Congresso Ação da Nigéria

Extinto partido político nigeriano

O Congresso Ação da Nigéria (em inglês: Action Congress of Nigeria), também conhecido pelo acrônimo ACN, foi um partido político nigeriano formado através da fusão dos partidos Aliança pela Democracia, o Partido da Justiça, o Congresso dos Democratas Avançados e outros partidos políticos minoritários em setembro de 2006, sediado na cidade de Lagos, antiga capital da Nigéria.

Congresso Ação da Nigéria
Action Congress of Nigeria
Presidente Okey Nwosu
Secretário-geral Lawan Shettima Ali
Fundação setembro de 2006
Dissolução fevereiro de 2013 (6 anos)
Sede Lagos
Ideologia Conservadorismo liberal
Pan-africanismo
Espectro político Centro-direita
Antecessor Aliança pela Democracia
Partido da Justiça
Congresso dos Democratas Avançados
Sucessor Congresso de Todos os Progressistas
País Nigéria
Cores      Verde
     Branco
     Azul
     Preto

Em fevereiro de 2013, o partido decidiu por fundir-se com o Congresso para a Mudança Progressista, o Partido de Todos os Povos da Nigéria e uma ala da Grande Aliança de Todos os Progressistas para formar o Congresso de Todos os Progressistas, atualmente um dos dois partidos políticos majoritários da política nigeriana no período da Quarta República.[1]

Histórico editar

Em seus primórdios, o ACN foi considerado um sucessor natural de políticas progressistas originalmente defendidas pelo Grupo Ação e pelo Partido da Unidade da Nigéria (UPN), ambos liderados pelo Chefe Obafemi Awolowo durante a Primeira e Segunda Repúblicas, respectivamente. Entretanto, com o passar dos anos, críticas internas sobre um método de ação política menos ideológica e mais pragmática por parte de seus filiados eleitos acabaram por desfazer essa percepção inicial.

O ACN contou com forte presença política nas regiões sudoeste (5 governadores, 15 senadores e controle sobre 6 assembleias estaduais), centro-oeste (1 governador) e centro-norte (3 senadores) da Nigéria. Os estados de Lagos, Edo, Equiti[2], Kogi, Ondô, Bauchi, Plateau, Níger, Adamawa, Oió e Oxum representavam de longe as principais bases eleitorais do ACN a nível nacional.

Resultados eleitorais editar

Eleições presidenciais editar

Eleição Candidato Votos válidos % Posição Situação
2007 Atiku Abubakar 2 637 848 7,45% 3.º   Não eleito
2011 Nuhu Ribadu 2 079 151 5,44%

Eleições legislativas editar

Eleição Senado da Nigéria Câmara dos Representantes
Votos válidos % Assentos +/- Votos válidos % Assentos +/-
2007 Dados não encontrados
6 / 109
Novo Dados não encontrados
32 / 360
Novo
2011 5 141 856 17,98%
18 / 109
  12 5 141 856 17,98%
69 / 360
  37

Referências

  1. «Nigeria's Four Biggest Opposition Parties Agree to Merge». Bloomberg.com (em inglês). 7 de fevereiro de 2013. Consultado em 14 de junho de 2022 
  2. «The Punch:: Ekiti: Oni out, Fayemi in». web.archive.org. 19 de outubro de 2010. Consultado em 14 de junho de 2022 
  Este artigo sobre a Nigéria é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.