Concordância de Xabregas

Entrada na Concordância de Xabregas a partir da Linha de Cintura, junto ao Apeadeiro de Chelas.

A Concordância de Xabregas é um segmento do sistema ferroviário português, situado em Lisboa. Fecha o triângulo da bifurcação de onde termina a Linha de Cintura (PK 11,5), ao PK 4 da Linha do Norte, ligando o PK 2 desta com o PK 6,7 daquela (junto ao apeadeiro de Chelas) numa extensão de 1,7 km. Totalmente em via única (electrificada), apesar de ligar duas linhas em via quádrupla.

Concordância de Xabregas
Continuation backward
L.ª NorteS. Apolónia
Unknown route-map component "SKRZ-G2o"
Viaduto de Xabregas × Lg. Mq. Nisa
Continuation backward Unknown route-map component "LKRW+l" Unknown route-map component "KRWgr"
L.ª NorteCampanhã
Station on track Unknown route-map component "LSTR" Unknown route-map component "hSTRae"
(Braço de Prata)viaduto
Unknown route-map component "LSTRl"
Unknown route-map component "LSTR+r" + Unknown route-map component "LSTRr"
Enter and exit tunnel
Túnel da Madre de Deus
Unknown route-map component "LSTR" Unknown route-map component "SKRZ-G2o"
× Cç. de Chelas
Unknown route-map component "LSTR" Unknown route-map component "SKRZ-G1o"
× Cç. do Carrascal
Unknown route-map component "LSTR" Unknown route-map component "CSTR-L"
Unknown route-map component "LSTR" Unknown route-map component "SKRZ-GDo"
Unknown route-map component "SHI1l" Unknown route-map component "SHI1r"
L.ª CinturaBraço de Prata
Unknown route-map component "dRP2q"
Unknown route-map component "RP2q" + Unknown route-map component "vBHF-eBHF" + Unknown route-map component "vBUE"
Unknown route-map component "dRP2q"
Chelas× Cç. da Picheleira
Unknown route-map component "CONTgq" Unknown route-map component "SPLer"
L.ª CinturaAlcântara-Terra
A Concordância de Xabregas fecha o triângulo entre a Linha de Cintura e a Linha do Norte, ligando Chelas a Santa Apolónia.

HistóriaEditar

A construção da Linha de Cintura estava concedida à Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses desde 1886; um segundo alvará, publicado em 23 de julho do ano seguinte, previa i.a. duas concordâncias para garantir o acesso direto B.Prata-Benfica (vd. Concordância de Sete Rios) e S.Apolónia-Campolide; esta foi a Concordância de Xabregas, inaugurada a 5 de setembro de 1891, mais de três anos após a entrada em funcionamento do segmento adjacente da Linha de Cintura.[1]

Percurso e usoEditar

Inicia-se por bifurcação da Linha de Cintura a oeste do apeadeiro de Chelas e desce pelas Olaias, passando por um túnel sob o Bairro Madre de Deus, até entroncar com a Linha do Norte junto ao Museu do Azulejo, dando acesso a Santa Apolónia.

É usada por comboios de mercadorias com destino à Linha da Matinha (Porto de Lisboa) oriundos da vários locais da Linha do Oeste (Martingança, Ramalhal, etc.); e também é usado por um serviço de passageiros que diariamente liga Santa Apolónia a Caldas da Rainha, pela Linha do Oeste. Esta linha não é usada comercialmente pelos comboios suburbanos de Lisboa — nem CP, nem Fertagus.

Referências

  1. TORRES, Carlos Manitto (16 de Janeiro de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário». Lisboa. Gazeta dos Caminhos de Ferro. 70 (1682): 61, 62 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Concordância de Xabregas
  Este artigo sobre transporte ferroviário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.