Abrir menu principal
Chiang Kai-shek
蔣介石
蔣中正
Chiang Kai-shek
Chefe do Governo Nacional da China
Período 10 de outubro de 1928
até 15 de dezembro de 1931
Antecessor Gu Weijun
Sucessor Lin Sen
Período 1 de agosto de 1943
até 20 de maio de 1948
Antecessor Lin Sen
Sucessor Li Zongren
Presidente da República da China
(Taiwan)
Período 1 de março de 1950
até 5 de abril de 1975
Antecessor Li Zongren
Sucessor Yan Jia-kan
Diretor-Geral do Kuomintang
Período 1 de abril de 1938
até 5 de abril de 1975
Sucessor Chiang Ching-kuo
Dados pessoais
Nascimento 31 de outubro de 1887
Zhejiang, Dinastia Qing
Morte 5 de abril de 1975 (87 anos)
Taipei, Taiwan
Nacionalidade Chinês
Cônjuge Mao Fumei
Yao Yecheng
Chen Jieru
Soong May-ling
Filhos Chiang Ching-kuo
Chiang Wei-kuo (adotado)
Partido Kuomintang
Religião Metodista
Profissão Militar, estadista, político
Serviço militar
Lealdade Taiwan República da China
Anos de serviço 1923-1975
Graduação Generalissimo
Conflitos Revolução Xinhai
Expedição do Norte
Guerra Civil Chinesa
Segunda Guerra Sino-Japonesa
Segunda Guerra Mundial
Condecorações Nacionais:
Order of National Glory with Grand Cordon ribbon.pngOrder of Blue Sky and White Sun with Grand Cordon ribbon.pngOrder of Precious Tripod with Special Grand Cordon ribbon.pngOrder of Brilliant Jade (Taiwan) - ribbon bar.gifTWN Order of Propitious Clouds 1Class BAR.svgOrder of the Cloud and Banner 1st.gifTWN Order of Brilliant Star 1Class BAR.svg

Estrangeiras
ARG Order of the Liberator San Martin - Grand Cross BAR.png Grand Crest Ordre de Leopold.png BOL Order of Condor of the Andes - Grand Cross BAR.png BRA Order of the Southern Cross - Grand Cross BAR.png CHL Order of Merit of Chile - Grand Cross BAR.png US Legion of Merit Chief Commander ribbon.png Order of the British Empire (Military) Ribbon.png Order of the Bath UK ribbon.svg Legion Honneur GC ribbon.svg Commander Ordre de Leopold.png GRE Order Redeemer 1Class.png Cavaliere di gran Croce SSML BAR.svg ROK Order of Merit for National Foundation - Order of the Republic of Korea.png PHL Legion of Honor - Legionnaire BAR.png PHI Order of Sikatuna 2003 Grand Collar BAR.svg DOM Order of Christopher Columbus ribbon bar.PNG Ord.LionMalawi.gif Order of Civil Merit (Spain) - Sash of Grand Collar.svg Seraphimerorden ribbon.svg Order of the Rajamitrabhorn (Thailand) ribbon.svg POL Virtuti Militari Srebrny BAR.svg TCH Rad Bileho Lva 1 tridy (1990) BAR.svg MEX Order of the Aztec Eagle 1Class BAR.png CHL Order of Merit of Chile - Grand Cross BAR.png VEN Order of the Liberator - Grand Cordon BAR.png

Chiang Kai-shek ( /ˈæŋ kˈʃɛk,_iˈɑːŋ/;[1] 3 de outubro de 1887 – 5 de abril de 1975), também conhecido como Generalíssimo Chiang ou Chiang Chungcheng, romanizado como Chiang Chieh-shih ou Jiang Jieshi, foi um político e militar chinês que serviu como Presidente da República da China, de forma intermitente, de 1928 e 1949, e depois de Taiwan de 1950 a 1975. Ele foi reconhecido como legítimo governante de toda a China até 1971, período onde as Nações Unidas passaram a Resolução 2758.

Chiang foi um influente membro do movimento Kuomintang (KMT), o Partido Nacionalista Chinês, além de um grande aliado de Sun Yat-sen. Chiang se tornou o comandante da Academia Militar Whampoa e substituiu Sun como líder do KMT após o Golpe de Canton, em 1926. Após ter neutralizado a ala esquerdista do partido, Chiang liderou a Expedição do Norte, conquistando toda a China após derrotar o Governo de Beiyang e pacificado os Senhores da guerra da China.[2]

De 1928 a 1948, Chiang serviu como presidente e generalíssimo do Governo Nacional da República da China. Chiang era um nacionalista, promovendo a cultura tradicional chinesa no chamado "movimento nova vida". Incapaz de manter as boas relações que seu sucessor tinha com o Partido Comunista da China (PCC), Chiang tentou expurga-los do país através do massacre de Xangai de 1927 e depois reprimiu várias rebeliões, primeiro na região de Cantão e depois em outros territórios. Com o passar dos anos, seu governo foi ficando cada vez mais autoritário, embora perdesse apoio nas zonas rurais e ainda havia a crescente ameaça dos socialistas que, apresar das repressões, ganhavam apoiadores e atiçavam uma guerra civil contra o governo de Chiang Kai-shek.[3]

No começo da Segunda Guerra Sino-Japonesa, que mais tarde se tornou o teatro de operações da China na Segunda Guerra Mundial, o marechal Zhang Xueliang sequestrou Chiang e o obrigou a estabelecer a Segunda Frente Unida com os Comunistas. Após a derrota dos japoneses, o plano americano (a "Missão Marshall"), tentou negociar um governo de coalizão, mas falharam. Em 1946, a Guerra Civil Chinesa recomeçou a todo o vapor, com as forças do Partido Comunista, lideradas por Mao Zedong, derrotando os exércitos do KMT e proclamando a República Popular da China em 1949. O governo de Chiang e o que sobrou de suas tropas recuaram para Taiwan, onde ele impôs a lei marcial e perseguiu todos os socialistas, críticos e opositores do seu regime na ilha no que ficou conhecido como "Terror Branco". Após evacuar para Taiwan, o governo de Chiang e seus apoiadores continuaram a declarar sua intenção de, um dia, retomar a China dos comunistas. Chiang governaria Taiwan como presidente e Diretor-geral do Kuomintang até sua morte em 1975, um ano antes da morte de Mao.[4][5]

Assim como Mao, Chiang Kai-shek é considerado uma figura controversa. Seus apoiadores o creditam por ter desempenhado um grande papel durante a vitória dos Aliados da Segunda Guerra Mundial e ter unificado a nação, sendo também um símbolo nacional e uma figura importante na resistência contra os japoneses, os soviéticos e comunistas. Detratores e críticos o denunciam como um ditador, um autocrata autoritário que reprimiu e expurgou seus opositores a todo o custo, com prisões arbitrárias, torturas e assassinatos a todos que não apoiavam o Kuomintang e outros.[6]

Índice

Ver tambémEditar

Referências

  1. "Chiang Kai-shek". Random House Webster's Unabridged Dictionary.
  2. Zarrow, Peter Gue (2005). China in War and Revolution, 1895–1949. [S.l.: s.n.] pp. 230–231 
  3. «Chiang Kai-shek (1887-1975)». BBC. Consultado em 14 de abril de 2019 
  4. Crozier, Brian. 2009. The Man Who Lost China. ISBN 0-684-14686-X
  5. Fenby, Jonathan. 2003. Generalissimo Chiang Kai-Shek and the China He Lost. The Free Press, ISBN 0-7432-3144-9
  6. Taylor, Jay. 2009. The Generalissimo: Chiang Kai-shek and the Struggle for Modern China. Belknap Press of Harvard University Press, Cambridge, Massachusetts ISBN 978-0-674-03338-2

BibliografiaEditar

  • Roberts, John A. G., History of China (título original), Palgrave MacMillan, 1999 (primeira edição), 2006 (segunda edição), ISBN 978-989-8285-39-3

Ligações externasEditar


Precedido por
Wallis, Duquesa de Windsor
Pessoa do Ano
1937
com Soong May-ling
Sucedido por
Adolf Hitler
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.