Abrir menu principal

Campeonato Brasileiro de Futebol de 1982

XXVI Campeonato Brasileiro de Futebol
Taça de Ouro de 1982
Dados
Participantes 44
Organização CBF
Local de disputa Brasil
Período 16 de janeiro – 25 de abril
Gol(o)s 789
Partidas 287
Média 2,75 gol(o)s por partida
Campeão Flamengo (2º título)
Vice-campeão Grêmio
Melhor marcador Zico (Flamengo) – 21 gols
Público 5 684 896
Média 19 808 pessoas por partida
Outras divisões
Taça de Prata Campo Grande
◄◄ 1981 Soccerball.svg 1983 ►►

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1982, originalmente denominado Taça de Ouro pela CBF, foi a vigésima sexta edição do Campeonato Brasileiro e foi vencido pelo Flamengo.

Foi mantido o mesmo sistema do ano anterior, com acesso da Taça de Prata para a Taça de Ouro no mesmo ano. Desta vez, os classificados foram Corinthians, America do Rio, São Paulo do Rio Grande do Sul e Atlético Paranaense.

A final foi decidida somente no terceiro jogo, com o Flamengo conquistando o seu segundo título brasileiro sobre o Grêmio, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre. O Guarani nesse ano conquistou o recorde de média de gols no Campeonato Brasileiro, com 2,65 gols por partida.

O campeão da Taça de Prata nesse ano foi o Campo Grande, do Rio de Janeiro.[1]

A maior goleada do campeonato foi no jogo Guarani 8–0 River, em 4 de fevereiro.

Fórmula de disputaEditar

Primeira fase: Os quarenta clubes foram organizados em oito grupos com cinco clubes cada, jogando em turno e returno dentro dos grupos. Classificaram-se os três primeiros colocados de cada grupo, com os quartos colocados indo para a repescagem.

Repescagem: Os clubes que ficaram na quarta colocação de cada grupo da primeira fase foram dispostos em quatro pares, enfrentando-se em jogo único. Os quatro vencedores classificaram-se para a segunda fase.

Segunda fase: Os 24 clubes classificados na primeira fase, os quatro classificados na repescagem e os quatro primeiros colocados da primeira fase da Taça de Prata foram divididos em oito grupos com quatro clubes cada. Jogando entre si dentro dos grupos, em turno e returno, classificaram-se os dois primeiros colocados de cada grupo.

Fase final (com oitavas de final, quartas de final, semifinais e finais): Sistema eliminatório, com jogos de ida e volta. No caso de empate na soma dos resultados, o time com melhor campanha na primeira fase avançaria para a fase seguinte. Exceção: na última etapa (finais), empate na soma dos dois primeiros jogos levaria a um terceiro confronto; se este terminasse empatado, seria campeão o clube com melhor campanha durante todo o campeonato.

Fase finalEditar

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 28/3 a 1/4  3/4 a 7/4  11/4 a 15/4  18/4 a 25/4
                                                 
 Bangu 3 2 5  
 São José 1 2 3  
   Bangu 0 2 2  
   Corinthians 1 1 2  
 Bahia 1 2 3
 Corinthians 1 5 6  
   Corinthians 1 1 2  
   Grêmio 2 3 5  
 Vasco da Gama 1 0 1  
 Grêmio 1 1 2  
   Grêmio 1 2 3
   Fluminense 1 1 2  
 Ceará 1 0 2
 Fluminense 2 2 4  
   Grêmio 1 0 1
   Flamengo 1 0 1
 Flamengo 2 1 3  
 Sport 0 2 2  
   Flamengo 2 1 3
   Santos 1 1 2  
 Londrina 0 0 0
 Santos 0 1 1  
   Flamengo 2 3 5
   Guarani 1 2 3  
 Anapolina 3 0 3  
 São Paulo 1 4 5  
   São Paulo 0 0 0
   Guarani 1 2 3  
 Operário-MS 1 0 1
 Guarani 1 1 2  

Jogo extra: Flamengo 1 × 0 Grêmio

  • Classificado pela campanha na primeira fase.

A decisãoEditar

18 de abril de 1982 Flamengo   1 – 1   Grêmio Maracanã, Rio de Janeiro
Público: 138.107
Árbitro:   José Roberto Wright

Zico   89'   83' Tonho
 
     
 
 
Flamengo
     
 
 
Grêmio
G 1   Raul
LD 2   Leandro
Z 3   Marinho
Z 4   Figueiredo
LE 5   Júnior
V 6   Andrade
M 8   Adílio
M 10   Zico  
A 7   Tita
A 9   Nunes
A 11   Lico  
Substituições:
A 15   Chiquinho Carioca  
Treinador:
  Paulo César Carpegiani
G 1   Leão  
LD 2   Paulo Roberto
Z 3   Vantuir  
Z 4   De León
LE 6   Paulo César
V 5   Batista
V 8   Paulo Isidoro
M 10   Bonamigo  
A 7   Tarciso
A 9   Baltazar
A 11   Tonho Gil
Substituições:
Z 13   Newmar  
V 14   China  
Treinador:
  Ênio Andrade

21 de abril de 1982 Grêmio   0 – 0   Flamengo Olímpico, Porto Alegre
Público: 74.238
Árbitro:   José Roberto Wright

 
     
 
 
Grêmio
     
 
 
Flamengo
G 1   Leão  
LD 2   Paulo Roberto
Z 3   Newmar
Z 4   De León
LE 6   Paulo César
V 5   Batista
V 8   Paulo Isidoro
M 10   Vílson Taddei  
A 7   Tarciso
A 9   Baltazar  
A 11   Tonho Gil
Substituições:
A 15   Paulinho  
A 16   Odair  
Treinador:
  Ênio Andrade
G 1   Raul
LD 2   Leandro
Z 3   Marinho
Z 4   Figueiredo
LE 5   Júnior
V 6   Andrade
M 8   Adílio
M 10   Zico  
A 7   Tita
A 9   Nunes
A 11   Lico
Substituições:
Treinador:
  Paulo César Carpegiani

25 de abril de 1982 Grêmio   0 – 1   Flamengo Olímpico, Porto Alegre
Público: 62.256
Árbitro:   Oscar Scolfaro

  10' Nunes
 
     
 
 
Grêmio
     
 
 
Flamengo
G 1   Leão  
LD 2   Paulo Roberto
Z 3   Newmar
Z 4   De León
LE 6   Paulo César
V 5   Batista
V 8   Paulo Isidoro
M 10   Vílson Taddei  
A 7   Renato Gaúcho
A 9   Baltazar  
A 11   Tonho Gil  
Reservas:
G 12   Remi
Z 13   Baidek
V 14   China  
A 15   Paulinho  
A 16   Odair  
Treinador:
  Ênio Andrade
G 1   Raul
LD 2   Leandro  
Z 3   Marinho
Z 4   Figueiredo
LE 5   Júnior
V 6   Andrade
M 8   Adílio
M 10   Zico  
A 7   Tita
A 9   Nunes  
A 11   Lico
Reservas:
G 12   Cantareli
LD 13   Antunes  
V 14   Vitor  
A 15   Popéia
A 16   Reinaldo II
Treinador:
  Paulo César Carpegiani

PremiaçãoEditar

Campeonato Brasileiro de Futebol de 1982
 
Clube de Regatas Flamengo
Campeão
(2° título)

Bola de Prata de 1982Editar

Os melhores jogadores do campeonato em suas posições, eleitos pela revista Placar[2]:

  Carlos (Ponte Preta)
  Leandro (Flamengo)  Juninho Fonseca (Ponte Preta)  Edinho (Fluminense)  Wladimir (Corinthians)
    Zico (Flamengo)  Batista (Grêmio)  Pita (Santos)
  Lúcio (Guarani)  Careca (Guarani)  Biro-Biro (Corinthians)

Artilheiro:   Zico (Flamengo) |  Vencedor da Bola de Ouro

Classificação finalEditar

Tabela de classificação
Time PG J V E D GP GC SG
Flamengo 36 23 15 6 2 48 27 21 disputaram a final
Grêmio 29 23 11 7 5 28 16 12
Guarani 31 20 14 3 3 53 22 31 eliminados nas semifinais
Corinthians (1) 14 12 6 2 4 19 15 4
Fluminense 24 18 9 6 3 39 17 22 eliminados nas 4as de final
São Paulo 23 18 11 1 6 43 23 20
Santos 23 18 9 5 4 27 16 11
Bangu 22 18 9 4 5 29 17 12
Sport 23 16 10 3 3 28 12 16 eliminados nas 8as de final
10° Vasco 22 16 10 2 4 42 14 28
11° Anapolina 22 16 10 2 4 27 22 5
12° São José-SP 20 16 7 6 3 17 11 6
13° Operário-MS 18 16 7 4 5 17 19 -2
14° Bahia 17 16 5 7 4 21 19 2
15° Londrina (2) 16 16 5 6 5 19 17 2
16° Ceará 16 16 7 2 7 24 30 -6
17° Ponte Preta 18 14 6 6 2 15 9 6 eliminados na 2a fase
18° Botafogo 15 14 6 3 5 21 17 4
19° Atlético-MG 14 14 5 4 5 20 15 5
20° XV de Jaú 14 14 4 6 4 17 20 -3
21° Internacional-SM 13 14 4 5 5 16 24 -8
22° Internacional 12 14 4 4 6 22 16 6
23° Internacional-SP 12 14 3 6 5 20 18 2
24° Cruzeiro (2) 11 14 5 1 8 14 23 -9
25° Grêmio Maringá 11 14 3 5 6 16 24 -8
26° Náutico (2) 11 14 2 7 5 16 20 -4
27° Treze 9 14 3 3 8 11 29 -18
28° Moto Clube 9 14 3 3 8 7 25 -18
29° Paysandu (2) 9 14 1 7 6 10 23 -13
30° America-RJ (1) 5 6 2 1 3 7 7 0
31° São Paulo-RS (1) 4 6 1 2 3 4 12 -8
32° Atlético-PR (1) 2 6 0 2 4 2 9 -7
33° Goiás (2) 7 8 2 3 3 9 13 -4 eliminados na repescagem da 1a fase
34° Desportiva (2) 6 8 3 0 5 10 17 -7
35° CSA (2) 6 8 1 4 3 9 13 -4
36° América-RN (2) 4 8 2 0 6 8 16 -8
37° Vitória 6 8 3 0 5 7 12 -5 eliminados na 1a fase
38° Joinville 5 8 2 1 5 11 16 -5
39° Mixto 4 8 2 0 6 10 17 -7
40° Nacional 4 8 0 4 4 5 13 -8
41° Itabaiana 3 8 1 1 6 2 18 -16
42° Taguatinga 2 8 1 0 7 7 21 -14
43º Ferroviário 2 8 1 0 7 6 19 -13
44º Ríver 0 8 0 0 8 6 26 -20

(1) Corinthians, America-RJ, São Paulo-RS e Atlético-PR entraram na disputa diretamente na segunda fase, classificados via Taça de Prata.

(2) De acordo com o regulamento, os resultados dos jogos da repescagem não fazem parte da tabela de classificação.


ArtilheirosEditar

  1. Zico (Flamengo), 21 gols
  2. Serginho Chulapa (São Paulo), 20 gols

NotasEditar


Referências

Ver tambémEditar