Garotas e Samba

filme de 1957 dirigido por Carlos Manga

Garotas e Samba é um filme brasileiro de 1957 do gênero "Comédia Musical" dirigido por Carlos Manga para a Atlântida Cinematográfica.[1][2] Roteiro de José Cajado Filho, que parodia o filme "How to Marry a Millionaire".[1] Números musicais com Francisco Carlos, Adelaide Chiozzo, Rui Rey, Ivon Cury, Emilinha e outros. Considerado o último musical da Atlântida, foi o primeiro filme de Sônia Mamede (que substituiu Consuelo Leandro).[1]

Garotas e Samba
 Brasil
1957 •  p&b •  105 min 
Direção Carlos Manga
Roteiro Carlos Manga
José Cajado Filho
Elenco Francisco Carlos
Sônia Mamede
Zé Trindade
Ivon Cury
Género comédia
Idioma português

ElencoEditar

O elenco do filme Garotas e Samba:[3]

SinopseEditar

A pensão da Dona Inocência é agitada com a chegada de três novas inquilinas que vão dividir o mesmo quarto e se tornarem amigas: Zizi, que deixou seu noivo no altar; Didi, que sonha em cantar no rádio; e Naná, que deseja se casar com um milionário.[3] Enquanto Zizi consegue um contrato de vedete na boate do cantor Charlô, Didi é enganada pelo vigarista Belmiro e Naná se relaciona com o ex-noivo de Zizi, que herdou uma grande herança.[3]

Referências

  1. a b c d «Sonia Mamede». Memoria Globo. Consultado em 12 de dezembro de 2019 
  2. AdoroCinema, Garotas e Samba : Elenco, atores, equipe técnica, produção, consultado em 12 de dezembro de 2019 
  3. a b c «Garotas e Samba». bases.cinemateca.gov.br. Cinemateca Brasileira. Consultado em 12 de dezembro de 2019