Estação São Bento (Metrô de São Paulo)

estação de metrô em São Paulo
 Nota: Para outras estações com o mesmo nome, veja Estação São Bento (desambiguação).

A Estação São Bento faz parte da Linha 1–Azul do Metrô de São Paulo. Foi inaugurada em 26 de setembro de 1975.[2] Ela conta com seis acessos, sendo dois no Largo São Bento, um na Ladeira Porto Geral, um no nível do Vale do Anhangabaú, um na Rua São Bento e outro na Rua Boa Vista. É a estação mais próxima da Rua 25 de Março, considerada o maior centro de compras da América Latina.[3] Está prevista, pela Secretaria de Transportes Metropolitanos, a ser estação de transferência entre a Linha 1 e a futura Linha 19–Celeste (Bosque Maia–Anhangabaú).[4][5]

São Bento
Estação São Bento (Metrô de São Paulo)
Totem na entrada da estação
Uso atual Estação de Metrô Estação de metrô
Proprietário Governo do Estado de São Paulo
Administração Metrô de São Paulo
Linha Azul
Sigla BTO
Posição Subterrânea
Plataforma Laterais sobrepostas
Serviços Elevador Escada rolante Restaurante Banheiro Venda de Bilhetes
Informações históricas
Inauguração 26 de setembro de 1975 (48 anos)
Projeto arquitetônico Marcelo Accioly Fragelli[1]
Localização
Localização Largo São Bento, 109 -
Município São Paulo
País Brasil
Próxima estação
Sentido Tucuruvi
Sentido Jabaquara
São Bento

Características editar

Estação enterrada com mezanino de conexão e duas plataformas laterais sobrepostas, estrutura em concreto aparente. O principal acesso integra-se com o largo no nível do passeio. Conta com uma área construída de 18.150 m². A capacidade é de 40.000 passageiros/hora/pico.[2]

Demanda média da estação editar

A média de entrada de passageiros nessa estação, é de 73 mil passageiros por dia, segundo dados do Metrô. Ela está situada numa região muito movimentada, a Rua Boa Vista, e muito próxima da região da Rua 25 de Março, além de estar localizada junto ao Terminal Correio da SPTrans.[6]

Considerada a estação com a terceira maior demanda da linha, perde apenas para Jabaquara (81 mil) e Luz (106 mil). Apesar de estar próxima ao Anhangabaú, a maioria dos passageiros que vão ao Anhangabaú utiliza a estação homônima, da Linha 3-Vermelha.

Obras de arte editar

  • "Sem Título (composta por dois painéis, via 1 e 2)" (painel), Odiléa Toscano, chapas recortadas e pintadas (1990), Tintas sintéticas e acrílicas e chapas de metal (350 m² - os 2 painéis), instalada na plataforma, paredes das vias 1 e 2.[7]
  • "Sem Título" (mural), Maurício Nogueira Lima, pintura sobre parede (1990), tinta acqua-cryl (450 m²), instalado no acesso à estação em frente ao jardim.[7]

Dados da Linha editar

Linha Terminais Inauguração Comprimento (km) Estações
1
Azul
TucuruviJabaquara 14 de setembro de 1974 20,2 23

Dados da Estação editar

Sigla Estação Inauguração Capacidade Plataformas Posição Arquitetura e estrutura
BTO São Bento 26 de setembro de 1975 40 mil passageiros hora/pico Laterais sobrepostas Subterrâneas Estação com estrutura em concreto aparente, com dois níveis de plataforma

Referências

  1. FRAGELLI, Marcelo (2011). Quarenta anos de prancheta. [S.l.]: Romano Guerra. 448 páginas. ISBN 978-85-8858-518-8 
  2. a b Metrô de São Paulo. «Estação São Bento». Consultado em 31 de março de 2019 
  3. «25 de Março: como chegar, horário de funcionamento e dicas de compras». CNN Brasil. 22 de agosto de 2023. Consultado em 18 de maio de 2024 
  4. «Futuras linhas do Metrô SP e CPTM: Metrô ligará Zona Norte ao Ipiranga – Via Trolebus». viatrolebus.com.br. Consultado em 27 de janeiro de 2017 
  5. Silva, Eduardo (12 de janeiro de 2015). «Estado contratará empresa para realizar projeto da Linha 19-Celeste do Metrô para Guarulhos». MobilidadeSampa 
  6. «Companhia do Metropolitano de São Paulo». www.metro.sp.gov.br. Consultado em 27 de janeiro de 2017 
  7. a b «Roteiro de Arte do Metrô de São Paulo»