Abrir menu principal

Campeonato Uruguaio de Futebol de 2011–12

Campeonato Uruguaio de Futebol de 2011–12
CVIII Campeonato Uruguayo
Uruguay Campeón de América Argentina 2011
Dados
Participantes 16
Organização AUF
Local de disputa Uruguai
Período 13 de agosto de 2011 – 16 de junho de 2012
Gol(o)s 664
Partidas 241
Média 2,76 gol(o)s por partida
Campeão Nacional (44º título)
Vice-campeão Peñarol
Rebaixado(s)
Melhor marcador AustráliaAUS Richard Porta (Nacional) – 17 gols[1]
Melhor ataque (fase inicial) Peñarol – 71 gols
Melhor defesa (fase inicial) Danubio – 26 gols
Maior goleada
(diferença)
Rampla Juniors 1 – 7 Peñarol
Estádio Jardines del HipódromoMontevidéu
28 de maio de 2012, Clausura, 14ª rodada
Outras divisões
Segunda Divisão Central Español
Segunda Divisão Amadora Torque
Premiações
Melhor jogador
(AUF)
UruguaiURU Álvaro Recoba (Nacional)[2]
◄◄ Uruguai Uruguaio 2010–11 Soccerball.svg Uruguaio 2012–13 Uruguai ►►

O Campeonato Uruguaio de Futebol de 2011–12 foi a 81ª edição da era profissional do Campeonato Uruguaio. Nesta temporada, a competição teve o nome de Uruguay Campeón de América Argentina 2011,[3] por conta da Seleção Uruguaia ter vencido a Copa América de 2011, disputada na Argentina. O Torneio Apertura foi nomeado de Juan José Tudurí,[3] em homenagem ao antigo presidente do Club Atlético River Plate, morto em julho de 2011.[4] Já o Torneio Clausura foi nomeado de Carlos Gardel,[5] homenageando o famoso cantor de tango, morto em junho de 1935.

O Nacional, vencedor do Torneio Apertura, e o Defensor Sporting, vencedor do Torneio Clausura, jogaram a semifinal da competição, onde o Nacional ganhou a partida e sagrou-se campeão uruguaio sem a necessidade de uma final, já que o time Tricolor ficou em primeiro lugar na tabela anual, que é a soma dos pontos obtidos nos torneios Apertura e Clausura.[6][7]

Índice

Regulamento[8]Editar

As equipes participantes jogam os torneios Apertura e Clausura, no segundo semestre de 2011 e no primeiro de 2012, respectivamente. Ambos os torneios são sob o sistema de pontos corridos, em um único turno.

Os campeões dos Torneios Apertura e Clausura disputam uma semifinal. O ganhador da partida enfrenta o vencedor da tabela anual (soma dos pontos obtidos nos torneios Apertura e Clausura) em dois jogos finais, onde quem vencer torna-se o campeão do Campeonato Uruguaio.

Com tal regulamento, existem duas possibilidades de haver um campeão sem a disputa da final: no caso de um time vencer um dos Torneios, Apertura ou Clausura, e vencer também a tabela anual, basta derrotar seu oponente na semifinal para sagrar-se campeão antecipado, já que teria terminado a tabela anual no primeiro lugar. A outra possibilidade é uma equipe ganhar os dois Torneios, Apertura e Clausura, para sagrar-se campeã, já que por consequência disso terminaria na primeira colocação da tabela anual e não haveria necessidade de jogar sequer semifinal.

A tabela de descenso consiste na soma dos pontos da tabela anual desta temporada e da temporada passada. As equipes que subiram da Segunda Divisão tem seus pontos multiplicados por 2. São rebaixados à Segunda Divisão os três piores clubes colocados na tabela de descenso.

Participantes[8]Editar

16 equipes participam do Campeonato Uruguaio. Central Español, Tacuarembó e Miramar Misiones foram rebaixados na temporada passada. Rentistas, Cerrito e Cerro Largo subiram como campeão, vice-campeão e terceiro lugar da Segunda Divisão, respectivamente. Todas as equipes nesta temporada são de Montevidéu, exceto o Cerro Largo, que é da cidade de Melo.

Equipe Cidade Estádio Capacidade Títulos (último)
Bella Vista Montevidéu Parque José Nasazzi 15.000 1 (1990)
Cerrito Montevidéu Parque Maracaná 8.000 0 (não possui)
Cerro Montevidéu Luis Trócolli 25.000 0 (não possui)
Cerro Largo Melo Antonio Eleuterio Ubilla 9.000 0 (não possui)
Danubio Montevidéu Jardines del Hipódromo 20.000 3 (2006–07)
Defensor Sporting Montevidéu Luis Franzini 18.000 4 (2007–08)
El Tanque Sisley Montevidéu Víctor Della Valle 6.000 0 (não possui)
Fénix Montevidéu Parque Capurro 10.000 0 (não possui)
Liverpool Montevidéu Belvedere 10.000 0 (não possui)
Montevideo Wanderers Montevidéu Parque Alfredo Victor Viera 12.000 4 (1931)
Nacional Montevidéu Gran Parque Central 25.000 43 (2010–11)
Peñarol Montevidéu Centenário 65.235 48 (2009–10)
Racing Montevidéu Parque Osvaldo Roberto 8.500 0 (não possui)
Rampla Juniors Montevidéu Olímpico de Montevideo 9.500 1 (1923)
Rentistas Montevidéu Complejo Rentistas 10.600 0 (não possui)
River Plate Montevidéu Saroldi 12.000 0 (não possui)

Classificação[8]Editar

Torneio AperturaEditar

O Torneio Apertura começou em 13 de agosto de 2011 e terminou em 4 de dezembro do mesmo ano.

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
Nacional 32 15 9 5 1 30 11 +19
Danubio[a] 31 15 8 5 2 19 8 +11
Peñarol 30 15 9 3 3 30 12 +18
River Plate 28 15 8 4 3 22 17 +5
Cerro Largo 27 15 8 3 4 18 16 +2
Defensor Sporting 24 15 7 3 5 23 16 +7
Cerro 24 15 7 3 5 17 12 +5
Liverpool 19 15 6 1 8 17 18 -1
El Tanque Sisley 18 15 5 3 7 15 23 -8
10º Montevideo Wanderers 17 15 5 2 8 23 25 -2
11º Racing[a] 17 15 4 6 5 20 23 -3
12º Rampla Juniors 16 15 5 1 9 16 22 -6
13º Fénix 16 15 4 4 7 15 22 -7
14º Rentistas 14 15 4 2 9 10 21 -11
15º Cerrito 13 15 3 4 8 10 23 -13
16º Bella Vista 10 15 3 1 11 9 25 -16


a. ^ O Danubio empatou com o Racing em 1 a 1, mas os 3 pontos foram concedidos ao Danubio, já que o Racing escalou Marcelo Sosa, que deveria cumprir suspensão.


 Vencedor do Torneio Apertura e classificado à semifinal.

Torneio ClausuraEditar

O Torneio Clausura começou em 18 de fevereiro de 2012 e terminou em 3 de junho do mesmo ano.

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
Defensor Sporting 38 15 12 2 1 31 11 +20
Nacional 35 15 11 2 2 38 20 +18
Liverpool 34 15 11 1 3 31 21 +10
Peñarol 32 15 10 2 3 41 18 +23
Cerro Largo 27 15 8 3 4 28 18 +10
Montevideo Wanderers 24 15 7 3 5 26 25 +1
River Plate 22 15 6 4 5 28 23 +5
Danubio 21 15 5 6 4 18 18 0
Bella Vista 20 15 6 2 7 19 21 -2
10º Racing 17 15 5 2 8 21 30 -9
11º Rampla Juniors 15 15 4 3 8 18 33 -15
12º El Tanque Sisley 13 15 4 1 10 14 25 -11
13º Cerro 12 15 3 3 9 18 25 -7
14º Cerrito 11 15 2 5 8 14 29 -15
15º Fénix 9 15 1 6 8 18 25 -7
16º Rentistas 5 15 0 5 10 9 30 -21


 Vencedor do Torneio Clausura e classificado à semifinal.

Tabela anualEditar

A tabela anual resulta na soma dos pontos obtidos nos Torneios Apertura e Clausura.

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
Nacional 67 30 20 7 3 68 31 +37
Peñarol 62 30 19 5 6 71 30 +41
Defensor Sporting 62 30 19 5 6 54 27 +27
Cerro Largo 54 30 16 6 8 46 34 +12
Liverpool 53 30 17 2 11 48 39 +9
Danubio[a] 52 30 13 11 6 37 26 +11
River Plate 50 30 14 8 8 50 40 +10
Montevideo Wanderers 41 30 12 5 13 49 50 -1
Cerro 36 30 10 6 14 35 37 -2
10º Racing[a] 34 30 9 8 13 41 53 -12
11º El Tanque Sisley 31 30 9 4 17 29 48 -19
12º Rampla Juniors 31 30 9 4 17 34 55 -21
13º Bella Vista 30 30 9 3 18 28 46 -18
14º Fénix 25 30 5 10 15 33 47 -14
15º Cerrito 24 30 5 9 16 24 52 -28
16º Rentistas 19 30 4 7 19 19 51 -32


a. ^ No Torneio Apertura, o Danubio empatou com o Racing em 1 a 1, mas os 3 pontos foram concedidos ao Danubio, já que o Racing escalou Marcelo Sosa, que deveria cumprir suspensão.


 Vencedor da tabela anual e classificado à final.

Tabela de descensoEditar

A tabela de descenso consiste na soma do pontos da tabela anual desta temporada e da temporada passada. As equipes que subiram da Segunda Divisão tem seus pontos multiplicados por 2.

Pos Equipe 2010–11 2011–12 Pts J
Nacional 63 67 130 60
Defensor Sporting 58 62 120 60
Peñarol 52 62 114 60
Cerro Largo 2ª div. 54 108 30
Danubio 41 52 93 60
Liverpool 40 53 93 60
River Plate 35 50 85 60
Montevideo Wanderers 41 41 82 60
Cerro 42 36 78 60
10º Bella Vista 44 30 74 60
11º El Tanque Sisley 41 31 72 60
11º Racing 38 34 72 60
13º Fénix 45 25 70 60
14º Rampla Juniors 31 31 62 60
15º Cerrito 2ª div. 24 48 30
16º Rentistas 2ª div. 19 38 30


 Rebaixados à Segunda Divisão.


Promovidos para a próxima temporada: Central Español, Juventud de Las Piedras e Progreso.

Fase final[8]Editar

  Semifinal Final
               
 
 Nacional (Vencedor do Torneio Apertura) 0
 Defensor (Vencedor do Torneio Clausura) 1
 Nacional (Vencedor da semifinal)
 Nacional (Vencedor da tabela anual)

SemifinalEditar

Como na edição anterior do torneio, o Nacional eliminou o Defensor Sporting na semifinal e se consagrou campeão da competição sem a necessidade de uma final, já que os Tricolores terminaram na primeira colocação da tabela anual.

16 de junho de 2012 Nacional 1 – 0 Defensor Sporting Estádio Centenário, Montevidéu
15:00 (UTC−3)
Recoba   41' Relatório Público: 55000
Árbitro: Darío Ubríaco
     
 
 
Nacional
     
 
 
Defensor Sporting
G 25   Jorge Bava   88'
LD 4   Christian Núñez
Z 19   Andrés Scotti   23'
Z 6   Alexis Rolín   50'
LE 14   Diego Placente   39'   72'
V 23   Facundo Píriz   71'
V 17   Maximiliano Calzada
M 8   Matías Cabrera   61'
M 20   Álvaro Recoba (c)
A 10   Tabaré Viudez   14'
A 7   Richard Porta
Reservas:
G 1   Leonardo Burián
D 2   Darwin Torres   72'
MC 18   Israel Damonte   74'   61'
MC 24   Marcos Aguirre
A 9   Alexander Medina
A 11   Vicente Sánchez   14'
A 15   Gonzalo Bueno
Treinador:
  Marcelo Gallardo
G 1   Yonathan Irrazábal
LD 21   Pablo Pintos   72'
Z 2   Ramón Arias
Z 6   Néstor Moiraghi
LE 22   Robert Herrera   42'   60'
V 15   Diego "Torito" Rodríguez
V 5   Diego Ferreira   60'
M 19   Federico Pintos
M 9   Matías Britos
A 11   Nicolás Olivera (c)   33'
A 16   Ignacio Risso   60'
Reservas:
G 12   Fernando Rodríguez
D 4   Mario Risso
D 7   Juan Amado   60'
D 20   Diego "Zurdo" Rodríguez   60'
MC 10   Brahian Alemán
MC 23   Andrés Fleurquin
A 8   Diego Rolán   75'
Treinador:
  Gustavo Díaz

Homem do jogo:
  Álvaro Recoba
Árbitros assistentes:
Gabriel Popovits
Gersei Gómez
Quarto árbitro:
Heber Rodríguez

Clubes classificados às competições da CONMEBOLEditar

Copa Libertadores da América de 2013Editar

Clube Classificado como (fase em que entra)
Nacional Campeão uruguaio (fase de grupos da Libertadores).
Peñarol 2º colocado da tabela anual (fase de grupos da Libertadores).
Defensor Sporting 3º colocado da tabela anual (primeira fase da Libertadores).

Copa Sul-Americana de 2012Editar

Clube Classificado como (fase em que entra)
Nacional Campeão uruguaio (primeira fase da Sul-Americana).
Cerro Largo 4º colocado da tabela anual (primeira fase da Sul-Americana).
Liverpool 5º colocado da tabela anual (primeira fase da Sul-Americana).
Danubio 6º colocado da tabela anual (primeira fase da Sul-Americana).

ArtilheirosEditar

Hat-tricksEditar

No futebol, um hat-trick ocorre quando um jogador faz 3 gols na mesma partida.

Jogador Clube Adversário Placar Data
  Diego Perrone Danubio Bella Vista 4–1 4 de dezembro de 2011
  Diego Martiñones Danubio Peñarol 3–2 1 de abril de 2012
  Richard Porta Nacional Bella Vista 3–1 8 de abril de 2012
  Richard Porta Nacional Cerrito 6–1 15 de abril de 2012
  Rodrigo Pastorini Racing Rentistas 3–1 29 de abril de 2012
  Rodrigo Mora[b] Peñarol Rampla Juniors 7–1 27 de maio de 2012

b. ^ Na partida contra o Rampla Juniors, Rodrigo Mora marcou 4 gols.

PremiaçãoEditar

Campeonato Uruguaio de 2011–12
 
Nacional
Campeão
(44º título)

Referências

  1. rsssf.com: Uruguay - League Top Scorers
  2. elobservador.com.uy: El fútbol homenajeó a los mejores (publicado em 26 de junho de 2012)
  3. a b futbol.com.uy: Se sorteó el Campeonato Uruguayo – ¡Larrrrgaron! (publicado em 8 de agosto de 2011)
  4. ovaciondigital.com.uy: Falleció Juan José Tudurí (publicado em 4 de julho de 2011)
  5. ultimasnoticias.com.uy: El Uruguayo empezará el sábado 13 de agosto (publicado em 25 de junho de 2011)
  6. campeoesdofutebol.com.br: Campeonato Uruguaio - Primeira Divisão
  7. sobrefutbol.com: Fútbol Uruguayo: Torneo Uruguayo, Campeones Año por Año
  8. a b c d rsssf.com: Uruguay 2011/12
  9. espndeportes.espn.go.com: Líderes Anotadores - Apertura 2011/2012
  10. espndeportes.espn.go.com: Líderes Anotadores - Clausura 2011-12