Carlos Alexandre, Grão-Duque de Saxe-Weimar-Eisenach

escritor alemão

Carlos Alexandre (24 de Junho de 1818 - 5 de Janeiro de 1901) foi o duque de Saxe-Weimar-Eisenach de 1853 até à sua morte.

Carlos Alexandre
Grão-Duque de Saxe-Weimar-Eisenach
Grão-Duque de Saxe-Weimar-Eisenach
Reinado 8 de julho de 1853
a 5 de janeiro de 1901
Antecessor(a) Carlos Frederico, Grão-Duque de Saxe-Weimar-Eisenach
Sucessor(a) Guilherme Ernesto, Grão-Duque de Saxe-Weimar-Eisenach
 
Esposa Sofia dos Países Baixos
Descendência Carlos Augusto, Grão-Duque Hereditário de Saxe-Weimar-Eisenach
Maria Alexandrina de Saxe-Weimar-Eisenach
Maria Ana de Saxe-Weimar-Eisenach
Isabel Sibila de Saxe-Weimar-Eisenach
Casa Wettin
Nome completo Carlos Alexandre Augusto João
Nascimento 24 de junho de 1818
  Weimar, Grão-Ducado de Saxe-Weimar-Eisenach
Morte 5 de janeiro de 1901 (82 anos)
  Weimar, Império Alemão
Pai Carlos Frederico, Grão-Duque de Saxe-Weimar-Eisenach
Mãe Maria Pavlovna da Rússia

BiografiaEditar

Nascido em Weimar, era o segundo filho de Carlos Frederico, Grão-Duque de Saxe-Weimar-Eisenach, e da sua esposa, a grã-duquesa Maria Pavlovna da Rússia. Para seu tutor, a sua mãe escolheu o intelectual suíço Frédéric Soret, que se tornou um amigo próximo de Johann Wolfgang von Goethe.

Quando era grão-duque hereditário, Carlos Alexandre desenvolveu uma amizade forte com Fanny Lewald e Hans Christian Andersen, mas esta amizade foi interrompida em 1849, quando a Alemanha declarou guerra à Dinamarca por causa da questão dos ducados de Schleswig e Holstein (a chamada Primeira Guerra Germano-Dinamarquesa). A 8 de Julho de 1853, o seu pai morreu e Carlos Alexandre tornou-se grão-duque, mas adiou a sua tomada de posse constitucional até ao dia do aniversário de Goethe, a 28 de Agosto de 1853.

Havia rumores de que o escritor e poeta dinamarquês Hans Christian Andersen sentia uma atracção por Carlos Alexandre, chegando a escreverː "amo bastante o jovem duque, é o primeiro de todos os príncipes que acho realmente atraente".[1]

Carlos Alexandre renovou o Castelo de Wartburg, e deixou a sua marca em vários palácios de Eisenach. Era protector de Richard Wagner e Franz Liszt, deu continuidade ao período clássico de Weimar. Foi também responsável por dar uma nova aparência à zona mais antiga da cidade, tendo mandado construir o monumento dedicado a Herder e o monumento duplo dedicado a Goethe e Schiller. Em 1860, criou a Escola de Artes do Grão-Ducado de Weimar (tendo como professores Arnold Böcklin, Franz von Lenbach e o artista plástico Reinhold Begas). Como grão-duque, Carlos Alexandre era automaticamente reitor e presidente da Universidade de Jena, na qual apoiou várias colecções, principalmente o Armário de Moedas Oriental.

O Congresso de Weimar da Federação de Goethe (contra a Lex Heinze) ocorreu perto do final do seu reinado, em Novembro de 1900. Nesse congresso, o seu governo foi descrito como a Idade Prateada de Weimar.

Foi o 1.045º cavaleiro da Ordem do Tosão de Ouro em Espanha e recebeu a 71ª grã-cruz da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito em 1854.

Morreu em Weimar em 1901, sendo sucedido pelo seu neto Guilherme Ernesto, uma vez que o seu filho, Carlos Augusto, já tinha morrido.

Casamento e descendênciaEditar

Carlos Alexandre casou-se com a sua prima direita, a princesa Sofia dos Países Baixos, no Palácio de Kneuterdijk em Haia a 8 de Outubro de 1842. As mães dos noivos eram irmãs, ambas filhas do czar Paulo I da Rússia.

Juntos, tiveram quatro filhosː

  1. Carlos Augusto, Grão-Duque Hereditário de Saxe-Weimar-Eisenach (31 de Julho de 1844 - 20 de Novembro de 1894), que se casou com a princesa Paulina de Saxe-Weimar-Eisenach; com descendência.
  2. Maria Alexandrina de Saxe-Weimar-Eisenach (20 de Janeiro de 1849 - 6 de Maio de 1922), casada com Henrique VII, Príncipe Reuss de Köstritz; com descendência.
  3. Maria Ana de Saxe-Weimar-Eisenach (29 de Março de 1851 - 26 de Abril de 1859), morreu aos oito anos de idade.
  4. Isabel Sibila de Saxe-Weimar-Eisenach (28 de Janeiro de 1854 - 10 de Julho de 1908), casada com o duque João Alberto de Mecklemburgo-Schwerin.

GenealogiaEditar

Os antepassados de Carlos Alexandre, Grão-Duque de Saxe-Weimar-Eisenach em três gerações
Carlos Alexandre, Grão-Duque de Saxe-Weimar-Eisenach Pai:
Carlos Frederico, Grão-Duque de Saxe-Weimar-Eisenach
Avô paterno:
Carlos Augusto, Grão-Duque de Saxe-Weimar-Eisenach
Bisavô paterno:
Ernesto Augusto II, Duque de Saxe-Weimar-Eisenach
Bisavó paterna:
Ana Amália de Brunsvique-Volfembutel
Avó paterna:
Luísa de Hesse-Darmstadt
Bisavô paterno:
Luís IX de Hesse-Darmstadt
Bisavó paterna:
Carolina do Palatinado-Zweibrücken
Mãe:
Maria Pavlovna da Rússia
Avô materno:
Paulo I da Rússia
Bisavô materno:
Pedro III da Rússia
Bisavó materna:
Catarina, a Grande
Avó materna:
Maria Feodorovna (Sofia Doroteia de Württemberg)
Bisavô materno:
Frederico II Eugénio de Württemberg
Bisavó materna:
Sofia Doroteia de Brandemburgo-Schwedt

Referências

  1. His dark materialsThe Independent, 27 de Março de 2005.