Abrir menu principal

Jorge Mountbatten, 2.º Marquês de Milford Haven

Jorge
Marquês de Milford Haven
Esposa Nádia Mikhailovna de Torby
Descendência Tatiana Elizabeth Mountbatten
David Mountbatten
Casa Battenberg
Nome completo
Jorge Luís Vítor Henrique Sérgio
Nascimento 6 de dezembro de 1892
  Novo Palácio, Darmstadt, Hesse e Reno, Império Alemão
Morte 8 de abril de 1938 (45 anos)
  Londres, Inglaterra, Reino Unido
Enterro Cemitério de Bray, Berkshire, Inglaterra, Reino Unido
Pai Luís de Battenberg
Mãe Vitória de Hesse e Reno
Brasão

Jorge Mountbatten GCVO (Darmstadt, 6 de dezembro de 1892Londres, 8 de abril de 1938), nascido príncipe Jorge de Battenberg, foi o 2.º Marquês de Milford Haven. Ficou mais conhecido por possuir a maior coleção de erotismo da época.[1]

BiografiaEditar

 
Jorge c. 1900.

Nascido no dia 6 de dezembro de 1892 em Darmstadt, Grão-Ducado de Hesse, Jorge era o terceiro filho, primeiro menino, do príncipe Luís de Battenberg. Pertencia à Casa de Battenberg, do ramo ilegítimo da Casa de Hesse. A mãe Jorge, a princesa Vitória de Hesse e Reno era filha de Luís IV, Grão-Duque de Hesse e Alice do Reino Unido, uma das filhas da rainha Vitória do Reino Unido e do príncipe Alberto. Os pais de Jorge eram primos em segundo grau.

Na altura do nascimento de Jorge, seus pais já tinham duas filhas, as princesas Alice, mãe do príncipe Filipe, marido da rainha Isabel II do Reino Unido, e Luísa, futura rainha da Suécia. Em 1900, a princesa Vitória deu à luz seu quarto e último filho, Luís Mountbatten, 1.º Conde Mountbatten da Birmânia.

Jorge seguiu os passos de seu pai e entrou para a Marinha Real Britânica, já em 1913 foi promovido a subtenente e em 1914 durante a Primeira Guerra Mundial a tenente. Em 1917, após a onda anti-germânica que varreu o Reino Unido, a pedido do então rei Jorge V, o pai de Jorge renunciou a todos os seus títulos alemães e anglicizou o nome da família de Battenberg para Mountbatten. Jorge passou, então, a ser conhecida por Lorde Jorge Mountbatten.

Descrito como um excelente matemático, segundo a família e amigos, o marquês poderia "resolver complicados problemas de aritmética em sua cabeça em poucos segundos".[2] A rainha Isabel II, sua prima, disse sobre Jorge: "Era uma das pessoas mais inteligentes e brilhantes que já conheci".[3]

Casamento e descendênciaEditar

Em 15 de novembro de 1916 na Embaixada Russa em Londres, Jorge desposou a condessa Nádia Mikhailovna de Torby, filha do grão-duque Miguel Mikhailovich da Rússia e de sua esposa morganática Sofia de Merenberg. Após o casamento, passavam a viver no subúrbio de Holyport em Bray. Eles tiveram dois filhos:

MorteEditar

Mountbatten morreu aos 45 anos, de câncer de medula óssea, e foi sepultado no Cemitério de Bray em Berkshire.

LegadoEditar

Ele reuniu uma grande coleção de erotismo, agora abrigada no Museu Britânico.[4][5]

Títulos e estilosEditar

  • 6 de dezembro de 1892 – 14 de julho de 1917: Sua Alteza Sereníssima o príncipe Jorge de Battenberg
  • 14 de julho de 1917 – 7 de novembro de 1917: Sir Jorge Mountbatten
  • 7 de novembro de 1917 – 11 de setembro de 1921: Conde de Medina
  • 11 de setembro de 1921 – 8 de abril de 1938: O Mais Honorável o Marquês de Milford Haven

HonrariasEditar

AncestraisEditar

Referências

BibliografiaEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jorge Mountbatten
  • Hough, Richard Louis and Victoria: The Family History of the Mountbattens. Second edition. London: Weidenfeld and Nicolson. 1984. ISBN 0-297-78470-6 


  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.