca [119][120]
  São Paulo   Ricardo Gomes Demitido 23 de novembro Chapecoense 2–0 São Paulo 36ª 13º   Pintado (interino) [121]
  Atlético-MG   Marcelo Oliveira Demitido 24 de novembro Atlético-MG 1–3 Grêmio[CBr] 36ª   Diogo Giacomini (interino) [122][123]
  Ponte Preta   Eduardo Baptista Resignado 2 de dezembro Botafogo 1–1 Ponte Preta 37ª 10º   Felipe Moreira [124][125]
  • Lib ^ Partida válida pela Copa Libertadores.
  • CBr ^ Partida válida pela Copa do Brasil.
  • A1 ^ Geraldo Delamore comandou o Cruzeiro interinamente na 1ª rodada, mesmo após o clube ter anunciado a contratação de Paulo Bento.[126]
  • A2 ^ Muricy Ramalho dirigiu o Flamengo apenas na primeira rodada, quando precisou se afastar por problemas de saúde. Após Jayme de Almeida comandar o time interinamente na 2ª e 3ª rodadas, Muricy resignou oficialmente do cargo após a 3ª rodada.[127]
  • A3 ^ Zé Ricardo comandou o Flamengo interinamente da 4ª à 14ª rodada e foi efetivado a partir da 15ª rodada.[80][128]
  • A4 ^ Cláudio Prates comandou o América Mineiro interinamente na 6ª rodada.[129]
  • A5 ^ Fábio Carille comandou o Corinthians interinamente na 8ª e 9ª rodada.[130][131]
  • A6 ^ Emerson Cris comandou a Chapecoense interinamente na 11ª rodada.[132]
  • A7 ^ André Jardine comandou o São Paulo interinamente na 19ª e 20ª rodada.[133][134]
  • A8 ^ Adriano Teixeira comandou o Santa Cruz interinamente na 20ª rodada.[135]
  • A9 ^ Tuca Guimarães comandou o Figueirense interinamente na 22ª rodada e foi efetivado a partir da 23ª rodada.[136]
  • A10 ^ James Freitas comandou o Grêmio interinamente na 26ª rodada.[137]

Premiação

Ver também

Referências

  1. a b «CBF decreta luto de uma semana, e rodada final do Brasileiro será no dia 11». GloboEsporte.com. 29 de novembro de 2016. Consultado em 29 de novembro de 2016 
  2. «Chevrolet é nova patrocinadora do Campeonato Brasileiro». Auto Esporte. 28 de abril de 2014. Consultado em 9 de maio de 2014 
  3. «Em 2016, Brasileirão não para na Copa América e Olimpíadas». Estadão. 25 de agosto de 2015. Consultado em 19 de maio de 2016 
  4. «Festa no chiqueiro! Palmeiras vence, encerra jejum e é campeão brasileiro após 22 anos». ESPN. 27 de novembro de 2016. Consultado em 27 de novembro de 2016 
  5. «Palmeiras: nove vezes campeão brasileiro». CBF. 27 de novembro de 2016. Consultado em 30 de novembro de 2016 
  6. «Avião com equipe da Chapecoense cai na Colômbia e deixa mortos». G1. 29 de novembro de 2016. Consultado em 30 de novembro de 2016 
  7. «Queda de avião da Chapecoense: lista de mortos na tragédia na Colômbia inclui 19 atletas e 21 jornalistas». G1. 29 de novembro de 2016. Consultado em 30 de novembro de 2016 
  8. «Santos garante vaga na fase de grupos da próxima Libertadores». Lance!. 20 de novembro de 2016. Consultado em 30 de novembro de 2016 
  9. «Flamengo bate Santos e se garante na fase de grupos da Libertadores». ESPN. 27 de novembro de 2016. Consultado em 30 de novembro de 2016 
  10. «Brasil herda vaga do México e garante Atlético-MG na fase de grupos». UOL Esporte. 6 de dezembro de 2016. Consultado em 6 de dezembro de 2016 
  11. «Chape é declarada campeã e garante ao menos US$ 4,8 mi em premiações». GloboEsporte.com. 5 de dezembro de 2016. Consultado em 6 de dezembro de 2016 
  12. «Rei da Copa: Grêmio segura o Galo e é pentacampeão da Copa do Brasil». GloboEsporte.com. 7 de dezembro de 2016. Consultado em 8 de dezembro de 2016 
  13. «Golaço garante Bota na Libertadores, e gremistas festejam queda do Inter». GloboEsporte.com. 11 de dezembro de 2016. Consultado em 11 de dezembro de 2016 
  14. «Furacão para em Muralha, empata com o Fla, mas se garante na Liberta». GloboEsporte.com. 11 de dezembro de 2016. Consultado em 11 de dezembro de 2016 
  15. «Coritiba vence, se alivia e manda o Santa Cruz para a Série B de 2017». GloboEsporte.com. 16 de novembro de 2016. Consultado em 16 de novembro de 2016 
  16. «Flamengo vence, rebaixa América-MG, e segue com esperanças de título». GloboEsporte.com. 16 de novembro de 2016. Consultado em 16 de novembro de 2016 
  17. «Vitória goleia o Figueira, ganha fôlego na luta contra o Z-4 e rebaixa rival». GloboEsporte.com. 20 de novembro de 2016. Consultado em 20 de novembro de 2016 
  18. «Inter empata com o Fluminense e sofre primeiro rebaixamento de sua história». GloboEsporte.com. 11 de dezembro de 2016. Consultado em 11 de dezembro de 2016 
  19. a b c d «Regulamento específico da competição – Campeonato Brasileiro da Série A 2016» (PDF). CBF. 15 de março de 2016. Consultado em 7 de outubro de 2016 
  20. «CBF anuncia que o Brasil terá mais duas vagas na próxima Libertadores». GloboEsporte.com. 2 de outubro de 2016. Consultado em 3 de outubro de 2016 
  21. «Conmebol confirma que brasileirão dará seis vagas para Sul-Americana». Globo Esporte. Consultado em 14 de outubro de 2016 
  22. «Relação da Globo com cartolas é investigada». Observatório da Imprensa. 14 de outubro de 2001. Consultado em 13 de fevereiro de 2017 
  23. «O racha no Clube dos 13». ESPN. 18 de fevereiro de 2011. Consultado em 9 de maio de 2015 
  24. «Clubes adotam cautela a respeito da licitação dos direitos do Brasileirão». GloboEsporte.com. 26 de fevereiro de 2011. Consultado em 9 de maio de 2015 
  25. «Globo já fechou com 11 clubes». GloboEsporte.com. 17 de março de 2011. Consultado em 9 de maio de 2015 
  26. «Globo anuncia que Band deixará de transmitir Campeonato Brasileiro». UOL. 3 de maio de 2016. Consultado em 9 de maio de 2015 
  27. «Saída da Band do Brasileirão é outro 7 x 1 para o futebol». R7. 3 de maio de 2016. Consultado em 9 de maio de 2015 
  28. «Nota oficial: Band não transmitirá Brasileirão 2016». Band. 3 de maio de 2016. Consultado em 9 de maio de 2015 
  29. «CNEF Cadastro Nacional de Estádios de Futebol» (PDF). CBF. 18 de janeiro de 2016. Consultado em 17 de abril de 2016 
  30. «Aprovados? Veja as notas recebidas pelos estádios paranaenses». Gazeta do Povo. 28 de janeiro de 2016. Consultado em 11 de maio de 2015 
  31. «CBF libera, e Botafogo estreia na Arena contra o Flamengo, dia 16». Globoesporte. 6 de julho de 2016. Consultado em 6 de julho de 2016 
  32. «Números do Estádio Major Antônio Couto Pereira». Site Oficial do Coritiba. Consultado em 9 de maio de 2015 
  33. «Clube anuncia Arena Botafogo e lança pacotes de ingressos para sócios». Site Oficial do Botafogo. 29 de abril de 2016. Consultado em 30 de abril de 2016 
  34. «Flamengo define Volta Redonda e Brasília como sedes no Brasileirão». Terra. 4 de maio de 2016. Consultado em 24 de maio de 2016 
  35. «Flu anuncia acerto para utilizar Edson Passos, e abre portas para Flamengo». GloboEsporte.com. 2 de maio de 2016. Consultado em 2 de maio de 2016 
  36. «CBF confirma jogo entre Botafogo e Atlético-PR, dia 25, para Juiz de Fora». GloboEsporte.com. 17 de maio de 2016. Consultado em 18 de maio de 2016 
  37. «De graça, Paraná empresta Vila Capanema ao Coritiba para jogo contra Chapecoense». Terra Esportes. 19 de maio de 2016. Consultado em 22 de maio de 2016 
  38. «Mudou: jogo entre Vitória e Atlético-MG será realizado na Fonte Nova». GloboEsporte.com. 20 de maio de 2016. Consultado em 22 de maio de 2016 
  39. «Botafogo mandará jogo contra o Cruzeiro em Brasília». Placar. 23 de maio de 2016. Consultado em 24 de maio de 2016 
  40. «CBF altera horário de jogo do São Paulo e local de partida do Palmeiras». UOL Esporte. 23 de maio de 2016. Consultado em 24 de maio de 2016 
  41. «Partida entre Fluminense e Santos é confirmada para o Kleber Andrade». GloboEsporte.com. 14 de junho de 2016. Consultado em 16 de junho de 2016 
  42. «Após decisão do STJD, CBF confirma Flamengo x Fluminense em Natal». GloboEsporte.com. 16 de junho de 2016. Consultado em 22 de junho de 2016 
  43. «Santos confirma jogo com o Flamengo na Arena Pantanal, em Cuiabá». GloboEsporte.com. 25 de julho de 2016. Consultado em 31 de julho de 2016 
  44. «Por Olimpíadas, Vitória x Coritiba muda de Salvador para Feira de Santana». UOL. 27 de julho de 2016. Consultado em 31 de julho de 2016 
  45. «Sport enfrenta o Internacional na Arena de Pernambuco buscando vitória». Rádio Jornal. 28 de agosto de 2016. Consultado em 29 de agosto de 2016 
  46. «Palmeiras x Cruzeiro muda de data e será disputado em Araraquara». Lance!. 21 de setembro de 2016. Consultado em 24 de setembro de 2016 
  47. «América vende mando de campo, e enfrenta o Palmeiras em Londrina, pelo Brasileiro». Hoje em Dia. 29 de setembro de 2016. Consultado em 2 de outubro de 2016 
  48. «Governo do Estado e consórcio confirmam Flamengo e Corinthians no Maracanã». Extra. 13 de outubro de 2016. Consultado em 13 de outubro de 2016 
  49. «Por conta de salários atrasados, Santa Cruz é o primeiro clube a ser punido no STJD». GloboEsporte.com. 1 de junho de 2017. Consultado em 1 de junho de 2017 
  50. «CBF confirma rodada com nove jogos e WO duplo para Chapecoense e Galo». GloboEsporte.com. 5 de dezembro de 2016. Consultado em 5 de dezembro de 2016 
  51. «Brasileirão Série A – Artilharia». CBF. Consultado em 11 de dezembro de 2016 
  52. «Estadísticas de la liga Futebol Brasileiro: Líderes en Asistencias - Brasileirao 2016» (em espanhol). ESPN Deportes. Consultado em 11 de dezembro de 2016 
  53. «Bruno Rangel marca três e Chapecoense vence o Coritiba em jogo de sete gols». UOL Esporte. 1 de junho de 2016. Consultado em 1 de junho de 2016 
  54. «Em noite de Sassá, Botafogo derrota o América-MG». O Globo. 15 de junho de 2016. Consultado em 15 de junho de 2016 
  55. «Em noite empolgante, Sóbis faz três, e Cruzeiro bate Internacional por 4 a 2». GloboEsporte.com. 4 de agosto de 2016. Consultado em 4 de agosto de 2016 
  56. «Boletim Financeiro: São Paulo 2x2 Chapecoense» (PDF). CBF. 31 de julho de 2016. Consultado em 4 de agosto de 2016 
  57. «Boletim Financeiro: Flamengo 1x2 Palmeiras» (PDF). CBF. 5 de junho de 2016. Consultado em 11 de junho de 2016 
  58. «Boletim Financeiro: Flamengo 2x2 Corinthians» (PDF). CBF. 23 de outubro de 2016. Consultado em 26 de outubro de 2016 
  59. «Boletim Financeiro: São Paulo 4x0 Corinthians» (PDF). CBF. 5 de novembro de 2016. Consultado em 10 de novembro de 2016 
  60. «Boletim Financeiro: São Paulo 2x0 Ponte Preta» (PDF). CBF. 23 de outubro de 2016. Consultado em 26 de outubro de 2016 
  61. «Boletim Financeiro: Grêmio 0x0 Internacional» (PDF). CBF. 23 de outubro de 2016. Consultado em 26 de outubro de 2016 
  62. «Boletim Financeiro: Cruzeiro 2x0 Santa Cruz» (PDF). CBF. 28 de agosto de 2016. Consultado em 1 de setembro de 2016 
  63. «Boletim Financeiro: Grêmio 3x0 Corinthians» (PDF). CBF. 14 de agosto de 2016. Consultado em 15 de agosto de 2016 
  64. «Boletim Financeiro: Atlético-MG 2x2 Flamengo» (PDF). CBF. 29 de outubro de 2016. Consultado em 3 de novembro de 2016 
  65. «Boletim Financeiro: Flamengo 0x0 Botafogo» (PDF). CBF. 5 de novembro de 2016. Consultado em 10 de novembro de 2016 
  66. «Boletim Financeiro: América-MG 1x0 Atlético-PR» (PDF). CBF. 24 de outubro de 2016. Consultado em 26 de outubro de 2016 
  67. «Boletim Financeiro: América-MG 1x2 Chapecoense» (PDF). CBF. 19 de agosto de 2016. Consultado em 24 de agosto de 2016 
  68. «Boletim Financeiro: América-MG 2x1 Coritiba» (PDF). CBF. 18 de junho de 2016. Consultado em 22 de junho de 2016 
  69. «Boletim Financeiro: Botafogo 3x1 América-MG» (PDF). CBF. 15 de junho de 2016. Consultado em 22 de junho de 2016 
  70. «Boletim Financeiro: Fluminense 0x0 Coritiba» (PDF). CBF. 2 de julho de 2016. Consultado em 15 de julho de 2016 
  71. «Boletim Financeiro: Améirca-MG 0x0 Grêmio» (PDF). CBF. 31 de julho de 2016. Consultado em 4 de agosto de 2016 
  72. «Boletim Financeiro: América-MG 1x0 Internacional» (PDF). CBF. 19 de setembro de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  73. «Boletim Financeiro: Santa Cruz 5x1 Grêmio» (PDF). CBF. 27 de novembro de 2016. Consultado em 1 de dezembro de 2016 
  74. «Boletim Financeiro: América-MG 1x0 Botafogo» (PDF). CBF. 24 de setembro de 2016. Consultado em 27 de setembro de 2016 
  75. «Boletim Financeiro: Botafogo 1x1 Vitória» (PDF). CBF. 12 de junho de 2016. Consultado em 22 de junho de 2016 
  76. «Ranking de Público». SrGoool.com.br. Consultado em 1 de dezembro de 2016 
  77. «Paulo Bento é apresentado e explica opção pelo Cruzeiro após 2 anos parado». UOL Esporte. 16 de maio de 2016. Consultado em 19 de maio de 2016 
  78. «Diego Aguirre pede para sair do Galo: desejo surgiu antes da final do Mineiro». GloboEsporte.com. 19 de maio de 2016. Consultado em 19 de maio de 2016 
  79. «Volta às origens: Marcelo Oliveira é o novo técnico do Atlético-MG». GloboEsporte.com. 20 de maio de 2016. Consultado em 20 de maio de 2016 
  80. a b «Fla confirma saída de Muricy, e técnico do sub-20 assume como interino». GloboEsporte.com. 26 de maio de 2016. Consultado em 26 de maio de 2016 
  81. «Zé Ricardo é efetivado no comando do Flamengo». ESPN. 14 de julho de 2016. Consultado em 14 de julho de 2016 
  82. «Coritiba oficializa demissão de Gilson Kleina após nova derrota no Brasileirão». GloboEsporte.com. 2 de junho de 2016. Consultado em 2 de junho de 2016 
  83. «Derrota para a Ponte em casa custa emprego do técnico Givanildo Oliveira». GloboEsporte.com. 3 de junho de 2016. Consultado em 3 de junho de 2016 
  84. «América-MG confirma Sérgio Vieira como substituto de Givanildo Oliveira». GloboEsporte.com. 4 de junho de 2016. Consultado em 4 de junho de 2016 
  85. «Corinthians anuncia saída e confirma Tite como novo treinador da Seleção». GloboEsporte.com. 15 de junho de 2016. Consultado em 5 de junho de 2016 
  86. «Cristóvão Borges assina e é o novo técnico do Corinthians». GloboEsporte.com. 19 de junho de 2016. Consultado em 19 de junho de 2016 
  87. «Guto Ferreira chega a acordo com Bahia e deixa o comando da Chape». GloboEsporte.com. 24 de junho de 2016. Consultado em 24 de junho de 2016 
  88. «Chapecoense já tem novo treinador: Caio Junior é anunciado pelo clube». GloboEsporte.com. 25 de junho de 2016. Consultado em 25 de junho de 2016 
  89. «Após sexto jogo sem vitória no Brasileirão, Argel é demitido do Inter». GloboEsporte.com. 10 de julho de 2016. Consultado em 10 de julho de 2016 
  90. «Em jantar, Paulo Roberto Falcão aceita proposta e é o novo técnico do Inter». GloboEsporte.com. 10 de julho de 2016. Consultado em 10 de julho de 2016 
  91. «Figueirense dispensa Vinícius Eutrópio e Brasileiro já tem cinco técnicos demitidos». Superesportes. 11 de julho de 2016. Consultado em 11 de julho de 2016 
  92. «O bom filho... Argel acerta retorno ao Figueira um dia após queda no Inter». GloboEsporte.com. 11 de julho de 2016. Consultado em 11 de julho de 2016 
  93. «Após derrota para o Santa Cruz, Sérgio Vieira é demitido do América-MG». GloboEsporte.com. 17 de julho de 2016. Consultado em 17 de julho de 2016 
  94. «Enderson acerta com o América-MG e já comanda o time contra o Flamengo». GloboEsporte.com. 20 de julho de 2016. Consultado em 20 de julho de 2016 
  95. «Paulo Bento não é mais técnico do Cruzeiro; diretoria foca em Mano». GloboEsporte.com. 25 de julho de 2016. Consultado em 25 de julho de 2016 
  96. «Técnico Mano Menezes está de volta ao comando do Cruzeiro: "Honra"». GloboEsporte.com. 26 de julho de 2016. Consultado em 26 de julho de 2016 
  97. «Em despedida de Bauza, São Paulo perde de virada do Atlético-MG». Folha de S.Paulo. 4 de agosto de 2016. Consultado em 5 de agosto de 2016 
  98. a b «Ricardo Gomes deixa o Botafogo e será o novo técnico do São Paulo». GloboEsporte.com. 12 de agosto de 2016. Consultado em 12 de agosto de 2016 
  99. «Paulo César Carpegiani chega a um acordo e é o novo técnico do Coritiba». GloboEsporte.com. 5 de agosto de 2016. Consultado em 5 de agosto de 2016 
  100. «Inter oficializa saída de Falcão após 5 jogos sem vitória no comando do time». GloboEsporte.com. 8 de agosto de 2016. Consultado em 8 de agosto de 2016 
  101. «Horas após demitir Falcão, Inter acerta retorno de Celso Roth como técnico». GloboEsporte.com. 8 de agosto de 2016. Consultado em 8 de agosto de 2016 
  102. «Após trabalho de altos e baixos na Série A, Milton Mendes deixa Santa». GloboEsporte.com. 9 de agosto de 2016. Consultado em 9 de agosto de 2016 
  103. «Santa confirma Doriva, ex-Bahia, para sequência da Série A do Brasileiro». GloboEsporte.com. 12 de agosto de 2016. Consultado em 12 de agosto de 2016 
  104. «Após 8 anos de Bota, Jair é efetivado como treinador. Conheça a trajetória». GloboEsporte.com. 13 de agosto de 2016. Consultado em 13 de agosto de 2016 
  105. «Após derrota para o Cruzeiro, Figueira anuncia desligamento de Argel Fucks». GloboEsporte.com. 21 de agosto de 2016. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  106. «Figueirense efetiva Tuca Guimarães como técnico e anuncia Branco na assessoria da presidência». Diário Catarinense. 4 de setembro de 2016. Consultado em 19 de setembro de 2016 
  107. «Após derrota para o Flamengo, Vagner Mancini não é mais o técnico do Vitória». GloboEsporte.com. 10 de setembro de 2016. Consultado em 10 de setembro de 2016 
  108. «Argel Fucks é anunciado pelo Vitória e fará estreia contra o Internacional». GloboEsporte.com. 13 de setembro de 2016. Consultado em 13 de setembro de 2016 
  109. «Roger Machado pede demissão e não é mais técnico do Grêmio». UOL Esporte. 14 de setembro de 2016. Consultado em 15 de setembro de 2016 
  110. «Grêmio fecha contratação de Renato e Espinosa, campeões do mundo em 83». GloboEsporte.com. 18 de setembro de 2016. Consultado em 18 de setembro de 2016 
  111. «Derrota para o Palmeiras e pressão da torcida provocam queda de Cristóvão». GloboEsporte.com. 17 de setembro de 2016. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  112. «Corinthians demite Cristóvão! Auxiliar assume até dezembro, diz presidente». GloboEsporte.com. 17 de setembro de 2016. Consultado em 18 de setembro de 2016 
  113. «Antes de mata-mata, Marquinhos Santos deixa Leão e assume Figueira». GloboEsporte.com. 19 de setembro de 2016. Consultado em 19 de setembro de 2016 
  114. a b «Oswaldo de Oliveira é o novo técnico do Corinthians». Terra Esportes. 11 de outubro de 2016. Consultado em 12 de outubro de 2016 
  115. «Corinthians anuncia volta de Oswaldo de Oliveira ao comando do time». GloboEsporte.com. 14 de outubro de 2016. Consultado em 14 de outubro de 2016 
  116. «Sport decide efetivar Daniel Paulista como técnico até o final da Série A». GloboEsporte.com. 13 de outubro de 2016. Consultado em 13 de outubro de 2016 
  117. «Com aproveitamento ruim e paciência esgotada, Doriva deixa o Santa Cruz». GloboEsporte.com. 20 de outubro de 2016. Consultado em 20 de outubro de 2016 
  118. «Fluminense demite técnico Levir Culpi após derrota para o Cruzeiro». UOL Esporte. 6 de novembro de 2016. Consultado em 6 de novembro de 2016 
  119. «Após empate com a Ponte Preta, Inter demite Celso Roth para últimos 3 jogos». GloboEsporte.com. 17 de novembro de 2016. Consultado em 17 de novembro de 2016 
  120. «Inter oficializa Lisca como novo técnico para tentar evitar queda». GloboEsporte.com. 18 de novembro de 2016. Consultado em 18 de novembro de 2016 
  121. «Ricardo Gomes é demitido pelo São Paulo; Pintado assume interinamente». GloboEsporte.com. 23 de novembro de 2016. Consultado em 23 de novembro de 2016 
  122. «Após derrota na Copa do Brasil, Marcelo Oliveira é demitido no Atlético-MG». UOL Esporte. 24 de novembro de 2016. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  123. «Presidente não revela perfil de novo técnico e confirma Giacomini para final». GloboEsporte.com. 24 de novembro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2016 
  124. «Ponte confirma saída, e Eduardo tem caminho livre para treinar o Palmeiras». GloboEsporte.com. 2 de dezembro de 2016. Consultado em 2 de dezembro de 2016 
  125. «Nome de "consenso", Felipe Moreira terá chance de treinar Ponte em 2017». GloboEsporte.com. 2 de dezembro de 2016. Consultado em 2 de dezembro de 2016 
  126. «Diante do Coritiba, Cruzeiro prepara terreno para Paulo Bento e mira boa estreia no Brasileiro». Superesportes. 14 de maio de 2016. Consultado em 19 de maio de 2016 
  127. «Flamengo anuncia saída de Muricy e Zé Ricardo assume como técnico interino». O Dia. 26 de maio de 2016. Consultado em 27 de maio de 2016 
  128. «Zé Ricardo faz testes e adota mistério: veja provável time do Fla». Lance!. 7 de julho de 2016. Consultado em 14 de julho de 2016 
  129. «Interino, Cláudio Prates divulga relacionados do América para enfrentar o Figueirense». Superesportes. 4 de junho de 2016. Consultado em 5 de junho de 2016 
  130. «Após derrota, interino diz que não é o momento para assumir o Corinthians». GloboEsporte.com. 16 de junho de 2016. Consultado em 19 de junho de 2016 
  131. «Corinthians tem quatro mudanças para enfrentar Bota; veja a escalação». GloboEsporte.com. 18 de junho de 2016. Consultado em 19 de junho de 2016 
  132. «Técnico do sub-20, Emerson Cris assume a Chapecoense contra o Sport». GloboEsporte.com. 25 de junho de 2016. Consultado em 25 de junho de 2016 
  133. «Jardine elogia postura do São Paulo no Recife: "A vitória era fundamental"». GloboEsporte.com. 7 de agosto de 2016. Consultado em 12 de agosto de 2016 
  134. «Técnico do São Paulo esboça equipe sem Lugano para encarar o Botafogo». GloboEsporte.com. 11 de agosto de 2016. Consultado em 12 de agosto de 2016 
  135. «Interino Adriano tem conversa com Doriva e não revela time do Santa». GloboEsporte.com. 12 de agosto de 2016. Consultado em 12 de agosto de 2016 
  136. «Tuca Guimarães irá comandar o Figueirense contra o Santos». Diário Catarinense. 25 de agosto de 2016. Consultado em 19 de setembro de 2016 
  137. «Com interino e à espera de Renato, Grêmio encara Flu para encerrar jejum». GloboEsporte.com. 18 de setembro de 2016. Consultado em 18 de setembro de 2016 
  138. «Palmeiras tem sete na Seleção do Brasileirão; Gabriel Jesus é o craque». Lance!. 12 de dezembro de 2016. Consultado em 12 de dezembro de 2016 
  139. «Com seis palmeirenses e Cuca, veja como ficou a seleção da Bola de Prata». ESPN. 12 de dezembro de 2016. Consultado em 12 de dezembro de 2016 

Ligações externas