Abrir menu principal
Daniel Sturla Berhouet S.D.B
Cardeal da Santa Igreja Romana
Arcebispo de Montevidéu
Hierarquia
Papa Francisco
Congregação Pe. Ángel Fernández Artime, S.D.B.
Atividade Eclesiástica
Congregação Salesianos
Diocese Arquidiocese de Montevidéu
Nomeação 11 de fevereiro de 2014
Entrada solene 9 de março de 2014
Predecessor Dom Nicolás Cotugno Fanizzi, S.D.B.
Mandato 2014 -
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 21 de novembro de 1987
Nomeação episcopal 10 de dezembro de 2011
Ordenação episcopal 4 de março de 2012
Catedral de Montevidéu
por Dom Nicolás Cotugno Fanizzi, S.D.B.
Nomeado arcebispo 11 de fevereiro de 2014
Cardinalato
Criação 14 de fevereiro de 2015
por Papa Francisco
Ordem Cardeal-presbítero
Título Santa Gala
Brasão
Coat of arms of Daniel Fernando Sturla Berhouet.svg
Lema SERVIR AL SEÑOR CON ALEGRÍA
Dados pessoais
Nascimento Montevidéu
4 de julho de 1959 (60 anos)
Nacionalidade uruguaio
Funções exercidas - Bispo-auxiliar de Montevidéu (2011-2014)
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Daniel Fernando Sturla Berhouet S.D.B. (4 de julho de 1959[1]) é um cardeal católico uruguaio. É o atual arcebispo de Montevidéu desde fevereiro de 2014.

BiografiaEditar

Entrou para a Pia Sociedade de São Francisco de Sales na província do Uruguai. Foi para o noviciado em 1979 e a primeira profissão em 31 de janeiro de 1980. Após a obtenção do bacharelado em direito civil no Instituto João XXIII, ele completou os estudos de filosofia e ciências da educação no Instituto Salesiano "Miguel Rúa", em Montevidéu. Estudou teologia no Instituto Teológico del Uruguay Mariano Soler, obtendo a licenciatura em teologia em 2006.[1]

Foi ordenado padre em 21 de novembro de 1987. Nomeado Vigário do Noviciado Salesiano e pós-noviciado. Foi diretor da noviciado salesiano e mestre de noviços, diretor do Instituto Pré-Universitário Juan XXIII e professor de História da Igreja. Em 28 de outubro de 2008, ele foi nomeado Inspetor Salesiano, no Uruguai. Em 27 de maio de 2009, ele foi eleito presidente da Conferência dos Religiosos do Uruguai (CONFRU).[1]

Eleito bispo-titular de Phelbes e nomeado bispo-auxiliar de Montevidéu, em 10 de dezembro de 2011, foi consagrado em 4 de março de 2012, na Catedral de Montevidéu, por Nicolás Cotugno Fanizzi, SDB, arcebispo de Montevidéu, assistido por Arturo Eduardo Fajardo Bustamante, bispo de San José de Mayo e por Milton Luis Tróccoli Cebedio, bispo-titular de Munaziana, bispo-auxiliar de Montevidéu. Na Conferência Episcopal do Uruguai, ele é o responsável do Departamento de Missões e dos leigos.[1]

Promovido para a sé metropolitana de Montevidéu, em 11 de fevereiro de 2014, tomou posse da Sé em 9 de março na Catedral Metropolitana, numa missa com a participação de vários destaques no campo da política, como o Presidente da República, José Mujica, o ex-presidente Luis Alberto Lacalle, entre outras figuras. Também participaram membros reconhecidos das forças armadas e adoradores de outras religiões, como a Igreja Evangélica e da Comunidade Judaica.[2] Recebeu o pálio do Papa Francisco em 29 de junho de 2014, na Basílica de São Pedro.[1]

Em 4 de janeiro de 2015, o Papa Francisco anunciou a sua criação como cardeal, no Consistório Ordinário Público de 2015.[1][3] Foi criado cardeal-presbítero de Santa Gala, recebendo o barrete e o anel cardinalício em 14 de fevereiro.

ObrasEditar

  • 1916-1917: Separación de la Iglesia y el Estado en el Uruguay, Instituto Teológico del Uruguay Mariano Soler, Libro Anual, 1993
  • ¿Santa o de Turismo? Calendario y secularización en el Uruguay, Instituto Superior Salesiano, colección Proyecto Educativo, 2010

Referências

  1. a b c d e f The Cardinals of the Holy Roman Church
  2. «Cientos de feligreses participaron en la asunción de arzobispo Sturla». EL PAIS. 10 de março de 2014 
  3. «Consistório 2015: Papa reforça papel das «periferias» no Colégio Cardinalício». Agência Ecclesia. 4 de janeiro de 2015 

Ligações externasEditar