Money in the Bank ladder match

Disambig grey.svg Nota: Se procura o pay-per-view, veja WWE Money in the Bank.

A luta Money in the Bank é uma luta de escadas multi-pessoa realizado pela promoção de de luta profissional WWE. Disputado pela primeira vez no evento anual WrestleMania da WWE a partir de 2005, um pay-per-view Money in the Bank separado foi estabelecido em 2010.[1] O prêmio da partida é uma maleta contendo um contrato para uma luta do campeonato, que pode ser "descontado" pelo titular da maleta em qualquer momento até o ano seguinte à vitória. Se o contrato não for usado dentro de um ano após a conquista, será inválido, mas isso ainda não aconteceu. Desde a sua criação até 2017, as lutas de escada envolviam apenas lutadores do sexo masculino, com o contrato sendo para uma luta pelo campeonato mundial. A partir do evento de 2017, as mulheres também têm a oportunidade de competir em uma partida desse tipo, com o prêmio sendo um contrato para uma partida do campeonato feminino.

A luta Money in the Bank do Raw de 2011.
A luta Money in the Bank de 2009 foi disputada em WrestleMania 25

A primeira luta foi disputada em 2005 na WrestleMania 21, depois de ter sido inventada por Chris Jericho.[1] Na época, era exclusivo para lutadores da marca Raw, e Edge venceu a luta inaugural.[1] A partir de então até a WrestleMania XXVI, a luta Money in the Bank, agora aberta a todas as marcas da WWE, tornou-se um dos pilares da WrestleMania. 2010 viu uma segunda e terceira luta Money in the Bank quando o pay-per-view Money in the Bank estreou em julho com a WrestleMania não apresentando mais a luta. Ao contrário das lutas na WrestleMania, este novo evento incluiu duas lutas de escada - uma para cada um por um contrato para uma luta pelo Campeonato da WWE e uma luta pelo Campeonato Mundial de Pesos Pesados, respectivamente.

Antes do estabelecimento do pay-per-view anual Money in the Bank, os lutadores foram autorizados a usar o contrato para reivindicar uma luta por qualquer campeonato mundial da WWE. Após o estabelecimento do pay-per-view, os contratos do Money in the Bank foram direcionados especificamente para um ou outro campeonato. Com a unificação dos títulos da WWE e do Mundial dos Pesos Pesados no Campeonato Mundial dos Pesos Pesados da WWE em dezembro de 2013, havia apenas um único contrato em jogo. Isso entrou em vigor a partir do evento de 2014.

A divisão da marca retornou logo após o evento de 2016, juntamente com um novo título mundial, mas o evento de 2017 foi exclusivo do SmackDown e o contrato foi igual ao seu campeonato mundial, o Campeonato da WWE (anteriormente Campeonato Mundial dos Pesos Pesados da WWE). O evento de 2017 também incluiu a primeira luta feminina Money in the Bank, com a vencedora recebendo um contrato para uma luta pelo Campeonato Feminino do SmackDown. Devido à controvérsia em torno do final dessa luta, a primeira luta Money in the Bank ladder não pay-per-view ocorreu no episódio de 27 de junho do SmackDown Live. O evento tornou-se de marca dupla a partir do evento de 2018, envolvendo as marcas Raw e SmackDown com uma luta masculina e uma luta feminina com participantes divididos igualmente entre as marcas; os respetivos contratos garantiam ao vencedor um combate pelo título máximo da respetiva marca, permitindo aos lutadores do Raw (caso vençam) o cash-in do Campeonato Universal ou do Campeonato Feminino do Raw, embora em 2019 tenha sido feito para que os respetivos os vencedores poderiam desafiar o campeão de qualquer uma das marcas. Em 2020, enquanto as regras da partida permaneceram as mesmas, um truque de "Escada Corporativa" foi adicionado no topo da partida; as lutas masculinas e femininas, que foram realizadas ao mesmo tempo, aconteceram na sede global da WWE em Stamford, Connecticut, onde os participantes começaram no térreo do prédio e lutaram até o telhado, onde um ringue e escadas foram localizado com as pastas suspensas acima do ringue — essa mudança ocorreu devido à pandemia do COVID-19. As partidas voltaram ao formato normal para o evento de 2021.

HistóriaEditar

2005Editar

 
Edge foi o primeiro "Mr. Money in the Bank".

No enredo da WWE, o conceito para a luta Money in the Bank foi introduzido em março de 2005 por Chris Jericho. Jericho então apresentou a ideia ao Gerente Geral do Raw, Eric Bischoff, que gostou e prontamente começou a reservar a luta para a WrestleMania 21. Edge venceu a luta inaugural e manteve o contrato até o New Year's Revolution em janeiro de 2006. Lá, ele descontou seu contrato contra o Campeão da WWE John Cena, que tinha acabado de defender com sucesso o título em uma luta Elimination Chamber. Edge derrotou Cena para se tornar Campeão da WWE e rapidamente estabeleceu o precedente de "lucrar" com um campeão vulnerável.

2006Editar

A ideia do Money in the Bank foi revivida por Carlito em um episódio do Raw de fevereiro de 2006. Mr. McMahon aprovou a sugestão e preparou lutas de qualificação para a luta que aconteceria na WrestleMania 22. Mais tarde foi anunciado que a luta seria interpromocional, e o Gerente Geral do SmackDown! Theodore Long também organizou partidas de qualificação para selecionar três membros de sua lista para competir. Nas lutas de qualificação da marca Raw, Rob Van Dam derrotou Trevor Murdoch, Shelton Benjamin derrotou Chavo Guerrero e Ric Flair derrotou Carlito. No SmackDown!, Finlay derrotou Bobby Lashley, Matt Hardy derrotou Road Warrior Animal e Bobby Lashley venceu uma "última chance de batalha real".

Rob Van Dam venceu a luta na WrestleMania 22 depois de empurrar Shelton Benjamin e Matt Hardy de uma escada, enquanto ele estava em outra escada, e recuperar a maleta. Em abril daquele ano, ele defendeu o contrato e ganhou o Campeonato Intercontinental da WWE em um contrato vs. título/vencedor leva todas as lutas contra Benjamin no Backlash. Van Dam anunciou em maio de 2006 que iria descontar seu contrato no ECW One Night Stand contra Cena em uma luta Extreme Rules. A luta terminou com Cena perdendo (com interferência de Edge) depois que Van Dam realizou um Five Star Frog Splash. Van Dam é a primeira pessoa a avisar um oponente antes de fechar seu contrato, presumivelmente para garantir que Cena aparecesse no evento.

2007Editar

A terceira luta Money in the Bank foi realizada na WrestleMania 23 e foi a primeira a envolver oito participantes do Raw, SmackDown! e ECW. Partidas de qualificação começaram no episódio de 19 de fevereiro do Raw.[2] No Raw de 19 de fevereiro, dois ex-vencedores do Money in the Bank (Edge e Rob Van Dam) se enfrentaram, com Edge ganhando uma vitória por pinfall para ganhar o primeiro lugar na luta.[3]

 
Mr. Kennedy se tornou "Mr. Money in the Bank" na WrestleMania 23, mas perdeu a maleta para Edge.

Na noite seguinte na ECW, outra luta entre marcas aconteceu, com CM Punk derrotando Johnny Nitro para se classificar.[4] No SmackDown daquela semana!, King Booker derrotou Kane em uma luta Falls Count Anywhere após interferência de The Great Khali para se tornar o terceiro homem a se classificar.[5] No episódio seguinte do Raw, Jeff Hardy derrotou Shelton Benjamin para se tornar o quarto homem a se qualificar.[2] Na noite seguinte na ECW, Mr. Kennedy derrotou Sabu em uma luta Extreme Rules para ganhar o quinto lugar.[6] Duas lutas de qualificação aconteceram no episódio seguinte do SmackDown!, com Matt Hardy derrotando Joey Mercury, enquanto Finlay venceu uma luta triple threat contra Chris Benoit e Montel Vontavious Porter para se qualificar.[7] O que seria a luta final de qualificação no Raw entre Carlito e Ric Flair, foi considerada sem resultado quando The Great Khali interferiu e atacou os dois homens.[2] A luta foi remarcada para a próxima semana no Raw, com Randy Orton subornando seu caminho para a luta, que seria uma luta de eliminação de ameaça tripla que Orton venceu ao imobilizar Carlito e Flair após realizar um RKO em cada um deles.[2] Edge e Orton haviam parado recentemente de se unir, e havia muita tensão entre eles enquanto ambos tentavam tirar o outro da luta Money in the Bank; ambos falharam, já que Edge finalmente ganhou uma "última chance de batalha real" depois de fingir uma lesão para manter sua vaga.[2] Orton foi forçado a lutar contra Bobby Lashley na ECW para manter sua vaga, o que ele fez.[8]

Kennedy finalmente venceu na WrestleMania 23, depois de empurrar Punk para fora da escada usando outra escada (Edge havia sido derrotado anteriormente por Jeff Hardy).[9] Durante as próximas semanas, Kennedy continuou declarando que iria descontar a maleta na WrestleMania XXIV, no entanto, no Raw de 7 de maio de 2007, ele defendeu e perdeu a maleta do Money in the Bank para Edge. Kennedy foi o primeiro lutador na história da WWE a perder a maleta sem descontá-la. Na noite seguinte, na gravação do SmackDown! de 11 de maio de 2007, o Campeão Mundial dos Pesos-Pesados ​​The Undertaker e Batista lutaram até um empate em uma luta em uma jaula de aço, após que um retorno de Mark Henry. ele agrediu Undertaker e o deixou ferido no ringue. Quando Henry estava saindo, Edge veio ao ringue com sua maleta, entregou-a ao árbitro Jim Korderas e derrotou o Undertaker após um spear para ganhar o Campeonato Mundial dos Pesos Pesados pela primeira vez. Edge tornou-se assim a primeira pessoa a ganhar o contrato Money in the Bank duas vezes.

2008Editar

 
CM Punk foi o primeiro a ganhar duas Money in the Banks seguidas.

A quarta Money in the Bank ladder match aconteceu no WrestleMania XXIV e era novamente uma luta envolvendo oito homens, com lutadores do Raw, SmackDown, e ECW. Lutas qualificatórias começaram no Raw de 18 de fevereiro, com Jeff Hardy e Mr. Kennedy se qualificando ao derrotar Snitsky[10] e Val Venis,[10] respectivamente. Na SmackDown de 22 de fevereiro, Shelton Benjamin se qualificou ao derrotar Jimmy Wang Yang.[11] No Raw, General Manager William Regal colocou Chris Jericho em uma luta contra Jeff Hardy. Jericho derrotou Hardy e se qualificou.[12] No Raw seguinte, no entanto, os dois se enfrentaram novamente, dessa vez pelo WWE Intercontinental Championship de Hardy. Jericho venceu a luta e ganhou o título, sendo revelado que Hardy fora suspenso por ter violado a política de bem-estar da WWE.[13] Ele foi removido do WrestleMania, fazendo essa edição a única com sete lutadores na Money in the Bank. Na mesma edição do Raw, Carlito derrotou Cody Rhodes para se qualificar.[14] No evento da SmackDown/ECW em 9 de março, o Campeão dos Estados Unidos Montel Vontavious Porter derrotou Jamie Noble para se qualificar.[15] Na ECW de 11 de março, CM Punk derrotou Big Daddy V para se qualificar.[16] E finalmente, no SmackDown de 14 de março, John Morrison derrotou seu parceiro The Miz, sendo o último a se qualificar.[17]

Punk venceu a luta WrestleMania XXIV depois de prender a perna de Jericho em uma escada e depois subir a escada. Punk ganhou sua chance pelo título no episódio de 30 de junho do Raw. Um discurso de despedida de Jim Ross foi interrompido pelo então Campeão Mundial de Pesos Pesados ​​Edge, que o removeu do ringue e começou a insultar a multidão, dizendo que eles nunca veriam um campeonato mundial sendo defendido no Raw (como na época tanto Edge quanto o Campeão da WWE Triple H eram membros da marca SmackDown e o Campeonato da ECW estava na marca ECW depois que Mark Henry derrotou o então campeão Kane da marca Raw e Big Show da marca SmackDown no Night of Champions em uma luta triple threat para ganhar o título). Quando ele estava prestes a deixar a arena, Batista saiu e atacou Edge em retaliação por Edge trapacear para ganhar a luta pelo título na noite anterior no Night of Champions. Punk então imediatamente correu para o ringue com um árbitro para descontar seu contrato, então executou um Go to Sleep on Edge para ganhar o Campeonato Mundial dos Pesos Pesados, tornando-o exclusivo do Raw no processo.

2009Editar

A quinta luta Money in the Bank foi anunciada para a WrestleMania 25. As lutas de qualificação começaram no Raw de 23 de fevereiro, na qual CM Punk se classificou derrotando John Morrison e The Miz em uma luta triple threat.[18] No Raw de 2 de março, Kane derrotou Mike Knox e Rey Mysterio em outra luta triple threat.[19] No episódio de 3 de março da ECW, Mark Henry se classificou para a luta ao derrotar Santino Marella.[20] Tanto Montel Vontavious Porter quanto Shelton Benjamin se classificaram para a luta no episódio de 6 de março do SmackDown, derrotando Matt e Jeff Hardy nas respectivas lutas individuais.[21] No Raw de 9 de março, Kofi Kingston se classificou ao derrotar Chris Jericho, depois que Jericho foi distraído por Ric Flair.[22] Christian se classificou na noite seguinte na ECW ao vencer uma batalha real de três marcas.[23] Finlay foi a última pessoa a se qualificar para a luta quando derrotou The Brian Kendrick no episódio de 13 de março do SmackDown.[24]

Na WrestleMania 25, Punk venceu a luta e se tornou o primeiro lutador a vencer duas lutas de escada Money in the Bank, e o único a vencer a luta por dois anos consecutivos.[25] No episódio de 1º de maio do SmackDown, Punk desafiou o Campeão Mundial dos Pesos-Pesados ​​Edge para uma luta sem o título com a intenção de que se ele derrotasse Edge, ele ganharia sua chance pelo título logo após a luta. Mais tarde naquela noite, Punk derrotou Edge e tentou fazer o cash-in. No entanto, antes que o sino do ringue pudesse tocar para iniciar a luta pelo título, Punk e Edge foram atacados por Umaga e Jeff Hardy, respectivamente. Como consequência, a luta nunca começou e Punk manteve seu contrato.[26] Punk novamente tentou ganhar dinheiro para uma luta pelo Campeonato Mundial dos Pesos Pesados contra Edge no episódio de 15 de maio do SmackDown, mas foi novamente parado por Umaga.[27] Depois que Jeff Hardy derrotou Edge em uma luta de escadas para ganhar o WCampeonato Mundial dos Pesos Pesados no Extreme Rules, Punk ganhou o Campeonato Mundial dos Pesos Pesados pela segunda vez. Como resultado dos fãs vaiando-o por lucrar com Hardy, que era muito popular entre os fãs, Punk começou uma mudança gradual de personagem para um vilão.[28]

2010Editar

Fevereiro–AbrilEditar

 
Jack Swagger o primeiro Mr. Money in the Bank de 2010.

No Raw de 22 de fevereiro, foi anunciado que a sexta luta anual Money in the Bank seria realizada no WrestleMania XXVI. A primeira partida de qualificação foi realizada mais tarde naquela noite, onde Christian derrotou Carlito para se classificar.[29] Mais três lutas de qualificação foram realizadas no episódio de 26 de fevereiro do SmackDown, com Dolph Ziggler derrotando John Morrison e R-Truth em uma luta Triple Threat, Kane derrotando Drew McIntyre e Shelton Benjamin derrotando CM Punk para se qualificar.[30] O episódio de 1º de março do Raw viu Jack Swagger e Montel Vontavious Porter se qualificarem derrotando Santino Marella e Zack Ryder, respectivamente.[31] Matt Hardy foi o próximo a se qualificar para a luta quando derrotou Drew McIntyre no episódio de 5 de março do SmackDown.[32] No que foi inicialmente declarado como a luta de qualificação final, Evan Bourne derrotou William Regal no episódio de 8 de março do Raw para se tornar o oitavo competidor.[33] Devido à sua associação favorável com o presidente da WWE Mr. McMahon, McIntyre teve uma terceira chance no episódio de 12 de março do SmackDown para se qualificar para a luta. No que também seria feito uma defesa do Campeonato Intercontinental da WWE pelo gerente geral do SmackDown, Theodore Long, McIntyre derrotou o concorrente local Aaron Bolo para se qualificar.[34] No Raw de 22 de março, o número de participantes foi novamente aumentado para um recorde de dez, quando Kofi Kingston derrotou Vladimir Kozlov para se qualificar.[35]

Na WrestleMania XXVI, Jack Swagger venceu a luta depois de derrubar Christian de uma escada com a própria maleta.[36] Na noite seguinte no Raw, Swagger tentou lucrar com sua chance contra o campeão da WWE John Cena depois de emboscar Cena. No entanto, como Cena se recuperou muito rápido da emboscada, Swagger cancelou sua luta e manteve seu contrato.[44] Na noite seguinte, na gravação do episódio de 2 de abril de 2010 do SmackDown, depois que Edge atacou o então Campeão Mundial dos Pesos-Pesados ​​Chris Jericho, Swagger resgatou seu contrato e conquistou com sucesso o Campeonato Mundial de Pesos-Pesados.

Junho–NovembroEditar

 
The Miz o segundo Mr. Money in the Bank de 2010.

Kane ganhou a luta Money in the Bank do SmackDown, usando seu contrato na mesma noite contra Rey Mysterio pelo World Heavyweight Championship. A luta pela maleta do Raw foi vencida por The Miz. Ele viria a descontar seu contrato contra Randy Orton no Raw de 22 de novembro, após uma luta entre Wade Barrett e Orton em que o Nexus atacou Orton antes do combate e lesionou sua perna direita.[37]

2011Editar

Pela primeira vez em cinco anos, uma Money in the Bank ladder match não aconteceu no WrestleMania. O evento Money in the Bank de 2011 ocorreu no Allstate Arena, em Chicago, Illinois.[38] Foram realizadas duas lutas Money in the Bank, cada uma exclusiva de um programa. Alberto Del Rio venceu a luta do Raw, enquanto Daniel Bryan venceu a do SmackDown.[39]

Del Rio tentou descontar seu contrato pela primeira vez ainda no evento por ordens de Mr. McMahon depois que CM Punk venceu o WWE Championship. No entanto, Punk conseguiu fugir antes da luta começar.[39] Del Rio conseguiu usar seu contrato um mês depois, no SummerSlam, após Punk derrotar John Cena pelo título.[40] Bryan usou seu contrato pela primeira vez no SmackDown de 25 de novembro contra Mark Henry pelo World Heavyweight Championship. Apesar de vencer o título, a decisão foi revertida pelo gerente geral Theodore Long, que afirmou que Henry não estava em condições de competir. Long também devolveu a maleta para ele.[41] Bryan descontou a maleta com sucesso no TLC: Tables, Ladders & Chairs, derrotando Big Show depois dele derrotar Henry pelo título.[42]

2012Editar

 
Dolph Ziggler, com AJ Lee, segurando a maleta com o contrato pelo World Heavyweight Championship.

O terceiro Money in the Bank aconteceu em 15 de julho de 2012 no US Airways Center, em PhoenixArizona . Como de costume, houve duas lutas Money in the Bank No entanto, os combates já não estavam separados por marcas (nesta altura, Raw e SmackDown já não eram mais marcas distintas). Em vez disso, elas foram separadas pelos títulos mundiais. Uma valia um contrato pelo WWE Championship, enquanto a outra pelo World Heavyweight Championship.[43]

A luta que valia a maleta pelo World Heavyweight Championship foi vencida por Dolph Ziggler, e a que valia um contrato pelo WWE Championship por John Cena.[44] No Raw de 16 de julho de 2012, Cena anunciou que iria descontar seu contrato na semana seguinte, no Raw 1000.[45] Naquele evento, Cena não conseguiu ganhar o WWE Championship, apesar de vencer a luta contra CM Punk por desqualificação depois que Big Show interferiu. Como na WWE os títulos não podem ser conquistados por vitórias por desqualificação, Punk manteve o título. Isso fez com que Cena se tornasse o primeiro vencedor do Money in the Bank a não conquistar o título.[46]

Além das várias tentativas de descontar sua maleta ao longo de 2012,[47][48][49] Ziggler defendeu a sua maleta contra Chris Jericho no Raw de 20 de agosto. Ele venceu a luta e como consequência, Jericho foi demitido.[50] Ele novamente teve que defender a maleta no TLC: Tables, Ladders & Chairs, agora contra John Cena em uma luta de escadas, novamente saindo vencedor.[51] Ziggler descontou com sucesso seu contrato contra Alberto Del Rio no Raw após o WrestleMania 29, em 8 de abril de 2013. Depois de defender o título e ser atacado por Jack Swagger, Ziggler aproveitou e usou seu contrato, vencendo o título.[52]

2013Editar

O quarto Money in the Bank foi realizado em em 14 de julho de 2013, no Wells Fargo Center, em FiladélfiaPensilvânia. Novamente houve duas lutas Money in the Bank, uma por um contrato pelo WWE Championship e outra por um contrato pelo World Heavyweight Championship. Randy Orton venceu a luta pelo contrato pelo WWE Championship, enquanto Damien Sandow venceu a pelo contrato pelo World Heavyweight Championship.[53]

Orton descontou seu contrato contra Daniel Bryan em 18 de agosto de 2013, no SummerSlam, depois que Bryan derrotou John Cena pelo WWE Championship e de Triple H, o árbitro especial da luta, atacá-lo.[54] No Raw de 28 de outubro de 2013, Sandow usou seu contrato pelo World Heavyweight Championship também contra John Cena. No entanto, Cena derrotou Sandow, fazendo dele o segundo lutador a não vencer o título atrás da maleta do Money in the Bank.[55]

2014Editar

 
Seth Rollins descontando seu contrato durante o evento principal da WrestleMania 31.

O quinto evento Money in the Bank aconteceu em 29 de junho de 2014 no TD Garden em BostonMassachusetts.[56] Em dezembro de 2013, o WWE Championship e o World Heavyweight Championship foram unificados no WWE World Heavyweight Championship.[57] Como resultado, houve apenas uma luta Money in the Bank por um contrato pelo título recém-unificado. Com a ajuda da The Authority, Seth Rollins venceu o combate.[58]

Apesar das várias tentativas de descontar seu contrato ao longo de 2014, Rollins só viria a usá-lo em 29 de março de 2015, no WrestleMania 31, durante o evento principal pelo WWE World Heavyweight Championship entre o campeão Brock Lesnar e Roman Reigns. Ele fez o pin em Reigns e conquistou o título. Rollins foi o primeiro lutador a descontar o contrato do Money in the Bank durante uma luta em andamento, o primeiro a usar o contrato na WrestleMania e o primeiro a vencer o título sem realizar o pin no campeão.[59]

2015Editar

O sexto Money in the Bank aconteceu em 14 de junho de 2015 no Nationwide Arena em Columbus, Ohio. Novamente, houve apenas uma luta Money in the Bank por um contrato pelo WWE World Heavyweight Championship. Sheamus, derrotou Roman Reigns, Randy Orton, Dolph Ziggler, Kane, Kofi Kingston e Neville e conquistou a maleta.[60]

Sheamus descontou seu contrato durante o Survivor Series, em 22 de novembro de 2015, depois de Roman Reigns derrotar Dean Ambrose na final de um torneio pelo WWE World Heavyweight Championship que estava vago.[61]

2016Editar

O sétimo Money in the Bank ocorreu em 19 de junho de 2016 no T-Mobile Arena, em Las Vegas, Nevada. Como nos anos anteriores, houve apenas uma luta Money in the Bank por um contrato pelo WWE World Heavyweight Championship.[62]

No Raw de 23 de maio, Sami Zayn, Cesaro, Chris Jericho, Dean Ambrose e Kevin Owens se qualificaram para o combate após derrotarem Sheamus, The Miz, Apollo Crews, Dolph Ziggler e AJ Styles, respectivamente.[63] Três dias depois, no SmackDown de 26 de maio, Alberto Del Rio derrotou Zack Ryder e também se qualificou.[64] No evento, Ambrose foi o vencedor. Ele usou o contrato na mesma noite, derrotando Seth Rollins pelo título.[65]

2017Editar

O oitavo Money in the Bank, aconteceu no dia 18 de junho de 2017 no Scottrade Center, em St. Louis, Missouri, como evento exclusivo do SmackDown. Para a tradicional luta em escadas por um contrato pelo WWE Championship, o comissário Shane McMahon, havia anunciado AJ Styles, Shinsuke Nakamura, Dolph Ziggler, Baron Corbin e Kevin Owens. Baron Corbin ganhou o combate e se tornou o 17º Mr. Money in the Bank da história.[66]

No SmackDown de 30 de maio, Shane McMahon anuncia que teremos pela primeira vez na história uma Money in the Bank para as mulheres, por um contrato pelo SmackDown Women's Championship.[67]

No mesmo episódio ele anunciou que Carmella, Charlotte Flair, Becky Lynch, Natalya e Tamina participariam do combate. Carmella ganhou o combate apos interferência de James Ellsworth que subiu na escada e jogou a maleta para Carmella. No episódio da mesma semana do SmackDown[68] o gerente geral Daniel Bryan, forçou Carmella a entregar a maleta com o contrato para então reiniciar o combate nas escadas no episódio da semana seguinte valendo novamente o contrato do Money in the Bank pelo Women's Championship[69] com Ellsworth banido em torno do ringue, mesmo assim Carmella defendeu com sucesso para recuperar a maleta do Money in the Bank

Corbin descontou o seu contrato do Money in the Bank no episódio do SmackDown[70] de 15 de agosto, mas não obteve sucesso em um combate, não valendo o título, entre John Cena e o atual campeão da WWE Jinder Mahal, Corbin se tornou o terceiro a não conseguir o título com o contrato da maleta.[71]

ResultadosEditar

Ano Evento Título Vencedor Outros competidores Tempo
2005 WrestleMania 21 Qualquer título Edge Chris Jericho, Shelton Benjamin, Chris Benoit, Christian (com Tyson Tomko) e Kane 15:17
2006 WrestleMania 22 Qualquer título Rob Van Dam Shelton Benjamin, Finlay, Ric Flair, Matt Hardy e Bobby Lashley 12:14[72]
2007 WrestleMania 23 Qualquer título Mr. Kennedy CM Punk, Edge, Finlay, Jeff Hardy, Matt Hardy, King Booker e Randy Orton 19:05[75]
2008 WrestleMania XXIV Qualquer título CM Punk Shelton Benjamin, Carlito, Chris Jericho, Mr. Kennedy, John Morrison e Montel Vontavious Porter 13:33[78]
  • Usou o contrato no Raw em 30 de junho de 2008 pelo World Heavyweight Championship. Derrotou Edge após ele ser atacado por Batista e ganhou o título.[79]
2009 WrestleMania XXV Qualquer título CM Punk Shelton Benjamin, Christian, Finlay, Mark Henry, Kane, Kofi Kingston e Montel Vontavious Porter 14:24
  • Tentou usar o contrato no SmackDown de 1 de maio de 2009 pelo World Heavyweight Championship de Edge, mas foi interrompido por Umaga.
  • Tentou usar o contrato no SmackDown de 15 de maio de 2009 pelo World Heavyweight Championship de Edge, mas foi interrompido por Umaga.
  • Usou seu contrato no Extreme Rules em 17 de maio de 2009 pelo World Heavyweight Championship. Derrotou Jeff Hardy e ganhou o título.
2010 WrestleMania XXVI Qualquer título Jack Swagger Shelton Benjamin, Evan Bourne, Christian, Matt Hardy, Kane, Kofi Kingston, Drew McIntyre, Montel Vontavious Porter e Dolph Ziggler 13:44
  • Tentou usar o contrato no Raw em 29 de março de 2010 pelo WWE Championship de John Cena, mas desistiu ao ver que Cena ainda podia lutar.
  • Usou seu contrato no SmackDown em 30 de março de 2010 (exibido em 2 de abril de 2010) pelo World Heavyweight Championship. Derrotou Chris Jericho após um ataque de Edge e ganhou o título.
Money in the Bank World Heavyweight Championship do SmackDown Kane The Big Show, Matt Hardy, Christian, Kofi Kingston, "Dashing" Cody Rhodes, Drew McIntyre e Dolph Ziggler 27:18
  • Usou o contrato na mesma noite, em 18 de julho de 2010, pelo World Heavyweight Championship. Derrotou Rey Mysterio e ganhou o título.
Money in the Bank WWE Championship do Raw The Miz Randy Orton, Chris Jericho, Evan Bourne, Ted DiBiase, John Morrison, Edge e Mark Henry 20:25
  • Tentou usar o contrato no Raw em 19 de julho de 2010 pelo WWE Championship de Sheamus, mas foi impedido por R-Truth.
  • Tentou usar o contrato no Raw em 26 de julho de 2010 pelo WWE Championship de Sheamus, mas foi impedido por Randy Orton.
  • Usou o contrato no Raw de 22 de novembro de 2010 pelo WWE Championship. Derrotou Randy Orton e ganhou o título.[80]
2011 Money in the Bank World Heavyweight Championship do SmackDown Daniel Bryan Kane, Sin Cara, Wade Barrett, Cody Rhodes, Justin Gabriel, Heath Slater e Sheamus 24:27
  • Anunciou em 22 de julho de 2011 sua intenção de usar o contrato no WrestleMania XXVIII.
  • Tentou usar o contrato No SmackDown de 4 de novembro de 2011 após o campeão Mark Henry ter sido nocauteado por Big Show. Luta nunca começou, pois Henry conseguiu atacar Bryan antes.
  • Usou seu contrato no SmackDown em 25 de novembro de 2011 pelo World Heavyweight Championship. Derrotou Mark Henry e ganhou o título. Decisão imediatamente revertida por Theodore Long por Henry estar incapacitado de lutar.
  • Usou seu contrato no TLC: Tables, Ladders & Chairs em 18 de dezembro de 2011 pelo World Heavyweight Championship. Derrotou Big Show e ganhou o título.
Money in the Bank WWE Championship do Raw Alberto Del Rio Rey Mysterio, Kofi Kingston, Alex Riley, R-Truth, The Miz, Evan Bourne e Jack Swagger 15:54
  • Tentou usar o contrato no Money in the Bank em 17 de julho de 2011 pelo WWE Championship de CM Punk. A luta nunca começou, pois Del Rio foi nocauteado.
  • Tentou usar o contrato no Raw em 25 de julho pelo WWE Championship de Rey Mysterio. A luta nunca começou, pois Del Rio fugiu antes.
  • Usou seu contrato no SummerSlam em 14 de agosto de 2011 pelo WWE Championship. Derrotou CM Punk e ganhou o título.
2012 Money in the Bank WWE Championship John Cena Kane, Chris Jericho, Big Show e The Miz 20:15
  • Anunciou sua intenção de usar o contrato contra CM Punk no Raw 1000 em 23 de julho de 2012.
  • Usou seu contrato no Raw de 23 de julho de 2012 pelo WWE Championship. Derrotou CM Punk por desqualificação, não ganhando o título.
  • Primeiro lutador a utilizar o contrato e não ganhar o título.
Money in the Bank World Heavyweight Championship Dolph Ziggler Damien Sandow, Tyson Kidd, Tensai, Santino Marella, Christian, Cody Rhodes e Sin Cara 18:23
  • Tentou usar o contrato no Money in the Bank em 15 de julho de 2012, contra Sheamus. A luta nunca começou, pois Ziggler foi nocauteado pelo próprio Sheamus.
  • Tentou usar seu contrato no SmackDown de 20 de julho contra Big Show, mas foi novamente nocauteado por Sheamus.
  • Tentou usar seu contrato no Raw de 17 de dezembro, mas foi impedido por John Cena.
  • Defendeu, com sucesso, seu contrato em uma Ladder Match no Evento Principal do TLC: Tables, Ladders & Chairs contra John Cena no dia 16 de dezembro de 2012.
  • Tentou usar seu contrato no Raw de 18 de fevereiro de 2013 contra Alberto Del Rio, mas foi impedido por Ricardo Rodríguez que roubou-lhe a mala.
  • Usou seu contrato no Raw em 8 de abril de 2013 pelo World Heavyweight Championship. Derrotou Alberto Del Rio e ganhou o título.
2013 Money in the Bank WWE Championship Randy Orton CM Punk, Daniel Bryan, Randy Orton, Sheamus, Christian e Rob Van Dam 26:38
  • Kane foi removido do combate devido a uma lesão na coluna.
  • Usou seu contrato no SummerSlam em 18 de agosto de 2013 pelo WWE Championship. Derrotou Daniel Bryan e ganhou o título.
Money in the Bank World Heavyweight Championship Damien Sandow Fandango, Wade Barrett, Dean Ambrose, Jack Swagger, Cody Rhodes e Antonio Cesaro 16:25
  • Usou seu contrato no Raw em 28 de outubro de 2013. Foi derrotado por John Cena e não conquistou o título.
2014 Money in the Bank WWE World Heavyweight Championship Seth Rollins Kofi Kingston, Dolph Ziggler, Rob Van Dam, Dean Ambrose e Jack Swagger 23:10
2015 Money in the Bank WWE World Heavyweight Championship Sheamus Dolph Ziggler, Kane, Kofi Kingston, Neville, Randy Orton e Roman Reigns 26:38
  • Tentou usar o contrato no Raw em 10 de agosto de 2015 contra o campeão Seth Rollins, mas foi impedido por Randy Orton.
  • Usou seu contrato no Survivor Series, derrotando Roman Reigns para conquistar o título.
2016 Money in the Bank WWE World Heavyweight Championship Dean Ambrose Kevin Owens, Sami Zayn, Cesaro, Chris Jericho e Alberto Del Rio 21:38
  • Usou o contrato na mesma noite, derrotando Seth Rollins pelo título.
2017 Money in the Bank WWE Championship Baron Corbin Kevin Owens, AJ Styles, Sami Zayn, Dolph Ziggler e Shinsuke Nakamura 29:50
  • Usou o contrato no SmackDown de 15 de agosto de 2017, mas foi derrotado pelo campeão Jinder Mahal.
SmackDown SmackDown Women's Championship Carmella Becky Lynch, Charlotte Flair, Natalya e Tamina 24:00
  • Carmella originalmente venceu um combate no Money in the Bank com a ajuda de James Ellsworth. Devido a isso, o gerente geral Daniel Bryan retirou a maleta dela no SmackDown de 20 de junho e marcou para a semana seguinte uma nova luta Money in the Bank e baniu Ellsworth do entorno do ringue. Mesmo assim, Carmella conseguiu vencer novamente a maleta.
  • Segurou o contrato por 287 dias.
  • Tentou usar o contrato durante o SmackDown Live de 31 de janeiro de 2018 contra a campeã Charlotte Flair após a mesma ser atacada pelo Riott Squad, a luta não chegou a começar, pois Carmella acertou sem querer o juiz e fugir antes da campeã

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c Shields, Brian; Sullivan, Kevin (2009). WWE: History of WrestleMania. [S.l.: s.n.] p. 59 
  2. a b c d e «WWE News, RAW Results, Smackdown Results». Wrestling News and Results, WWE News, TNA News, ROH News (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  3. «Chairman's Choice». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  4. «Dominant gene». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  5. «Checks and balances». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  6. «To hell and back». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  7. «A grave warning». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  8. «Lashley TKOs the RKO». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  9. «Shows». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  10. a b Adkins, Greg (18 de fevereiro de 2008). «Banking On It». WWE. Consultado em 11 de março de 2008 
  11. DiFino, Lennie (22 de fevereiro de 2007). «Two roads diverge». WWE. Consultado em 5 de setembro de 2008 
  12. Clayton, Corey (25 de fevereiro de 2008). «The Truth about Hornswoggle, According to JBL». WWE. Consultado em 5 de setembro de 2008 
  13. «Jeff Hardy suspended». WWE. 11 de março de 2008. Consultado em 11 de março de 2008 
  14. Adkins, Greg (3 de março de 2008). «Big Showdown». WWE. Consultado em 5 de setembro de 2008 
  15. «(Even) Mo' Money?». WWE. Consultado em 11 de março de 2008 
  16. Medalis, Kara A. (11 de março de 2008). «Tables, Helmets and Champions». WWE. Consultado em 5 de setembro de 2008 
  17. «Shaman clinches final spot». WWE. Consultado em 11 de março de 2008 
  18. «Shows». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  19. «Shows». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  20. «Served with a Swagger and a smile». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  21. «Shows». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  22. «Shows». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  23. «ECW». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  24. «Shows». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  25. «Shows». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  26. «Robbing the bank in the face of Judgment». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  27. «Shows». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  28. «Shows». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  29. «Taking the bull by the horns». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  30. «Fear of the Spear». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  31. «A long, strange trip to WrestleMania». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  32. «Ready, set, Spear!». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  33. «Sleight of hands». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  34. «A "Highlight" assault». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  35. «Road warriors». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  36. «Shows». WWE (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2022 
  37. «WWE: Inside WWE > Title History > WWE Championship > The Miz». 8 de dezembro de 2010. Consultado em 28 de maio de 2016 
  38. «WWE Money In The Bank 2011 PPV Pre-Sale Password». PWMania (em inglês). Consultado em 28 de maio de 2016 
  39. a b «Money in the Bank: The WWE gets Punk'd». Canoe.ca. Consultado em 28 de maio de 2016 
  40. «PWTorch.com - CALDWELL'S WWE SUMMERSLAM PPV RESULTS 8/14: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV - Cena vs. Punk title unification». pwtorch.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  41. «SmackDown results: Bryan becomes the man of 'Steel'». www.wwe.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  42. «Big Show def. Mark Henry; Daniel Bryan cashed in Money in the Bank (New World Heavyweight Champion)». www.wwe.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  43. «WWE Changes Name Of The Money In The Bank Ladder Matches - WrestlingInc.com». WrestlingInc.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  44. «PWTorch.com - CALDWELL'S WWE MITB PPV REPORT 7/15: Complete "virtual time" coverage of live PPV - Punk vs. Bryan, Sheamus vs. Del Rio, two MITB matches». pwtorch.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  45. «PWTorch.com - CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 7/16: Complete "virtual-time" coverage of live Raw #998 - MITB PPV fall-out, Cena's announcement». pwtorch.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  46. «PWTorch.com - CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 7/23: Complete "virtual-time" coverage of live Raw #999 - WWE recognizes 1,000 episodes, WWE Title match, Lesnar, Rock, DX, wedding». pwtorch.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  47. «PWTorch.com - PARKS' WWE SMACKDOWN REPORT 7/20: Complete coverage of the Friday night show, including Ziggler & Del Rio vs. Sheamus & Mysterio». pwtorch.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  48. «PWTorch.com - PARKS' WWE SMACKDOWN REPORT 8/24: Ongoing "virtual time" coverage of Friday night show, including Orton vs. Del Rio in a #1 Contender match». pwtorch.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  49. «PWTorch.com - CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 12/17: Complete "virtual-time" coverage of live Raw - The strangest show of the year concludes with the debut of a new monster heel; Ric Flair returns». pwtorch.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  50. «PWTorch.com - CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 8/20: Complete "virtual-time" coverage of live Raw - Punk-Cena, Lesnar opens show, Triple H "speculation," Jericho farewell». pwtorch.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  51. «WWE TLC 2012». www.wwe.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  52. «PWTorch.com - CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 4/8: Complete "virtual-time" coverage of live Raw - WM29 fall-out, new World Champ, no Rock, Taker live, crowd takes over». pwtorch.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  53. «PWTorch.com - CALDWELL'S WWE MITB PPV RESULTS 7/14 (Hour 3): Ongoing "virtual-time" coverage of live PPV - Cena vs. Henry, MITB All-Stars». pwtorch.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  54. «PWTorch.com - CALDWELL'S WWE SSLAM PPV RESULTS 8/18 (Hour 3): Cena vs. Bryan WWE Title main event, did Orton cash in?». pwtorch.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  55. «PWTorch.com - CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 10/28 (Hour 1): Cena opens Raw, Sandow attempts MITB cash-in, Shield». pwtorch.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  56. «WWE Money In the Bank Pre-sale, Correction on Rusev's Dark Match Win, Podcast Updates». 13 de abril de 2014. Consultado em 28 de maio de 2016 
  57. «PWTorch.com - CALDWELL'S WWE TLC PPV RESULTS 12/15: Live, in-person coverage of Cena vs. Orton unification match from Houston». pwtorch.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  58. «PWTorch.com - CALDWELL'S WWE MITB PPV RESULTS 6/29: Ongoing "virtual-time" coverage of WWE Title ladder match, MITB match, more». pwtorch.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  59. «Huge Title Change At WrestleMania 31, First TV Appearance Announced For New Champion - WrestlingInc.com». WrestlingInc.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  60. «PWTorch.com - CALDWELL'S WWE MITB PPV RESULTS 6/14: Complete "virtual-time" coverage of Dusty Rhodes 10-bell salute, WWE Title match, MITB match, Cena vs. Owens II, more». pwtorch.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  61. Caldwell, James. «11/22 SURVIVOR SERIES RESULTS – Caldwell's Complete PPV Report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 22 de novembro de 2015 
  62. «Get tickets to WWE's most money event of the year». www.wwe.com. Consultado em 28 de maio de 2016 
  63. Caldwell, James (23 de maio de 2016). «5/23 WWE Raw TV Results – CALDWELL'S Complete Live Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 27 de maio de 2016 
  64. Martin, Adam (26 de maio de 2016). «WWE SMACKDOWN RESULTS – 5/26/16 (THE MIZ VS. CESARO FOR WWE IC TITLE, RUSEV VS. KALISTO FOR WWE UNITED STATES TITLE)» (em inglês). Wrestle View. Consultado em 27 de maio de 2016. Cópia arquivada em 27 de maio de 2016 
  65. Caldwell, James (19 de junho de 2016). «6/19 WWE MITB PPV Results – CALDWELL'S Ongoing Live Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 19 de junho de 2016 
  66. Konuwa, Alfred. «WWE Money In The Bank 2017 Results: Baron Corbin Destroyed Indy Wrestling Nostalgia». Forbes (em inglês) 
  67. Terror, Jude (30 de maio de 2017). «Shane McMahon Confirms First Ever Women's Money In The Bank Ladder Match On WWE Smackdown Live». Bleeding Cool News And Rumors. Consultado em 17 de agosto de 2017 
  68. «WWE SmackDown LIVE results, June 20, 2017: The Viper strikes back on The Modern-Day Maharaja». WWE (em inglês) 
  69. «WWE SmackDown LIVE results, June 20, 2017: The Viper strikes back on The Modern-Day Maharaja». WWE (em inglês) 
  70. «WWE SmackDown LIVE results, Aug. 15, 2017: Corbin's cash-in attempt ends in calamity». WWE (em inglês) 
  71. «Resultados da WWE SmackDown LIVE, 15 de agosto de 2017: a tentativa de cash-in de Corbin termina em calamidade». WWE. 15 de agosto de 2017. Consultado em 16 de agosto de 2017 
  72. Dale Plummer e Nick Tylwalk (3 de abril de 2006). «WrestleMania delivers big time on PPV». SLAM! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 5 de setembro de 2008 
  73. «Rob Van Dam def. Shelton Benjamin to become Intercontinental Championship». World Wrestling Entertainment. 30 de abril de 2006. Consultado em 23 de maio de 2008 
  74. Elliott, Brian (12 de junho de 2006). «ECW resurrected at PPV». SLAM! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 5 de setembro de 2008 
  75. Dale Plummer and Nick Tylwalk (1 de abril de 2007). «Undertaker the champ, McMahon bald». SLAM! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 8 de março de 2009 
  76. DiFino, Lennie (7 de maio de 2007). «Gold Digging». WWE. Consultado em 23 de maio de 2008. Cópia arquivada em 22 de novembro de 2013. The Rated-R Superstar struck gold when he defeated the loudmouth from SmackDown, Mr. Kennedy, for the Money in the Bank briefcase and its guaranteed World Championship opportunity. He did this by attacking Mr. Kennedy before the match actually started, giving the ultimate opportunist (Edge) an advantage. 
  77. Starr, Noah (11 de maio de 2007). «In with the new». World Wrestling Entertainment. Consultado em 23 de maio de 2008 
  78. Dale Plummer (30 de março de 2008). «Mayweather, Orton survive Mania; Edge, Flair don't». SLAM! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 8 de março de 2009 
  79. Adkins, Greg (30 de junho de 2008). «Opportunity Knocked, Punk Answered». World Wrestling Entertainment. Consultado em 1 de julho de 2008 
  80. Plummer, Dale (22 de novembro de 2010). «RAW: The Miz cashes in as Nexus costs Orton WWE title». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de novembro de 2010 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Money in the Bank ladder match