Abrir menu principal
Elias James Corey
Conhecido(a) por Análise retrosintética
Nascimento 12 de julho de 1928 (91 anos)
Massachusetts
Nacionalidade Estadunidense
Alma mater Instituto de Tecnologia de Massachusetts
Prêmios Prêmio ACS de Química Pura (1960), Prêmio Linus Pauling (1973), Prêmio Remsen (1974), Prêmio Arthur C. Cope (1976), Medalha William H. Nichols (1977), Medalha Franklin (1978), Prêmio Rosenstiel (1980), Medalha de Ouro Paul Karrer (1982), Prêmio Tetrahedron (1983), Prêmio Paracelso (1984), Prêmio Wolf de Química (1986), Medalha Nacional de Ciências (1988), Prêmio Japão (1989), Nobel prize medal.svg Nobel de Química (1990), Prêmio Roger Adams (1993), Prêmio em Ciências Químicas NAS (2002), Medalha Priestley (2004)
Instituições Universidade Harvard
Campo(s) Química, química orgânica

Elias James Corey (Massachusetts, 12 de julho de 1928) é um químico estadunidense.

Foi agraciado com o Nobel de Química de 1990, "por seu desenvolvimento na teoria e metodologia de síntese orgânica", especificamente análise retrossintética.[1][2] Considerado por muitos como um dos maiores químicos vivos, desenvolveu inúmeros reagentes sintéticos, metodologias, e consideravelmente tem avançado a ciência da síntese orgânica.

Referências

  1. E. J. Corey, X-M. Cheng, The Logic of Chemical Synthesis, Wiley, New York, 1995, ISBN 0-471-11594-0.
  2. "The Logic of Chemical Synthesis: Multistep Synthesis of Complex Carbogenic Molecules (Nobel Lecture)" E.J. Corey, Angew. Chem. Int. Ed. Engl. 1991, 30, 455. (doi:10.1002/anie.199104553)

Ligações externasEditar