EVA Transportes

A EVA Transportes S. A. é uma empresa de transporte rodoviário de passageiros, que opera principalmente na região do Algarve, no Sul de Portugal. Sucede à antiga Empresa de Viação do Algarve, cujas iniciais herdou.

EVA Transportes
Autocarro a fazer um serviço transrápido da EVA, em 2014.
Nome(s) anterior(es) Empresa de Viação do Algarve
Sociedade Anónima
Atividade Transporte rodoviário
Gênero Passageiros
Fundação 5 de julho de 1933 (há 88 anos)
Sede Faro
Área(s) servida(s) Algarve, Mértola, Lisboa, e Andaluzia
Significado da sigla Empresa de Viação do Algarve
Website oficial http://eva-bus.com/index.php
Paragem da EVA Transportes em Olhos de Água, Albufeira, em 2017.
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com a historicamente homónima Empresa de Viação Algarve, que operava na cidade do Rio de Janeiro, no Brasil.

DescriçãoEditar

 
Terminal de Lagos da EVA Transportes.

A EVA Transportes faz parte do Grupo Barraqueiro, uma vasta organização que inclui várias empresas no setor dos transportes em Portugal e no estrangeiro.[1]

Possui várias carreiras regulares ao longo do Algarve (Vamus Algarve), serviços de longa distância até Lisboa e Sevilha,[2] e opera ainda redes municipais de transporte rodoviário local diferenciado: “Próximo” (Faro), “Vai e Vem” (Portimão), “Apanha-me” (Loulé), “Cubo” (Olhão), e “Sobe e Desce” (Tavira); a empresa Translagos, também do Grupo Barraqueiro, opera analogamente a rede municipal “A Onda” (Lagos).

A EVA Transportes está sediada em Faro,[3] e tem estações rodoviárias em Albufeira, Faro, Lagoa, Lagos, Lisboa, Loulé, Olhão, Portimão, Quarteira, São Brás de Alportel, Tavira, e Vila Real de Santo António.[4]

 
Horário dos autocarros da Empreza de Viação Algarve, em 1937

HistóriaEditar

Nos inícios do século XX, existiam várias pequenas companhias de transporte de passageiros na região do Algarve, que em 5 de Julho de 1933 foram fundidas na Empresa de Viação do Algarve, Lda.[5] Sediada em Faro, a empresa criou uma série de carreiras ao longo da zona central do Algarve, até ao Baixo Alentejo.[5]

Em 1938, a Empresa de Viação do Algarve criou um serviço regular de autocarros entre Albufeira e a estação ferroviária em Ferreiras,[6] (equivalente a parte da atual 4) tendo esta sido a primeira carreira rodoviária deste tipo no Algarve.[7] Após a Segunda Guerra Mundial, a Empresa de Viação do Algarve estabeleceu uma carreira de autocarros entre cidade de Silves e a respetiva estação.[8] (equivalente a parte da atual 113).

 
Interior do terminal de Faro, em 2017

Em Junho de 1976, a Empresa de Viação do Algarve foi nacionalizada e integrada na Rodoviária Nacional, passando a formar a Exploração de Passageiros nº 9 da R. N., em conjunto com a antiga Empresa Rodoviária do Sotavento do Algarve.[5]

Em Janeiro de 1991, a Rodoviária Nacional passou por um processo de divisão, tendo sido criada a Rodoviária do Algarve, S. A. que passou a assegurar as carreiras na região.[5] Ao mesmo tempo, iniciou-se o processo de privatização das companhias rodoviárias, de forma a melhorar a adequação estrutural às regiões em que operavam, e garantir a qualidade dos serviços.[5] Desta forma, a Rodoviária do Algarve foi privatizada em Maio de 1992, criando a Eva, Transportes S. A..[5] A empresa passou então por um período de expansão, tendo atingido uma frota de 258 autocarros nos finais de 1997.[5]

 
Autocarro da EVA Transportes em Sagres, em 2008

Na apresentação da então nova rede de transportes de Faro em meados de 2013, pela respetiva Câmara Municipal e pela EVA Transportes previa-se que toda a mobilidade em transporte público coletivo na cidade continue a ser, a médio prazo, assegurada por autocarro: Onze “minibus” e dez novos autocarros a somar aos sete pré-existentes[9] (v.t. “Próximo”).

Em Agosto de 2018, os trabalhadores das empresas do Grupo Barraqueiro estiveram em greve durante dois dias, o que levou à supressão de muitos serviços de autocarros da EVA Transportes.[10] Esta foi a segunda greve dos trabalhadores em pouco mais de um mês, tendo sido organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbanos de Portugal e pela Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações.[10]

CarreirasEditar

Vamus AlgarveEditar

Em 2013 a EVA Transportes e a Frota Azul Algarve começaram a explorar conjuntamente as carreiras de média distância que operavam já na região, mormente intermunicipais;[9] esta rede viu a sua designação alterada para Vamus a 1 de dezembro de 2021;[11] com a alteração do nome cooperativo a numeração de frota também foi alterada passando de 9XXX para 7XXX.[carece de fontes?] Em dados de 2022, a rede Vamus Algarve[12] conta com 77 carreiras, cobrindo toda a região:[13]

CuboEditar

 
Minibus da Eva Transportes realizando o serviço CUBO em Olhão.

Integrada no âmbito da rede Vamus Algarve, a EVA Transportes opera ainda um serviço diferenciado restrito ao concelho de Olhão, designado Cubo - Circuito Urbano de Olhão.[14] Em dados de 2022, este conta com quatro carreiras circulares numeradas, todas com término no terminal rodoviário da cidade:[15]

Apanha-meEditar

A EVA Transportes opera também um serviço diferenciado, restrito ao concelho de Loulé, ao serviço da edilidade respetiva através do departamento “Rede de Transportes Urbanos Municipal” da empresa municipal “Loulé — Concelho Global”.[16] Este serviço tem a designação comercial “Apanha-me” e, em dados de 2022, conta com nove carreiras:[17]

 
Abrigo de paragem junto à Estação Ferroviária de Loulé com cartaz sobre a Linha Vermelha do “Apanha-me”, em 2017.
  • Linha Vermelha: Liga os centros urbanos de Loulé,[18] Almancil,[19] e Quarteira / Vilamoura,[20] à Estação Ferroviária de Loulé em regime de shuttle e em articulação de horários com os serviços ferroviários Intercidades e Alfa Pendular:
    • L Loulé (centro) ⇆ Loulé CP
      Carreira criada antes de 2017.
    • QV Quarteira ⇆ Loulé CP ⇆ Vilamoura
      Carreira criada antes de 2017.
    • A Almancil ⇆ Loulé CP
      Carreira criada após 2017.
  • A vila de Almancil é ainda servida por uma carreira adicional:
    • roxa Linha Roxa
      Carreira criada após 2017.
  • A cidade de Loulé é ainda servida por mais três carreiras de circulação:
  • Quarteira e Vilamoura são servidas conjuntamente por duas carreiras anuais e duas sazonais:
    • verde Linha Verde
    • ve.l Linha Verde Longa
    • ve.n Linha Verde Noturna
      (1 de julho a 10 de setembro)
    • br.ª Linha Branca
      (1 de julho a 10 de setembro)

O serviço “Apanha-me” opera uma frota de quatro minibus Mercedes-Benz Sprinter de cor verde verde com tejadilho branco e lettering púrpura,[21] sendo a numeração de frota 9320, 9321, 9322 e 9334.[carece de fontes?]

Vai e VemEditar

 Ver artigo principal: Vai e Vem (Portimão)

A EVA Transportes, através da sua participada Frota Azul Algarve, opera também um serviço diferenciado, restrito ao concelho de Portimão, ao serviço da edilidade respetiva.[22]

Referências

  1. «Organigrama». Grupo Barraqueiro. Consultado em 7 de Abril de 2019 
  2. «Horários». EVA Transportes. Consultado em 7 de Abril de 2019 
  3. «Contactos». EVA Transportes. Consultado em 7 de Abril de 2019 
  4. «Estações Rodoviárias». EVA Transportes. Consultado em 7 de Abril de 2019 
  5. a b c d e f g «Arquivo Histórico». EVA Transportes. Consultado em 7 de Abril de 2019 
  6. «Sobre Albufeira». Câmara Municipal de Albufeira. Consultado em 7 de Abril de 2019 
  7. GUERREIRO, 1983:21
  8. GUERREIRO, Aníbal C. (1983). História da Camionagem Algarvia (de passageiros) 1925-1975. Da origem à nacionalização. Vila Real de Santo António: Edição do autor. p. 146. 233 páginas 
  9. a b «Faro com nova rede de transportes». Diário de Notícias: 22. 11 de junho de 2013 
  10. a b «Greve dos trabalhadores da EVA com «86% de adesão»». Sul Informação. 9 de Agosto de 2018. Consultado em 7 de Abril de 2019 
  11. Cartaz-aviso no saite da Frota Azul Algarve em 2018
  12. Vamus : Transportes do Algarve
  13. Vamus : Transportes do Algarve - Linhas
  14. https://api.moverick.es/uploads/topology/municipality/image/608fa960a9a53a0022213865/image.png
  15. Saite oficial da Vamus Algarve: Cubo: carreiras e horários
  16. https://www.lcglobal.pt/mobilidade/transportes-urbanos/rede-de-transportes-urbanos-municipal
  17. https://www.lcglobal.pt/mobilidade/transportes-urbanos/rede-de-transportes-urbanos-municipal
  18. lcglobal.pt : Loulé (consultado em 2022.04.25)
  19. lcglobal.pt : Almancil (consultado em 2022.04.25)
  20. lcglobal.pt : Quarteira e Vilamoura (consultado em 2022.04.25)
  21. https://www.lcglobal.pt/mobilidade/transportes-urbanos/transporte-publico-urbano
  22. Sobre Nós : A História da Empresa” saite oficial da Frota Azul Algarve (cons. 2022.04.26)
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre a empresa EVA Transportes

BibliografiaEditar

  • GUERREIRO, Aníbal C. (1983). História da Camionagem Algarvia (de passageiros) 1925-1975. Da origem à nacionalização. Vila Real de Santo António: Edição do autor. 233 páginas 
  Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.