Campeonato Moçambicano de Futebol

Campeonato Moçambicano de Futebol
Moçambola
Dados gerais
Organização Liga Moçambicana de Futebol
Edições 61
18 (1956-1974)
43 (1976-2019)
Outros nomes Liga 2M (1999-2001)
Liga Moçambicana de Futebol (2001-2004)
Moçambola-ZAP
Local de disputa  Moçambique
Sistema Temporada, Pontos corridos
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

O Campeonato Moçambicano de Futebol, actualmente denominada de Moçambola, é a competição mais importante de futebol realizada em Moçambique, sendo organizada pela Liga Moçambicana de Futebol, sob alçada da Federação Moçambicana de Futebol. Começou a ser disputado em 1976, pouco depois da independência de Moçambique, sendo sucessora[1] do Campeonato do Estado Ultramarino de Moçambique.

Temporada actualEditar

O Moçambola regressou aos estádios só para a temporada de 2021, em 16 de Janeiro, depois de uma paragem em 2020, quando a pandemia do Covid-19 agravou os habituais problemas financeiros.[2] Esta temporada, a competição será disputada por apenas 14 equipas e serão implementadas medidas de prevenção da pandemia, tais como a não existência de público, nas bancadas, testagem e limitação à cobertura jornalística.[3]

Em relação à edição de 2019, de notar as subidas dos estreantes Black Bulls, Matchedje de Mocuba e Ferroviário de Lichinga e a descida de cinco clubes, Baía de Pemba Futebol Clube, Clube de Desportos do Maxaquene, Futebol Clube do Chibuto, Liga Desportiva de Maputo e Têxtil do Punguè, mais duas descidas do que subidas devido à redução do número de clubes disputando o Moçambola na presente temporada.

O Moçambola foi suspenso por trinta dias em 8 de Fevereiro, ao fim da sua quarta jornada, no contexto das medidas de prevenção da pandemia de COVID-19 anunciadas pelo Presidente da República Filipe Nyusi alguns dias antes.[4] A 17 de Fevereiro foi reportado que o nível de infecções nas equipas do campeonato atingia 12% dos jogadores.[5] Depois de três meses de suspensão, o campeonato recomeçou em 8 de Maio com a realização da sua 5ª jornada, desta vez sem público.[6]

Equipas 2021Editar

O Moçambola 2021 é disputado por 14 equipas:

Equipas no Moçambola 2019
Clube Localidade Estádio Desempenho 2018[7] Notas


Associação Black Bulls Matola Complexo Desportivo de Tchumene Divisão de Honra
Clube de Desportos da Costa do Sol Maputo Estádio do Costa do Sol 1.º no Moçambola
Clube Desportivo Matchedje de Mocuba Mocuba Campo Migre Pires Divisão de Honra
Clube Ferroviário da Beira Beira Estádio do Ferroviário 4.º no Moçambola
Clube Ferroviário de Lichinga Lichinga Estádio Municipal 1º De Maio Divisão de Honra
Clube Ferroviário de Maputo Maputo Estádio da Machava 3.º no Moçambola
Clube Ferroviário de Nacala Nacala Estádio 25 De Junho 5.º no Moçambola
Clube Ferroviário de Nampula Nampula Estádio 25 De Junho 11.º no Moçambola
ENH de Vilanculos Vilanculos Estádio Municipal de Vilanculos 6.º no Moçambola
Grupo Desportivo de Incomáti Xinavane Campo de Xinavane 7.º no Moçambola
Grupo Desportivo de Maputo Maputo Estádio do Desportivo 8.º no Moçambola
Textáfrica do Chimoio Chimoio Campo do Soalpo 9.º no Moçambola
Liga Desportiva de Maputo Maputo Estádio Liga Muçulmana 10.º no Moçambola
União Desportiva do Songo Songo Estádio 27 de Novembro 2.º no Moçambola

HistóriaEditar

Antes da independênciaEditar

Ano Campeão[1] Vice-campeão
1956 Ferroviário de Lourenço Marques
1957 Desportivo de Lourenço Marques
1958 Ferroviário de Beira
1959 Sporting de Nampula Desportivo de Lourenço Marques
1960 Sporting de Lourenço Marques
1961 Ferroviário de Lourenço Marques
1962 Sporting de Lourenço Marques
1963 Ferroviário de Lourenço Marques Sporting de Lourenço Marques
1964 Desportivo de Lourenço Marques
1965 não finalizado
1966 Ferroviário de Lourenço Marques
1967 Ferroviário de Lourenço Marques
1968 Ferroviário de Lourenço Marques
1969 Textáfrica de Vila Pery
1970 Ferroviário de Lourenço Marques
1971 Textáfrica de Vila Pery
1972 Ferroviário de Lourenço Marques
1973 Textáfrica de Vila Pery
1974 Ferroviário da Beira

Depois da independênciaEditar

De 1976 até 1998 os campeonatos nacionais tinham um número reduzido em termos de equipas, geralmente seis a oito, com as provas a começarem a nível provincial para apurar quais iriam tomar parte do Nacional.[8]

A partir de 1999 alargou-se o número de participantes para 12 equipas, com a introdução da Liga 2M, jogando no sistema clássico de todos-contra-todos, em duas voltas.[8]

Em 2001 a prova passou a chamar-se Liga Moçambicana de Futebol ao ter passado a ser gerida pela Liga Moçambicana de Futebol, que tinha sido fundada, em 2000 por dirigentes de diferentes clubes nacionais.[8]

Em 2005, a competição abraçou o nome Moçambola e em 2007 passou a ser disputada por 14 participantes.[8]

Em termos de vencedores, o primeiro campeão nacional pós-independência foi o Textáfrica de Chimoio, na altura treinado pelo Mário Coluna.[8]

Os finais dos anos 1970 e a década de 1980 foram dominados por Desportivo de Maputo, Ferroviário de Maputo e Maxaquene, tendo este último conseguido três títulos consecutivos (1984 a 1986).[8]

Com quatro títulos consecutivos, o Costa do Sol marcou o início dos anos 1990, uma década onde também brilhou mais Ferroviário de Maputo.[8]

A primeira década do novo milénio viu a balança pender agora para Ferroviário de Maputo, que arrecadou 4 títulos contra os três conquistados pelo Costa do Sol.[8]

Os anos 2010 arrancaram com o domínio da a Liga Muçulmana, hoje Liga Desportiva de Maputo, vencendo 4 dos 5 primeiros campeonatos desta década.[8]

Edição Campeão[9] Vice-campeão
1975 não realizado
1976 Textáfrica do Chimoio Desportivo de Maputo
1977 Desportivo de Maputo Textáfrica
1978 Desportivo de Maputo Sport Maputo e Benfica
1979 Costa do Sol Maxaquene
1980 Costa do Sol Textáfrica
1981 Têxtil do Punguè Ferroviário de Maputo
1982 Ferroviário de Maputo
1983 Desportivo de Maputo
1984 Maxaquene Desportivo de Maputo
1985 Maxaquene
1986 Maxaquene
1987 Matchedje Maxaquene
1988 Desportivo de Maputo
1989 Ferroviário de Maputo Desportivo de Maputo
1990 Matchedje Costa do Sol
1991 Costa do Sol Ferroviário de Maputo
1992 Costa do Sol Ferroviário de Maputo
1993 Costa do Sol Ferroviário de Maputo
1994 Costa do Sol Maxaquene
1995 Desportivo de Maputo
1996 Ferroviário de Maputo
1997 Ferroviário de Maputo Costa do Sol
1998 Costa do Sol [nota 1] Ferroviário da Beira
1998-1999 Ferroviário de Maputo Costa do Sol
1999-2000 Costa do Sol Ferroviário de Maputo
2000-2001 Costa do Sol Ferroviário de Maputo
2002 Ferroviário de Maputo Maxaquene
2003 Maxaquene Costa do Sol
2004 Ferroviário de Maputo Desportivo de Maputo
2005 Ferroviário de Maputo Costa do Sol
2006 Desportivo de Maputo Ferroviário de Maputo
2007 Costa do Sol Desportivo
2008 Ferroviário de Maputo Atlético Muçulmano
2009 Ferroviário de Maputo Desportivo
2010 Liga Muçulmana Maxaquene
2011 Liga Muçulmana Maxaquene
2012 Maxaquene Ferroviário da Beira
2013 Liga Muçulmana Ferroviário da Beira
2014 Liga Desportiva Ferroviário de Nampula
2015 Ferroviário de Maputo Costa do Sol
2016 Ferroviário da Beira Songo
2017 Songo Costa do Sol
2018 Songo Ferroviário de Maputo
2019 Costa do Sol Songo

Títulos por clubeEditar

Títulos por clube do Campeonato Moçambicano de Futebol (1976-2019)
Clube[9] Cidade Total Edições
Ferroviário de Maputo [nota 2] Maputo [nota 3] 10 1982, 1989, 1996, 1997, 1998/99, 2002, 2005, 2008, 2009, 2015
Costa do Sol [nota 4] Maputo 10 1979, 1980, 1991, 1992, 1993, 1994, 1999/00, 2000/01, 2007 e 2019
Desportivo de Maputo [nota 5] Maputo 6 1977, 1978, 1983, 1988, 1995, 2006
Maxaquene [nota 6] Maputo 5 1984, 1985, 1986, 2003, 2012
Liga Desportiva [nota 7] Maputo 4 2010, 2011, 2013, 2014
Matchedje Maputo 2 1987, 1990
União Desportiva do Songo Songo 2 2017, 2018
Textáfrica Chimoio [nota 8] 1 1976
Têxtil do Punguè Beira 1 1981
Ferroviário de Nampula Nampula 1 2004
Ferroviário da Beira Beira 1 2016

Notas

  1. Em 1998 foi disputada uma mini-liga o campeão foi o Costa do Sol, a competição não é considerada oficial
  2. Em 1978, Ferroviário de Lourenço Marques passa a se chamar Ferroviário de Maputo
  3. Até 1976, Maputo se chamava Lourenço Marques
  4. Em 1978 o Sport Lourenço Marques e Benfica passa a se chamar Clube de Desportos da Costa do Sol
  5. Em 1976 o Grupo Desportivo de Lourenço Marques passa a se chamar Grupo Desportivo de Maputo
  6. Em 1978 o Sporting Clube de Lourenço Marques passou a se chamar Clube de Desportos do Maxaquene
  7. Em 2014 a Liga Desportiva Muçulmana de Maputo passa a se chamar Liga Desportiva de Maputo
  8. Até 1975, Chimoio se chamava Vila Pery

Referências

  1. a b Todor Krastev; Julio Bovi Diogo; José Batalha (25 de fevereiro de 2016). «Mozambique - List of Champions : Moçambique Colonial Champions» (em inglês). Rec. Sport. Soccer Statistics Foundation. Consultado em 4 de março de 2017 
  2. «Confirmado: Moçambola arranca a 16 de janeiro». A Bola. 21 de dezembro de 2020. Consultado em 18 de janeiro de 2021 
  3. «"É triste": Bancadas vazias no regresso do Moçambola». DW. 15 de janeiro de 2021. Consultado em 17 de janeiro de 2021 
  4. «Presidente Nyusi anuncia suspensão do Moçambola». A Bola. 4 de fevereiro de 2021. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  5. «Moçambique: Moçambola suspenso com 12% de futebolistas com Covid-19». RFI. 17 de fevereiro de 2021. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  6. «Quatro jogos encerram disputa da 5ª jornada do Moçambola-2021». O País. 9 de maio de 2021. Consultado em 12 de maio de 2021 
  7. «Moçambola : Standings» (em inglês). Consultado em 12 de junho de 2018 
  8. a b c d e f g h i «40 anos de independência : Muitos altos e baixos (1.ª parte)». Jornal Notícias. 1 de julho de 2015. Consultado em 4 de março de 2017 
  9. a b Todor Krastev; Julio Bovi Diogo; José Batalha (29 de dezembro de 2016). «Mozambique - List of Champions :After Independence (1976-2017)» (em inglês). Rec. Sport. Soccer Statistics Foundation. Consultado em 4 de março de 2017. Cópia arquivada em 4 de março de 2017 

Ligações externasEditar