Estação Ferroviária de Alcantarilha

estação ferroviária em Portugal

A Estação Ferroviária de Alcantarilha, igualmente conhecida como de Alcantarilha - Praia de Armação de Pêra, é uma interface da Linha do Algarve, que serve nominalmente a localidade de Alcantarilha e a Praia de Armação de Pêra, no Distrito de Faro, em Portugal.

Alcantarilha
Identificação:[1] 90092 ALA (Alcantarilha)
Denominação: Estação Satélite de Alcantarilha
Administração: Infraestruturas de Portugal (sul)[2]:3.3.3.2
Classificação: ES (estação satélite)[3][4]
Tipologia: D [2]5.3.1.1
Linha(s): Linha do Algarve (PK 310,444)
Altitude: 35 m (a.n.m)
Coordenadas: 37°10′11.59″N × 8°20′55.52″W

(≍+37.16989;−8.34876)

(mais mapas: 37° 10′ 11,59″ N, 8° 20′ 55,52″ O)
Concelho: bandeiraSilves
Serviços:
Estação anterior Comboios de Portugal Comboios de Portugal Estação seguinte
Algoz   R
Algarve
  Poço Barreto

Conexões:
Ligação a autocarros
17 29
Inauguração: 19 de março de 1900 (há 122 anos)
Website:
Disambig grey.svg Nota: Para outras infraestruturas e equipamentos de transporte público com nomes semelhantes ou relacionados, veja Estação Alcántara, Estação Ferroviária de Alcântara-Mar, Estação Ferroviária de Alcântara-Terra ou Gare Marítima de Alcântara.
A estação de Alcantarilha, em 2010, mostrando ambas as designações em uso.

DescriçãoEditar

Localização e acessosEditar

A estação de Alcantarilha situa-se na localidade de Alcantarilha-Gare / Estevais, distando consideravelmente das localidades nominais, via EN269-1: o trajeto completo até à Armação de Pêra é de 9,7 km (desnível acumulado de +102−126 m), ficando Alcantarilha sensivelmente a meio: 5,8 km (+59−68 m).[5]

CaracterizaçãoEditar

Em 2004, esta estação possuía duas vias de circulação.[6] Em 2011, ambas as linhas apresentavam 243 m de comprimento; a primeira plataforma tinha 105 m de comprimento, e a segunda 235 m, contando ambas as plataformas com 40 cm de altura.[7] O edifício de passageiros situa-se do lado sul da via (lado direito do sentido ascendente, a Vila Real de Santo António).[8][9]

ServiçosEditar

A estação é utilizada por serviços regionais de passageiros, operados pela empresa Comboios de Portugal.[10]

HistóriaEditar

 Ver artigo principal: História da Linha do Algarve

Durante a fase de planeamento do Ramal de Portimão, que deveria unir a vila de Portimão à Linha do Sul, nos finais do Século XIX, foi pensou-se desde logo em instalar uma gare que servisse a localidade de Alcantarilha.[11] Em Fevereiro de 1900, já as locomotivas de obras alcançavam Alcantarilha, prevendo-se para breve a abertura do troço até Poço Barreto.[12] Com efeito, o lanço entre Algoz e Poço Barreto entrou ao serviço em 19 de Março de 1900, como parte do Ramal de Portimão.[13]

O Decreto-Lei n.° 116, de 20 de Junho de 1992, integrou o troço entre Tunes e Lagos na Linha do Algarve.[14]

Ver tambémEditar

Referências

  1. (I.E.T. 50/56) 56.º Aditamento à Instrução de Exploração Técnica N.º 50 : Rede Ferroviária Nacional. IMTT, 2011.10.20
  2. a b Diretório da Rede 2021. IP: 2019.12.09
  3. Instrução de exploração técnica nº 2 : Índice dos textos regulamentares em vigor. IMTT, 2012.11.06
  4. Instrução de Exploração Técnica N.º 50. INTF («Entrada em vigor 11 de Dezembro de 2005»): p.5
  5. OpenStreetMaps / GraphHopper. «Cálculo de distância rodoviária». Consultado em 22 de abril de 2022 
  6. «Directório da Rede Ferroviária Portuguesa 2005». Rede Ferroviária Nacional. 13 de Outubro de 2004. p. 64 
  7. «Linhas de Circulação e Plataformas de Embarque». Directório da Rede 2012. Rede Ferroviária Nacional. 6 de Janeiro de 2011. p. 71-85 
  8. (anónimo): Mapa 20 : Diagrama das Linhas Férreas Portuguesas com as estações (Edição de 1985), CP: Departamento de Transportes: Serviço de Estudos: Sala de Desenho / Fergráfica — Artes Gráficas L.da: Lisboa, 1985
  9. Diagrama das Linhas Férreas Portuguesas com as estações (Edição de 1988), C.P.: Direcção de Transportes: Serviço de Regulamentação e Segurança, 1988
  10. «Comboios Regionais Lagos > Vila Real de Santo António > Lagos» (PDF). Comboios de Portugal. 13 de Dezembro de 2020. Consultado em 26 de Maio de 2021 
  11. «Há Quarenta Anos» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. Ano 49 (1198). Lisboa. 16 de Novembro de 1937. p. 541. Consultado em 11 de Agosto de 2013 – via Hemeroteca Digital de Lisboa 
  12. «Há 50 anos» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. Ano 62 (1491). Lisboa. 1 de Fevereiro de 1950. p. 826. Consultado em 30 de Setembro de 2014 – via Hemeroteca Digital de Lisboa 
  13. «Silves a Portimão» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. Ano 16 (361). Lisboa. 1 de Janeiro de 1903. p. 3-4. Consultado em 30 de Setembro de 2014 – via Hemeroteca Digital de Lisboa 
  14. PORTUGAL. Decreto-Lei n.° 116/92. Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, 20 de Junho de 1992. Publicado no Diário da República n.º 140, Série I-A, de 20 de Junho de 1992.
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre a Estação de Alcantarilha

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.