Abrir menu principal
Francisco de Faria Lemos
Nascimento 23 de dezembro de 1828
Recife
Morte 7 de novembro de 1904 (75 anos)
Cidadania Brasil
Ocupação político, advogado, juiz

Francisco de Faria Lemos (Recife, 23 de dezembro de 1828Rio de Janeiro, 7 de novembro de 1904) foi um político brasileiro.

BiografiaEditar

Filho do Major Francisco de Faria Lemos e de Cândida Maria de Avelez Faria. Formado em direito.

Foi presidente das províncias: de Pernambuco, nomeado em 8 de maio de 1872, de 10 de junho de 1872 a 5 de novembro de 1872; do Ceará, nomeado em 12 de janeiro de 1876, de 22 de março de 1876 a 10 de janeiro de 1877; do Rio Grande do Sul, nomeado em 28 de março de 1877 e exonerado em 30 de janeiro de 1878, no período de 21 de maio de 1877 a 10 de fevereiro de 1878, e de Minas Gerais, nomeado em 20 de março de 1886, de 1 de maio de 1886 a 8 de junho de 1886 e de 14 de junho de 1886 a 1 de janeiro de 1887.

Foi nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal em decreto de 25 de maio de 1892, assumindo o cargo em 4 de junho de 1893, aposentado no cargo por decreto de 17 de janeiro de 1894.

Ligações externasEditar


Precedido por
João José de Oliveira Junqueira
Presidente da província de Pernambuco
1873
Sucedido por
Henrique Pereira de Lucena
Precedido por
Esmerino Gomes Parente
Presidente da província do Ceará
1876 — 1877
Sucedido por
Caetano Estelita Cavalcanti Pessoa
Precedido por
João Dias de Castro
Presidente da província do Rio Grande do Sul
1877 — 1878
Sucedido por
João Chaves Campelo
Precedido por
Manuel do Nascimento Machado Portela
Presidente da província de Minas Gerais
1886 — 1887
Sucedido por
Antônio Teixeira de Sousa Magalhães
Precedido por
Luiz Correa de Queiroz Barros
Ministro do Supremo Tribunal Federal
4 de junho de 1892 — 11 de janeiro de 1894
Sucedido por
Americo Braziliense de Almeida Mello


  Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.