Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde fevereiro de 2011). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

"Cielo e terra" ("Céu e Terra") foi a canção que representou a Suíça no Festival Eurovisão da Canção 1960 que teve lugar em Londres em 25 de março desse ano.

Suíça "Cielo e terra"
Festival Eurovisão da Canção 1960
País
Artista(s)
Língua
Italiano
Compositor(es)
Mario Robbiani
Letrista(s)
Mario Robbiani
Performance das finais
Resultado da final
8.º
Pontos da final
5
◄ "Irgendwoher" (1959)   
"Nous aurons demain" (1961) ►

A referida canção foi interpretada em italiano por Anita Traversi. Foi a nona canção a ser interpretada na noite do festival, a seguir à canção monegasca "Ce soir-là", interpretada por François Deguelt e antes da canção dos Países Baixos "Wat een geluk", cantada por Rudi Carrell. Terminou em oitavo lugar, tendo recebido um total de 5 pontos. No ano seguinte, em 1961, a Suíça foi representada por Franca Di Rienzo que interpretou a canção "Nous aurons demain". Traversi regressaria novamente ao Festival Eurovisão da Canção em 1964 "I miei pensieri, que infelizmente terminou em último lugar, não tendo recebido qualquer ponto.

AutoresEditar

AUTORES
Letrista: Mario Robbiani
Compositor: Mario Robbiani
Orquestrador: Cédric Dumont

LetraEditar

A canção é uma balada de amor, com Traversi a referir que o que importa é estar com o seu amante, não querendo saber dos limites do céu, do sonho e da vida.

Ligações externasEditar

  A Wikipédia possui o
Portal da Música


  Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.