Economia da República Dominicana

A República Dominicana durante muito tempo foi vista principalmente como exportadora de açúcar porém nos últimos anos o setor de serviços superou a agricultura como principal empregador do país, devido ao crescimento das telecomunicações, do turismo e das zonas de livre comércio.[1] O país caracteriza-se por estar em vias de desenvolvimento, com uma receita financeira média-baixa pelos padrões do Banco Mundial[2]. A economia do país é muito dependente dos Estados Unidos, destino de mais da metade das exportações.[1]

Economia da República Dominicana
Moeda Peso dominicano
Ano fiscal ano calendário
Blocos comerciais OMC, CAFTA-DR, Caricom (observador)
Estatísticas
PIB 98,74 mil milhões (2012) (74º lugar)
Variação do PIB 4% (2012)
PIB per capita 9 600 (2012)
PIB por setor agricultura 6,1%, indústria 31,9%, comércio e serviços 61,9% (2012)
Inflação (IPC) 3,7% (2012)
População
abaixo da linha de pobreza
34,4% (2010)
Coeficiente de Gini 0,484 (2007)
Força de trabalho total 4 806 000 (2012)
Força de trabalho
por ocupação
agricultura 14,6%, indústria 22,3%, comércio e serviços 63,1% (2005)
Desemprego 14,7% (2012)
Principais indústrias turismo, processamento de açúcar, ferroníquel e mineração de ouro, têxteis, cimento, tabaco [1]
Exterior
Exportações 9 647 milhões (2012)
Produtos exportados ferroníquel, açúcar, ouro, prata, café, cacau, tabaco, carne, bens de consumo
Principais parceiros de exportação Estados Unidos 48,8%, Haiti 16,7% (2011)
Importações 18 200 milhões (2012)
Produtos importados alimentos, petróleo, algodão e têxteis, produtos químicos e farmacêuticos
Principais parceiros de importação Estados Unidos 43,6%, Venezuela 7,2%, México 5,8%, República Popular da China 5,7% (2011)
Dívida externa bruta 16,58 mil milhões (2012)
Finanças públicas
Receitas 8 388 milhões (2012)
Despesas 13 070 milhões (2012)
Fonte principal: [[1] The World Factbook]
Salvo indicação contrária, os valores estão em US$

Ainda que o setor dos serviços tenha superado a agricultura como principal criador de emprego (devido, sobretudo, ao crescimento da indústria do turismo e às Zonas Francas), a agricultura mantém-se como o setor mais importante a nível do consumo economico , estando em segundo lugar (depois da extração mineira) em termos de exportação. O turismo gera receitas de mais de US$ 1000 milhões por ano. As remessas de dominicanos que vivem nos Estados Unidos estimam-se em US$ 1500 milhões por ano.

Comércio exteriorEditar

Em 2020, o país foi o 87º maior exportador do mundo (US $ 10,6 bilhões, 0,1% do total mundial). Na soma de bens e serviços exportados, chega a US $ 20,5 bilhões, ficando em 76º lugar mundial.[3][4] Já nas importações, em 2019, foi o 78º maior importador do mundo: US $ 18,2 bilhões. [5]

Setor primárioEditar

AgriculturaEditar

 
Charutos são o principal produto de exportação de origem agropecuária do país

A República Dominicana é um dos 5 maiores produtores mundiais de mamão e abacate, e um dos 10 maiores produtores de cacau.[6]

A República Dominicana produziu, em 2018:

  • 5,8 milhões de toneladas de cana-de-açúcar;
  • 2,1 milhão de toneladas de banana (19º maior produtor do mundo);
  • 1 milhão de toneladas de mamão (4º maior produtor do mundo);
  • 1 milhão de toneladas de arroz;
  • 644 mil toneladas de abacate (2º maior produtor do mundo);
  • 407 mil toneladas de abacaxi;
  • 403 mil toneladas de coco;
  • 285 mil toneladas de óleo de palma;
  • 160 mil toneladas de mandioca;
  • 136 mil toneladas de laranja;
  • 85 mil toneladas de cacau (9º maior produtor do mundo);
  • 18 mil toneladas de café;
  • 10 mil toneladas de tabaco;

Além de outras menores de outros produtos agrícolas como batata, limão, melão, cebola e inhame. [7]

PecuáriaEditar

Na pecuária, a República Dominicana produziu, em 2019: 354 mil toneladas de carne de frango; 79 mil toneladas de carne suína; 64 mil toneladas de carne bovina; 916 milhões de litros de leite de vaca, entre outros.[8]

Setor secundárioEditar

IndústriaEditar

 
O rum é um dos produtos mais exportados pelo país

O Banco Mundial lista os principais países produtores a cada ano, com base no valor total da produção. Pela lista de 2018, a República Dominicana tinha a 65ª indústria mais valiosa do mundo (US $ 12,2 bilhões). [9]

Em 2019, o país não produzia veículos. Em 2019 não estava entre os 40 maiores produtores de aço.[10][11][12] Em 2018 produziu 515 milhões de litros de cerveja. [13]

MineraçãoEditar

Em 2019, o país era o 9º maior produtor mundial de níquel. [14]

O país tinha uma produção de ouro quase nula até 2011, onde cresceu exponencialmente. Em 2016 o país produziu quase 38 toneladas. [15] O país tinha uma produção de prata quase nula até 2008, onde cresceu exponencialmente. Em 2017 o país produziu 147 toneladas. [16]

EnergiaEditar

 
Hidroelétrica Tavera

Nas energias não-renováveis, em 2020, o país não produzia petróleo. [17] Em 2011, o país consumia 122 mil barris/dia (72º maior consumidor do mundo). Em 2012, era o 64º maior importador do mundo (26,5 mil barris/dia). [18][19] [20] Em 2015, o país não produzia gás natural. [21] O país não produz carvão. [22]

Nas energias renováveis, em 2020, a República Dominicana era o 51º maior produtor de energia eólica do mundo, com 0,3 GW de potência instalada, e o 52º maior produtor de energia solar do mundo, com 0,3 GW de potência instalada. [23]

Setor terciárioEditar

TurismoEditar

Em 2018, a República Dominicana foi o 49º país mais visitado do mundo, com 6,5 milhões de turistas internacionais. As receitas do turismo, neste ano, foram de US $ 7,5 bilhões. [24]

Ligações externasEditar

Referências