Abrir menu principal

Hungria 10 X 1 El Salvador foi o placar da primeira partida de futebol da primeira fase do Grupo 3 da Copa do Mundo de 1982. O jogo aconteceu em 15 de junho de 1982 e entrou para a história por ser a maior goleada da história das Copas do Mundo.[1]

Hungria 10 x 1 El Salvador
Elche-Xerez.jpg
Evento Copa de 1982 (1ª Fase, Grupo 3)
Detalhes
Data 15 de junho de 1982
Local Nuevo Estadio, Espanha Elche
Árbitro Bahrein Ebrahim Al Doy
Público 23.000

Dos 10 gols marcados pela Hungria, sete foram no segundo tempo da partida (três deles marcados por László Kiss). O gol de honra de El Salvador, marcado por Luis Ramírez Zapata, é o único do país nas duas Copas em que disputou.[2]

Índice

DetalhesEditar

15 de Junho de 1982 Hungria   10–1   El Salvador Nuevo Estadio,   Elche
21:00 CEST
Nyilasi   4' (cabeça),   83' (cabeça)
Pölöskei   11'
Fazekas   23',   54'
Tóth   50'
L. Kiss   69',   72',   76'
Szentes   70'
Relatório Ramírez   64' Público: 23,000
Árbitro:   Ebrahim Al Doy
GK 1 Ferenc Mészáros
DF 2 Győző Martos
DF 3 László Bálint
DF 4 József Tóth
MF 5 Sándor Müller   69'
DF 6 Imre Garaba
FW 7 László Fazekas   32'
MF 8 Tibor Nyilasi     1'
FW 9 András Törőcsik   55'
FW 11 Gábor Pölöskei
DF 14 Sándor Sallai
Substituições:
FW 10 László Kiss   55'
MF 12 Lázár Szentes   69'
Técnico:
  Kálmán Mészöly
GK 1 Luis Guevara Mora
DF 2 Mario Castillo
DF 3 José Francisco Jovel
DF 4 Carlos Recinos
MF 6 Joaquín Ventura   79'
MF 8 José Luis Rugamas   27'
FW 9 Ever Hernández
MF 10 Norberto Huezo  
FW 11 Mágico González
FW 13 José María Rivas
DF 15 Jaime Rodríguez
Substituições:
DF 5 Ramón Fagoaga   79'
FW 14 Luis Ramírez Zapata   27'
Técnico:
  Mauricio Alonso Rodríguez

Assistentes:
Charles Corver  
Henning Lund-Sorensen  

Recordes e curiosidadesEditar

  • Maior goleada em uma partida de Copa do Mundo.
  • Segundo maior placar já visto num torneio profissional de seleções da FIFA (superado apenas em 2013, no jogo Espanha 10 x 0 Taiti, pela Copa das Confederações).[3]
  • Único placar com 2 dígitos em uma Copa do Mundo, sendo a Hungria a seleção com mais gols em um único jogo.
  • Segunda partida com mais gols em Copas, empatada com Polônia 5 x 6 Brasil (1938) e Hungria 8 x 3 Alemanha Ocidental (1954), perdendo apenas para Áustria 7 x 5 Suíça (1954).
  • O hat-trick de Kiss é o único na Copa do Mundo a ser feito por um jogador que saiu do banco de reservas, sendo também o com menor diferença entre primeiro e terceiro gol e um dos oito marcados em apenas um tempo.
  • A Hungria igualou o feito da Áustria (contra a Suíça, pelas quartas-de-final da Copa de 1954) ao marcar quatro gols num intervalo de 7 minutos. Esse recorde foi superado pela Alemanha, que em 2014 levou seis minutos para marcar quatro gols (contra o Brasil, pelas semifinais).
  • Empatado com outros cinco jogos, é a disputa que possui o maior número de jogadores fazendo gols em um única partida de Copa: sete. A Hungria tornou-se a segunda seleção com mais jogadores fazendo gols em uma única partida (seis jogadores), estando atrás somente da Iugoslávia, que em 1974, ganhou do Zaire por 9–0, com sete jogadores marcando.
  • Último placar inédito em uma Copa do Mundo.
  • Partida com mais gols de reservas (5) e a que mais teve reservas fazendo ao menos um gol (3).

Ver tambémEditar

Referências

  1. thebrazilianpost.com.br/ Arquivado em 19 de fevereiro de 2014, no Wayback Machine. Hungria é o país com mais goleadas em copas do mundo
  2. placar.abril.com.br/ Arquivado em 22 de fevereiro de 2014, no Wayback Machine. Festival do chocolate: as dez maiores goleadas da história das Copas
  3. diariodepernambuco.com.br/ Dois dígitos no placar da Fifa, de El Salvador ao Taiti