Elio Gaspari

Elio Gaspari (Nápoles, 1944) é um jornalista e escritor ítalo-brasileiro. Em 2016, foi homenageado com um Prêmio Vladimir Herzog.[1]

Elio Gaspari
Gaspari durante o Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo (2018)
Nascimento 1944 (76 anos)
Nápoles, Itália
Nacionalidade italiano
brasileiro
Ocupação Jornalista e escritor
Prémios Prêmio ABL de Ensaio crítica e história literária (2003)
Magnum opus As Ilusões Armadas
O Sacerdote e o Feiticeiro

BiografiaEditar

Nascido na Itália, Gaspari chegou ao Brasil em 1949 em companhia de sua mãe Anna Giacchetti. Começou a carreira jornalística num semanário chamado Novos Rumos, e depois foi auxiliar do colunista social Ibrahim Sued, passando a seguir por publicações de destaque, como o Diário de São Paulo, a revista Veja e o Jornal do Brasil.[2]

É colunista do jornal Folha de S. Paulo, jornal diário de São Paulo, onde está radicado, tendo seus artigos difundidos para outros jornais, dentre os quais O Globo do Rio de Janeiro[3], Correio do Povo de Porto Alegre, O POVO de Fortaleza e A Tribuna de Vitória

Em seus artigos, trata com ironia as personalidades. Para tanto, lança mão de personagens como Madame Natasha, professora de português que "condena a tortura do idioma" e vive concedendo "bolsas de estudo" àqueles que se expressam de modo empolado. Já Eremildo, o idiota, é uma sátira aos que usam indevidamente o dinheiro público.

Dono de consagrada carreira no mundo jornalístico, publicou uma série de cinco livros sobre a ditadura militar brasileira, dividida em duas partes, as Ilusões Armadas e O Sacerdote e o Feiticeiro. Importante documento deste período histórico do Brasil, Gaspari havia em 1984 iniciado suas pesquisas a partir de uma bolsa de estudos no Wilson Center for International Scholars, cuja temática seria centrada nas principais figuras do período ditatorial: os generais Ernesto Geisel e Golbery do Couto e Silva. Embasado em documentos pessoais de ambos, a obra deslinda os bastidores do regime militar que por duas décadas mergulhou o Brasil no regime de exceção.

Livros publicadosEditar

Lista parcial

Artigos publicadosEditar

Lista parcial

Referências

  1. VH Julio (7 de outubro de 2016). «Vencedores do 38º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos». Vladimir Herzog. Consultado em 28 de março de 2020. Cópia arquivada em 29 de março de 2020 
  2. Sérgio Conti, Mário (1999). Notícias do Planalto: a imprensa e Fernando Collor. São Paulo: Companhia das Letras 
  3. Da redação (25 de outubro de 2016). «Elio Gaspari». O Globo. Consultado em 25 de outubro de 2016 
  4. Novo livro de Elio Gaspari está entre apostas da literatura em 2016

Ligações externasEditar

 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Elio Gaspari
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Elio Gaspari
  Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.