Deloitte

A Deloitte Touche Tohmatsu Limited (pronúncia: /dəˈlɔɪt ˈtuːʃ toʊˈmɑːtsuː/), também conhecida apenas como Deloitte, é a maior empresa de serviços do mundo. Com sede global em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Fundada em 1845, em Londres, possui hoje 700 escritórios em mais de 150 países, e conta com cerca de 335 mil profissionais.

Deloitte Touche Tohmatsu
Deloitte's
Sociedade Limitada
Atividade Serviços Profissionais
Fundação 1845 (176 anos), Londres, Reino Unido
Sede Nova Iorque, Estados Unidos
Área(s) servida(s) Mundo
Pessoas-chave Janet Foutty (Chairman)

Punit Renjen (CEO)

Empregados 1 (2018)
Serviços Auditoria
Consultoria Tributária
Consultoria em Gestão de Riscos Empresariais
Corporate Finance
Consultoria Empresarial
Website oficial www.deloitte.com.br

Com faturamento de mais de US$ 47,6 bilhões, a Deloitte - junto com a PricewaterhouseCoopers, KPMG e Ernst & Young - forma o Big Four, conjunto das maiores empresas de serviços profissionais do mundo. Entre elas, a Deloitte é a maior em número de funcionários e em receita.[2]

“Deloitte” refere-se à sociedade limitada estabelecida no Reino Unido “Deloitte Touche Tohmatsu Limited” e sua rede de firmas-membro, cada qual constituindo uma pessoa jurídica independente.

No Brasil, a Deloitte está presente em 13 cidades: Brasília, Belo Horizonte, Campinas, Curitiba, Fortaleza, Joinville, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Uberlândia.

HistóriaEditar

Os primórdios da organização se deram ainda no final da primeira metade do século XIX, em Londres, que era então a maior cidade do mundo. A formação da Deloitte no mundo serve para evidenciar que sua jornada está ligada diretamente à história da própria profissão de auditor independente, nos moldes como hoje conhecemos. Em especial, à carreira do inglês William Welch Deloitte.[1]

O crescimento da Deloitte deu-se, entre outros aspectos, por conta de uma série de associações realizadas com o passar dos anos. No início dos anos 1950, a Deloitte e a empresa de origem norte-americana Haskins & Sells uniriam suas operações, criando uma organização de porte e cobertura global.

No final da década de 80, duas outras associações de expressão ocorreram, com a organização do escocês George A. Touche, e com a do japonês Admiral Nobuzo Tohmatsu. Tal como William W. Deloitte, cada um havia construído sua organização e partido para a expansão. 

Tríade dos fundadoresEditar

William Welch DeloitteEditar

Nascido na Inglaterra, Deloitte começou sua carreira muito cedo. Aos 15 anos foi trabalhar como assistente do Síndico da Corte de Falências de Londres onde adquiriu todas as bases necessárias para a profissão de auditor, atividade que começara a tomar impulso devido ao lucrativo negócio de administração de massas falidas.

A atividade contábil começava a tomar impulso devido ao lucrativo negócio de administração de massas falidas e, depois, do avanço do mercado de capitais. Em 1845, aos 25 anos, ele abriu seu próprio escritório próximo ao miolo financeiro londrino. Na época, havia nada menos do que 200 escritórios de contabilidade na capital inglesa, já que, nessa época, estavam sendo aprovadas importantes leis que formaram o alicerce para as modernas sociedades por ações.

Persistente, William Deloitte foi consolidando seu nome, sobretudo à medida que um setor em particular se expandia – o de transporte ferroviário. Havia o calor da industrialização, há de se lembrar. Em 1849, ele se tornou o primeiro auditor independente contratado por uma empresa. Atuando na Great North Railway, descobriu irregularidades e criou um sistema de contas específico para companhias ferroviárias, que visava proteger os investidores da má administração dos recursos. Tornou-se um especialista no assunto.

A sua conexão com a Great Western Railway fez com que fosse visto como o primeiro auditor independente do mundo. O prestígio de seu trabalho lhe rendeu uma safra de outros clientes na indústria ferroviária, como a Lancashire, a Yorkshire e a South Wales – todas de capital britânico e com negócios espalhados pelo mundo, incluindo o Brasil.

Em 1888, foi fundador do Institute of Chartered Accountants. Em 1893, abriu escritórios nos Estados Unidos, e a Deloitte`s, como era conhecida, começou a auditar empresas fabricantes de velas e sabonetes, setor que se encontrava em expansão. Passados mais de cem anos, a Procter & Gamble, empresa líder nesse segmento, ainda integra a carteira de clientes da Deloitte.

George ToucheEditar

George Touche recebeu sua habilitação de auditor em Edimburgo, Escócia, em 1883, e como tantos outros, partiu para a Inglaterra em busca de sucesso. Nessa época, para evitar um erro de pronúncia bastante comum, acrescentou a letra “e” no seu sobrenome, tornando-se então George Touche.

Desastres financeiros no setor de administração de recursos de terceiros, ainda incipiente, mas em franca expansão, foram a oportunidade de expansão de seus negócios. O talento, a integridade e a perícia de Touche lhe renderam um enorme volume de trabalhos que consistiam em regularizar a administração desses recursos para que a lei fosse cumprida. Seu sucesso em salvar e reestruturar empresas fadadas ao fracasso abriu caminho para a formação da George A. Touche & Co., em 1899. Em 1900, com John Niven, filho de seu primeiro professor de contabilidade, abriu a organição Touche, Niven & Co., em Nova Iorque

Mais tarde, com escritórios em várias cidades dos Estados Unidos e do Canadá, já atendia a clientes de peso, entre os quais R.H. Macy. No Reino Unido, a General Electric era, e continua sendo, um de seus clientes mais importante.

Admiral Nobuzo TohmatsuEditar

A prática japonesa tem origem no auditor Admiral Nobuzo Tohmatsu, que trabalhou como adido naval na embaixada de Londres. Também foi instrutor na Academia de Pagadoria da Marinha. Entre seus alunos havia inúmeros talentos, que mais tarde, participariam ativamente do governo e do mundo econômico pós-guerra.

Em 1952, aos 57 anos, Tohmatsu recebeu o título de CPA (Certified Public Accountant) e tornou-se sócio da afiliada estrangeira de uma organização de auditoria e diretor de uma empresa privada. Em 1967, assumiu a presidência do Instituto Japonês de CPAs. O governo do Japão queria que organizações de auditorias se estabelecessem no país, e Tohmatsu pediu a Iwao Tomita, um ex-aluno, que aceitasse esse desafio. Tomita também havia obtido um MBA (Master Business Administration) pela Wharton School, nos Estados Unidos. Em maio de 1968, formou-se a Tohmatsu & Co (anteriormente 'Tohmatsu Awoki & Co.).

Um dos fatores determinantes para seu crescimento foi a decisão de enviar um número considerável de sócios e integrantes do staff para fora do país, a fim de adquirirem experiência. Isso demonstra que o enfoque da empresa já era global. Os duradouros relacionamentos que vêm mantendo com seus clientes internacionais até hoje comprovam essa tendência inicial.[2]

Firmas-membroEditar

"Deloitte" é a marca sob a qual dezenas de milhares de profissionais dedicados de firmas independentes em todo o mundo trabalham em colaboração a fim de entregar serviços de Auditoria, Consultoria, Assessoria Financeira, Gestão de Riscos, Consultoria Tributária e serviços relacionados, a uma seleta carteira de clientes. Essas firmas são membros da Deloitte Touche Tohmatsu Limited, uma sociedade privada, de responsabilidade limitada, estabelecida no Reino Unido (“DTTL”).

Cada firma-membro da DTTL presta serviços em uma determinada área geográfica e está sujeita às leis e regulamentações profissionais do país ou dos países no(s) qual(is) ela opera. Cada firma-membro da DTTL é estruturada de acordo com leis, regulamentações e práticas comerciais locais, entre outros fatores, e deve assegurar a prestação de serviços profissionais em seu território de atuação por meio de controladas, coligadas e outras entidades afins. Nem toda firma-membro da DTTL presta todos os tipos de serviços e alguns deles podem não estar disponíveis a clientes de auditoria sujeitos às regras e regulamentações relacionadas aos serviços de auditoria independente.

A DTTL e cada uma das firmas-membro da DTTL constituem entidades legalmente separadas e independentes, uma não podendo obrigar ou vincular a outra. A DTTL e cada uma das firmas-membro da DTTL são responsáveis pelos seus próprios atos e omissões e não podem ser responsabilizadas por atos e omissões umas das outras. A DTTL (também chamada “Deloitte Global”) não presta serviços a clientes.

Propósito globalEditar

A Deloitte possui globalmente o propósito de gerar impactos positivos a partir dos projetos e ações de cada um de seus profissionais. Sob o lema "Making an impact that matters", a organização conduz sua atuação em três dimensões: clientes, próprios profissionais e sociedade.[3]

BrasilEditar

A Deloitte começou a atuar no Brasil em 1911, quando se instalou no Rio de Janeiro para auditar companhias ferroviárias britânicas que aqui se estabeleceram. Em 2011, completou um século de atuação no país e em 2020 possui mais de 5 mil profissionais em território nacional. [4]

A Deloitte busca gerar impactos positivos para uma sociedade alinhada às transformações do mundo contemporâneo, mais sustentável e inclusivo. A política de patrocínio da Deloitte engloba ações que estejam voltadas à responsabilidade social e corporativa, bem como iniciativas de caráter cultural e esportivo.[5]

Em 2018, a Deloitte lançou sua primeira campanha de reposicionamento global em duas décadas, iniciativa que atingiu pelo menos 30 dos 150 países em que está presente, inclusive o Brasil. A campanha reforça a capacidade da Deloitte de transformar negócios a partir de uma visão holística, que engloba diversas esferas: tecnologia, compliance, gestão de capital humano e estratégia.[6]

Durante a pandemia de Covid-19, a Deloitte doou R$ 12,5 milhões em serviços de consultoria para os governos estaduais de Pernambuco e de São Paulo, e também para a prefeitura da cidade de São Paulo, nas áreas de preservação de negócios, de promoção da saúde e de combate à fome. A Deloitte comprou, ainda, dez mil máscaras e 3.500 aventais médicos para quatro hospitais do Rio de Janeiro visando colaborar com o combate ao COVID-19 antes, durante e após a pandemia.[7]

Em 2020, a Deloitte estabeleceu uma aliança com a Singularity University Brazil, country partner da instituição de ensino do Vale do Silício e que se tornou sinônimo de inovação e de liderança na discussão de soluções para os grandes desafios dos nossos tempos.[8] O objetivo é impactar talentos de todas as gerações que assumem posição de liderança nas organizações, assim como os formadores de opinião na sociedade, para criar soluções que enderecem os grandes desafios globais, por meio da inovação e do entendimento das chamadas tecnologias exponenciais.

Entre dezembro de 2020 e agosto de 2021, a Deloitte ganhou cerca de 70 novos sócios no Brasil e consolidou alianças com 10 dos principais provedores de tecnologia.[9] Também anunciou investimentos de R$ 400 milhões para consolidar no Brasil a aspiração de liderança inquestionável do mercado. Nesse mesmo contexto, decidiu lançar uma campanha de comunicação para celebrar 110 anos no País, posicionar novas frentes de serviços e atrair talentos, com dois objetivos diante de públicos distintos: disseminar aos clientes e targets seu portfólio de serviços, hoje crescentemente conectado com tecnologia; e posicionar sua marca diante dos jovens talentos do mercado em diversas carreiras, sobretudo em áreas tecnológicas. A campanha enfatiza a proposição de realizar, de ponta a ponta, a transformação digital e de negócios dos clientes, com o reforço de uma série de soluções com tecnologia embutida.[10]

Impacto socialEditar

A Deloitte conta, no Brasil e no mundo, com três grandes programas de impacto social:

WorldClass: iniciativa global da Deloitte que tem como objetivo capacitar 100 milhões de pessoas ao redor do mundo até 2030 para que estejam preparadas para assumir novas funções em um ambiente de mudanças tecnológicas profundas, advindas sobretudo de fenômenos como a transformação digital e a Indústria 4.0.

WorldClimate: as iniciativas que já eram conduzidas pela Deloitte no Brasil no campo da gestão de impactos ambientais são integradas agora ao programa global WorldClimate, cujo objetivo é promover uma verdadeira mudança cultural em nossos profissionais e nas comunidades em que atuamos. O objetivo é mitigar nossos impactos ambientais e tornar nossos negócios mais sustentáveis.


All IN: a estratégia ALL IN tem o desafio de acelerar a representatividade de gênero e fortalecer a cultura de inclusão e diversidade. É uma declaração acerca das prioridades e intenções da Deloitte, e reforça o papel que todos devem exercer para tornar real a aspiração de ser uma organização que reflete a diversidade e inclusão em todos os níveis, alinhada ao nosso propósito de causar um impacto relevante e positivo para os clientes, pessoas e sociedade.

EscritóriosEditar

No Brasil, a Deloitte é uma das líderes de mercado em todas as suas áreas de atuação. Conta com cerca de 6 mil profissionais que operam em 13 escritórios.

ServiçosEditar

A Deloitte oferece serviços em diversas áreas. As principais frentes de atuação são:

Auditoria – atestado das conquistas e dos desafios das organizações, ajuda a estabelecer bases sólidas para aspirações futuras.[11]

Consultoria Empresarial –  serviço que auxilia a imaginar, entregar e administrar os negócios usando as mais recentes tecnologias, do desenvolvimento da estratégia até a implementação.[12]

Financial Advisory – apoio às organizações nas mais diversas operações corporativas e em desafios de negócios: de transações de fusão e aquisição a processos de reorganização; de avaliação econômico-financeira à gestão de ativos.[13]

Risk Advisory - auxilia as organizações na identificação e administração dos riscos mais impactantes no sucesso das empresas, para conferir vantagem competitiva, consolidar a posição no mercado e garantir um desempenho de longo prazo.[14]

Consultoria Tributária – apoio às empresas e executivos no cumprimento de obrigações fiscais, trabalhistas e previdenciárias, além de outros fatores importantes relacionados à atuação de profissionais estrangeiros no Brasil.[15]

PrêmiosEditar

Institucional
  • Deloitte Brasil é reconhecida com selo Great Place to Work pelo segundo ano consecutivo (2020 e 2021). O Great Place to Work (GPTW) é um instituto global presente em mais de 45 países que analisa a visão dos profissionais em relação às empresas em que trabalham.
  • Certificado Top Employers por dez anos consecutivos (de 2012 a 2021) atestando o emprego das melhores práticas em benefícios primários e secundários, condições de trabalho, carreira, cultura, treinamento e desenvolvimento (CRF Institute)
  • Deloitte conquista a posição de marca mais valiosa de serviços comerciais do mundo pelo terceiro ano consecutivo (Brand Finance, 2021)
  • Deloitte Brasil conquista o Great Place to Work Mulher 2020, reconhecendo a Deloitte como uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil, e uma das 35 grandes organizações que atuam no País com as melhores práticas e programas para as mulheres.
  • Deloitte recebe Selo Municipal de Direitos Humanos e Diversidade. Programa Delas foi reconhecido como boa prática de promoção dos direitos humanos e inclusão (Prefeitura de São Paulo, 2020)
  • Deloitte classificada entre os cinco primeiros na lista 2020 de "Empregadores mais atraentes do mundo" da Universum pelo 12º ano consecutivo.[16]
Consultoria Empresarial
  • Líder global em Consultoria de Comunicação e Gerenciamento de Mudanças (ALM, 2019)
  • Líder em Consultoria, #1° lugar em receita na América Latina (ALM, 2019)
  • Líder mundial em serviços de Consultoria Empresarial, #1° lugar em receita pelo 4ª ano consecutivo e o 10º no total (Gartner, 2020)
  • Líder mundial em serviços de Consultoria Empresarial (IDC MarketScape, 2020 - Mundial, Américas, EMEA e Ásia-Pacífico)
  • Líder no primeiro Adobe Implementation Services Wave (Forrester, 2020)[17]
Consultoria em Capital Humano
  • Líder incontestável pela quarta vez consecutiva em Consultoria de Operações de RH (ALM, 2019)
  • Líder mundial em Workday Human Capital Management Services (HFS Research, 2018, 2019, 2020, 2021)
Consultoria em Estratégia, Analytics e M&A
  • Deloitte é nomeada líder global em Consultoria de Estratégia em Inovação (ALM, 2019)
Consultoria em Enterprise Technology & Performance
  • Deloitte nomeada líder no Worldwide AI Services 2021 (IDC, 2021)
  • Deloitte nomeada líder no Quadrante Mágico Oracle para Application Services 2021 (Gartner, 2021)
  • Deloitte nomeada líder mundial em Intelligent Automation Services (IDC,2019)
  • Líder Global em Consultoria de implementação de gerenciamento de serviços de TI (IDC, 2019)
  • Deloitte nomeada líder global de Consultoria em implementação SAP/4HANA por sete anos consecutivos (Gartner, 2021)
  • Deloitte nomeada líder global em Serviços de Inteligência Artificial (IDC, 2019)
  • Deloitte recebe o prêmio SAP Pinnacle Award por seu compromisso com a criação de valor, crescimento exponencial e simplificação:
  • Deloitte nomeada Parceiro do Ano – Customer Experience, Large Enterprise (SAP Pinnacle Awards, 2021)
  • Deloitte nomeada Parceiro do Ano – Delivery Excellence (SAP Pinnacle Awards, 2021)
  • Deloitte nomeada Parceiro do Ano – SAP S/4HANA, Large Enterprise (SAP Pinnacle Awards, 2021)
  • Deloitte nomeada Parceiro do Ano Year – SAP SuccessFactors Solutions (SAP Pinnacle Awards, 2020 e 2021)
  • Comprometida com a melhoria contínua, a Deloitte foi avaliada no nível 3 do Capability Maturity Model Integration do CMMI Institute. Essa certificação é bastante relevante para serviços de tecnologia e estabelece um nível de maturidade em nossos processos de desenvolvimento de software (ISACA, 2021)
  • Deloitte nomeada Líder no Quadrante Mágico da Gartner para Provedores de Serviços de Dados e Análise, incluindo IA (Gartner, 2021)
  • Deloitte nomeada líder em dois IDC Worldwide MarketScapes: Oracle Cloud Implementation Services e Oracle Implementation Services (Oracle 2020)
  • Deloitte Latam nomeada Top Global Service Influencer & High-Growth Contribution (SAP Partner Excellence Awards, 2021)
  • Líder global em serviços de Aplicações Oracle com base em habilidade de execução e abrangência de visão (Gartner, 2018 e 2019)
  • Deloitte nomeada líder global em Consultoria de Segurança Cibernética (Forrester, 2019)
  • Deloitte nomeada líder global pela terceira vez consecutiva em Serviços de Implementação Salesforce (Forrester, 2019)
  • Líder Global em Certificações Oracle Cloud (Oracle, 2019)
Risk Advisory
  • Deloitte nomeada prestadora de soluções de Cyber Risk do ano no Brasil (Corporate Intl, 2019)
  • Líder global em Managed Security Services (IDC, 2020)
  • Deloitte nomeada líder em Consultoria de Cybersecurity pelo 5º ano consecutivo (Forrester, 2019)
  • Líder global em Consultoria Estratégica de Gestão de Riscos (ALM, 2018 e 2019)
  • Líder global em Consultoria de Cibersegurança (ALM, 2017 e 2018)
  • Líder global em Gestão de Riscos Empresariais com base em capacidades (ALM, 2017 e 2018)
  • Líder global em Consultoria de Segurança pelo 9º ano consecutivo (Gartner, 2019)
  • Líder global incontestável em Consultoria de Riscos (IDC, 2017)[18]
Financial Advisory
  • Deloitte Brasil líder em Transaction Services – Advisory Firms (Leaders League, 2021)
  • Deloitte nomeada líder global em Workday Financial Management Services (HFS Research 2018, 2019, 2020, 2021)
  • Deloitte Brasil líder em Restruturação e Recuperação – Organizações de Consultoria (Leaders League, 2021)
  • Deloitte Brasil líder em Transaction Services – Advisory Firms (Leaders League, 2021)
  • Deloitte Brasil excelência em Engenharia, Suporte a Litígios e Assistência Técnica (Leaders League, 2021)
  • Deloitte Brasil líder em Transaction Services - Organizações de Auditoria e Contabilidade (Leaders League, 2019 e 2018)
  • Deloitte Brasil excelência em Forensics e Investigações Complexas – Advisory Firms (Leaders League, 2021)
  • Deloitte reconhecida como #1 em Financial Advisory para atividades de M&A, com base em volume de negócios (Mergermarket, 2020 e 2018)[19]
Consultoria Tributária
  • Deloitte Brasil nomeada "Tier 1" no World Tax Guide (International Tax Review, edições 2016, 2019 e 2020)
  • Deloitte Americas nomeada Firma do Ano em Tax Compliance e Reporting (ITR, 2020)
  • Nomeada "Tier 1" em Indirect Tax no World Tax Guide (International Tax Review, 2020)
  • Nomeada a Consultoria Tributária Geral do Ano na América Latina (ACQ Magazine, 2018)
  • Deloitte Brasil nomeada a mais importante Consultoria Fiscal (Corporate Insider, 2018)
  • Deloitte Brasil reconhecida pela excelência em Consultoria Tributária (Corporate Insider, 2018)
  • Deloitte Brasil nomeada a melhor Consultoria Tributária Geral do ano, pelo Global 100 Awards (Global 100, 2018)[20]
Life Sciences & Health Care
  • Líder global em Consultoria de Saúde e Bem-Estar (ALM, 2019)
  • Deloitte Brasil finalista do Beacon Award pela solução Outstanding Infrastructure Services para o gerenciamento de saúde da população no Brasil que une pacientes, prestadores de serviços de saúde e empregadores, para otimizar as despesas médicas e solucionar as ineficiências do sistema (IBM Beacon and Business Excellence, 2020)

ControvérsiasEditar

Junto com PricewaterhouseCoopers, Ernst & Young e KPMG, a Deloitte é uma das principais envolvidas no escândalo financeiro internacional chamado Luxemburgo leaks, em que grandes empresas transnacionais evitaram o pagamento de impostos através de um artifício legal chamado elisão fiscal.[3]

Em Novembro de 2010, o trabalho de empresas de auditorias independentes foi questionado por não terem ajudado a identificar um rombo de caixa de mais de R$ 2,5 bilhões[4] no Banco Panamericano. Na ocasião, a Deloitte não negou ou confirmou possível erro ou mesmo o que a levou a não identificar tal inconsistência financeira nos balanços do banco. A Deloitte respondeu que "de acordo com o Código de Ética e Conduta Profissional e em respeito aos compromissos de confidencialidade assumidos, não emite comentários sobre situações relacionadas a clientes".

O PCAOB[5] multou a Deloitte em US$ 8 milhões, além de outras punições. A empresa de auditoria emitiu parecer com afirmações falsas e tentou encobrir as violações através da alterações de documentos, referente as demonstrações contábeis da empresa aérea brasileira GOL no exercício de 2010[6]. Esta foi a maior multa já aplicada pelo regulador americano.

Em abril de 2018, a Deloitte Brasil emitiu a certificação que formaliza o cumprimento dos requerimentos do PCAOB, órgão regulador das atividades de auditoria nos Estados Unidos, para permitir o fim da restrição para a aceitação de novos clientes emissores de ações ou dívidas no mercado americano.[7]

O fim dessa restrição refletiu os resultados alcançados na revisão de processos internos durante o período, assim como a atitude rigorosa em questões éticas e o compromisso de executar auditorias de alta qualidade.

A Deloitte encerrou, em maio de 2019, a questão regulatória iniciada em dezembro de 2016, ao receber uma Order do PCAOB (Public Company Accounting Oversight Board), que previa implementações e requerimentos em processos na prática de Auditoria.[8][21]

Referências

  1. «Deloitte no Brasil e no mundo | Deloitte Brasil | Sobre a Deloitte». Deloitte Brazil. Consultado em 5 de fevereiro de 2016 
  2. «A tríade dos fundadores | Deloitte Brasil | Sobre a Deloitte». Deloitte Brazil. Consultado em 5 de fevereiro de 2016 
  3. Michael Hudson, Sasha Chavkin e Bart Mos (5 de novembro de 2014). «Big 4 Audit Firms Play Big Role in Offshore Murk». The International Consortium of Investigative Journalists. Consultado em 9 de novembro de 2014 
  4. [1]
  5. «Public Company Accounting Oversight Board». Wikipedia (em inglês). 5 de dezembro de 2016 
  6. «Deloitte no Brasil paga US$ 8 milhões para encerrar processo nos EUA». Valor Econômico 
  7. A Deloitte está liberada da restrição iniciada em dezembro de 2016, e tem, portanto, sinal verde para novos clientes no EUA | Valor Econômico | 24 de abril de 2018
  8. Após ajustes, Deloitte diz ter superado crise | Valor Econômico | 2 de setembro de 2019

Ligações externasEditar