Here, There and Everywhere


"Here, There and Everywhere"
Canção de The Beatles
do álbum Revolver
Lançamento 5 de agosto de 1966
Gravação Abbey Road Studios, 14 de junho de 1966
Gênero(s) Soft rock,[1] pop[2]
Duração 2:25
Gravadora(s) Parlophone
Composição Lennon-McCartney
Produção George Martin
Faixas de Revolver
  1. "Taxman"
  2. "Eleanor Rigby"
  3. "I'm Only Sleeping"
  4. "Love You To"
  5. "Here, There and Everywhere"
  6. "Yellow Submarine"
  7. "She Said She Said"
Side two
  1. "Good Day Sunshine"
  2. "And Your Bird Can Sing"
  3. "For No One"
  4. "Doctor Robert"
  5. "I Want to Tell You"
  6. "Got to Get You into My Life"
  7. "Tomorrow Never Knows"
Faixas de Revolver
Love You To
(4)
Yellow Submarine
(6)

Here, There and Everywhere é uma canção da banda de rock inglesa The Beatles do seu álbum Revolver, de 1966. Uma balada de amor, composta por Paul McCartney [3][4] mas creditada a Lennon-McCartney. McCartney a inclui entre as suas favoritas pessoais de todas as canções que compôs. [3] Em 2000, Mojo classificou-a em 4.º lugar na lista da revista das maiores canções de todos os tempos.[5] Foram feitos três versões em português. A primeira foi feita em 1966 por Fred Jorge que virou "Amor, Nada Mais" que foi gravada pelo cantor Ronnie Von no seu disco de estréia que levava seu nome. A segundaa foi feita em 1987 por Fausto Nilo que virou "Viver e Reviver" que foi gravada pela cantora Gal Costa no seu disco Lua de Mel como o Diabo Gosta. A terceira e última foi feita em 2001 pela cantora Rita Lee que virou "Aqui, Ali, Em Qualquer Lugar" que foi gravada por ela própria no disco de mesmo nome da versão.

PessoalEditar

De acordo com Ian MacDonald,[6] exceto onde indicado:

Referências

  1. Pollack 1994.
  2. Moorefield 2005.
  3. a b Miles 1997, pp. 285–86.
  4. Sheff 2000, p. 179.
  5. «Mojo lists». Rocklistmusic 
  6. MacDonald 2005, p. 210.
  7. Rodriguez 2012, p. 145.
  8. Everett 1999, p. 60.

BibliografiaEditar

  Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.