Abrir menu principal

Recordes da Copa do Mundo FIFA

artigo de lista da Wikimedia
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde agosto de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Esse artigo lista os recordes da Copa do Mundo FIFA e suas eliminatórias.

Índice

PartidasEditar

  • Estreia:
Data Público Placar Estádio
13 de julho de 1930 4 444 França   4–1   México Estádio Pocitos, Montevidéu
18 346 Estados Unidos   3–0   Bélgica Parque Central, Montevidéu
  • Primeira virada:
Data Público Placar Estádio
26 de julho de 1930 79 867 Uruguai   6–1   Iugoslávia Centenário, Montevidéu
  • Primeiro empate:
Data Público Placar Estádio
31 de maio de 1934 35 000 Itália   1–1   Espanha Stadio Giovanni Berta, Florença
  • Primeiro empate sem gol(o)s:
Data Público Placar Estádio
11 de junho de 1958 40 895 Brasil   0–0   Inglaterra Nya Ullevi, Gotemburgo

Nota: O primeiro 0 a 0 em um tempo normal apareceu em 1938 (Tchecoslováquia    Países Baixos). Os tchecos venceram por 3 a 0 na prorrogação.

  • Primeiro jogo entre campeões:
Data Público Placar Estádio
31 de maio de 1962 65 440 Alemanha Ocidental   0–0   Itália Nacional de Chile, Santiago
  • Mais gol(o)s: 12
Data Público Placar Estádio Ref.
26 de junho de 1954 35 000 Áustria   7–5   Suíça La Pontaise, Lausana [1][2]
  • Mais gol(o)s em prorrogação: 5
Data Público Placar Estádio Ref.
17 de junho de 1970 102 444 Itália   4–3 (pro)   Alemanha Ocidental Estádio Azteca, Cidade do México [3]
  • Empate com mais gol(o)s: 8
Data Público Placar Estádio Ref.
17 de junho de 1954 14 000 Inglaterra   4–4   Bélgica St. Jakob-Park, Basileia [4][2]
3 de junho de 1962 8 040 União Soviética   4–4   Colômbia Carlos Dittborn, Arica [5][2]
  • Maior vitória: +9
Data Público Placar Estádio Ref.
15 de junho de 1982 23 000 Hungria   10–1   El Salvador Nuevo Estadio, Elche [6][2]
17 de junho de 1954 13 000 Hungria   9–0   Coreia do Sul Hardturm, Zurique [7][2]
18 de junho de 1974 31 700 Iugoslávia   9–0   Zaire Parkstadion, Gelsenkirchen [8][2]
  • Maior vitória nas eliminatórias: +31
Data Público Placar Estádio
11 de abril de 2001 3 000 Austrália   31–0   Samoa Americana International Sports, Austrália
  • Maior vitória nas eliminatórias em uma futura participante: +10
Data Público Placar Estádio
25 de março de 1938 Hungria   11–1   Grécia Nándor Hidegkuti, Hungria
  • Maior vitória nas eliminatórias em uma ex-participante: +10
Data Público Placar Estádio
29 de fevereiro de 2012 Bahrein   10–0   Indonésia Bahrain National, Bahrein

Nota: Na época   Índias Orientais Neerlandesas

  • Maior número de jogadores marcando gol(o)s: 7
Data Público Placar Estádio
20 de junho de 1954 56 000 Hungria   (4)8–3(3)   Alemanha Ocidental Basileia, Suíça
8 de junho de 1958 16 500 França   (5)7–3(2)   Paraguai Norrköping, Suécia
3 de junho de 1962 8 040 União Soviética   (3)4–4(4)   Colômbia Carlos Dittborn, Chile
18 de junho de 1974 20 000 Iugoslávia   (7)9–0(0)   Zaire Parkstadion, Alemanha Ocidental
15 de junho de 1982 23 000 Hungria   (6)10–1(1)   El Salvador Nuevo Estadio, Espanha
13 de junho de 2002 38 524 Brasil   (5)5–2(2)   Costa Rica Suwon World Cup, Coreia do Sul
20 de junho de 2014 51 003 França   (5)5–2(2)   Suíça Arena Fonte Nova, Brasil

Nota: Em parênteses a quantidade de marcadores de cada seleção.

Data Local Partida
5 de Junho de 1938 Lyon, França Áustria   x   Suécia

Nota: A   Áustria foi anexada pela Alemanha Nazista em 1938 e deixou de ser um país independente. Por isso, seus jogadores foram incorporados pela Seleção Alemã e não pôde se apresentar contra a   Suécia.

Derrotas das seleções campeãsEditar

Nota: Somente a   Espanha perdeu na estreia e para uma seleção que acabou eliminada na primeira fase e somente a   Alemanha, em 1954, retornou a jogar com a equipe que a derrotou.

Derrotas das seleções defendendo o títuloEditar

Nota: O   Uruguai não jogou a Copa seguinte ao seu título de 1930, mas não perdeu na edição posterior que disputou (1950), em que também terminou campeão.

EstatísticasEditar

  • Seleções que não perderam defendendo o título:
  • Ganharam da então campeã na edição seguinte a que perderam como então campeã:

Estreias por ediçãoEditar

Notas: Entre 1974 e 2002 a estreia era disputada regularmente pela seleção então campeã (o que já havia acontecido em 1962) e a partir de 2006 passou a ser pela anfitriã (o que já havia acontecido em 1934, 1950 e de 1958 a 1970). Sem o anfitrião ou o então campeão, foi apenas em 1930, 1938 e 1954. Em 1954, três jogos começaram 50 minutos após o início de Brasil    México, são eles: Iugoslávia   1–0   França, Uruguai   2–0   Tchecoslováquia e Áustria   1–0   Escócia.

Estreias dos defensores do título que não jogaram a estreia do torneioEditar

Estreias dos anfitriões que não jogaram a estreia do torneioEditar

Maiores goleadas por ediçãoEditar

EstatísticasEditar

  • país que mais aplicou a maior goleada de uma edição: 5 vezes
  • país que mais sofreu a maior goleada de uma edição: 3 vezes
  • país que sempre sofreu a maior goleada de uma edição, tendo participado de mais de uma edição: 2 vezes
  • país que sofreu a maior goleada que terminou o torneio em melhor colocação: terceiro lugar (dentre 13 seleções)
  • país que aplicou a maior goleada que terminou o torneio em pior colocação: décimo oitavo (dentre 24 seleções)
  • país que marcou e sofreu a maior goleada em edições seguidas:

Partidas com mais gol(o)s (por edição)Editar

Partidas entre campeõesEditar

Em negrito, ex-campeão que veio a ser campeão novamente na respectiva edição.

Partidas entre futuros campeõesEditar

Em negrito, futuro campeão que veio a ser campeão na respectiva edição do jogo.

Partidas entre campeões e futuros campeõesEditar

Em negrito, ex-campeão novamente campeão na respectiva edição, em negrito e itálico, futuro campeão que veio a ser campeão na respectiva edição do jogo.

RecordesEditar

  • Maior número de vitórias consecutivas: 11
    •   Brasil (3 de junho de 2002 – 27 de junho de 2006)
  • Maior número de derrotas consecutivas: 9
    •   México (12 de julho de 1930 – 8 de junho de 1958)
  • Maior número de empates consecutivos: 5
    •   Bélgica (13 de junho de 1998 – 10 de junho de 2002)
  • Maior número de partidas consecutivas sem perder: 13
    •   Brasil (8 de junho de 1958 – 12 de julho de 1966)
  • Maior número de partidas consecutivas sem vencer: 17
    •   Bulgária (30 de maio de 1962 – 21 de junho de 1994)
  • Maior número de partidas consecutivas sem empatar: 16
    •   Portugal (13 de julho de 1966 – 25 de junho de 2006)
  • Maior número de partidas consecutivas sem fazer gol(o): 5
    •   Argélia (6 de junho de 1986 – 23 de junho de 2010)
    •   Bolívia (17 de julho de 1930 – 23 de junho de 1994)
    •   Honduras (24 de junho de 1982 – 15 de junho de 2014)
  • Maior número de partidas consecutivas sem receber um gol(o): 5
    •   Itália (9 de junho de 1990 – 27 de junho de 1990)
    •   Suíça (13 de junho de 2006 – 16 de junho de 2010)
  • Maior número de partidas consecutivas marcando ao menos um gol(o): 18
    •   Brasil (14 de julho de 1930 – 8 de junho de 1958)
    •   Alemanha (27 de maio de 1934 – 28 de junho de 1958)
  • Maior número de partidas consecutivas marcando ao menos dois gol(o)s: 11
    •   Uruguai (21 de julho de 1930 – 30 de junho de 1954)
  • Maior número de partidas consecutivas marcando ao menos quatro gol(o)s: 4
    •   Uruguai (21 de julho de 1930 – 2 de julho de 1950)
    •   Hungria (17 de junho – 30 de junho de 1954)
  • Maior número de partidas consecutivas marcando ao menos seis gol(o)s: 2
    •   Brasil (9 de julho – 13 de julho de 1950)
  • Maior número de partidas consecutivas marcando ao menos oito gol(o)s: 2
    •   Hungria (17 de junho – 20 de junho de 1954)
  • Maior número de partidas consecutivas recebendo ao menos um gol(o): 22
    •   Suíça (27 de maio de 1934 – 2 de julho de 1994)
  • Maior número de partidas consecutivas recebendo ao menos dois gol(o)s: 9
    •   México (13 de julho de 1930 – 8 de junho de 1958)
  • Maior número de partidas consecutivas recebendo ao menos quatro gol(o)s: 3
    •   Bolívia (17 de julho de 1930 – 2 de julho de 1950)
    •   México (19 de julho de 1930 – 28 de junho de 1950)
  • Maior número de partidas consecutivas recebendo ao menos sete gol(o)s: 2
  • Maior número de partidas consecutivas marcando ao menos um gol(o) contra: 2
    •   Bulgária (16 de julho – 20 de julho de 1966)
    •   Nigéria (30 de junho de 2014 – 16 de junho de 2018)
    •   Rússia (25 de junho – 01 de julho de 2018)
  • Maior período entre participações de uma seleção:
Equipe Tempo Partidas Local Data Público
  Egito 56 anos 2 - 4   Hungria Estádio Giorgio Ascarelli, Nápoles 27 de maio de 1934 9,000
1 - 1   Países Baixos Estádio la favorita, Palermo 12 de junho de 1990 33,421
  Noruega 1 - 2   Itália Stade Vélodrome, Marselha 5 de junho de 1938 19, 000
1 - 0   México RFK Stadium, Washington, D.C. 19 de junho de 1994 52, 395

Nota: Como Egito e Noruega marcaram nos seus jogos de 1934 e 1938, respectivamente, e voltaram a marcar em suas estreias em 1990 e 1994, respectivamente, o período entre suas participações também é o maior período entre dois gol(o)s. No caso da Seleção Egípcia, o mesmo período também é o maior entre o primeiro jogo e a primeira vitória de uma seleção.

  • Maior período entre não-participações de uma seleção:
Equipe Tempo Edições
  Itália 60 anos 1958 e 2018
  • Maior período entre a estreia em Copas e a primeira partida com gol(o):
Equipe Tempo Partidas Local Data Público
  Bolívia 63 anos 0 - 4   Iugoslávia Estádio Gran Parque Central, Uruguai 17 de julho de 1930 18, 306
1 - 3   Espanha Soldier Field, Estados Unidos 27 de junho de 1994 63,089

Nota: O espaço entre a partida da equipe boliviana com a Iugoslávia e o empate Coreia do Sul   0–0   Bolívia, ocorrido quatro dias antes do confronto com a Espanha, é o maior período entre o primeiro jogo e o primeiro jogo sem derrota de uma seleção.

  • Maior período entre dois títulos sucessivos:
Equipe Tempo Edições
  Itália 44 anos 1938 e 1982
  • Maior período entre títulos inéditos sucessivos:
Tempo Edições
20 anos 1978 (primeiro título da   Argentina) e 1998 (primeiro título da   França)
20 anos 1934 (primeiro título da   Itália) e 1954 (primeiro título da   Alemanha Ocidental)
  • Maior período entre dois títulos:
Equipe Tempo Edições
  Itália 72 anos 1934 e 2006
  • Maior período entre participações sucessivas na final:
Equipe Tempo Edições
  Argentina 48 anos 1930 e 1978
  • Maior sequência com campeões diferentes consecutivos:
Número de edições Sequência Seleções campeãs
5 edições 1966, 1970, 1974, 1978 e 1982   Inglaterra,   Brasil,   Alemanha Ocidental,   Argentina e   Itália
1982, 1986, 1990, 1994 e 1998   Itália,   Argentina,   Alemanha Ocidental,   Brasil e   França
1998, 2002, 2006, 2010 e 2014   França,   Brasil,   Itália,   Espanha e   Alemanha
2002, 2006, 2010, 2014 e 2018   Brasil,   Itália,   Espanha,   Alemanha e   França
  • Partida mais comum:
Partida Quantidade Edições
Brasil    Suécia 7 vezes 1938, 1950, 1958, 1978, 1990, 1994 (2)
Alemanha    Iugoslávia/  Sérvia 1954, 1958, 1962, 1974, 1990, 1998, 2010
Alemanha    Argentina 1958, 1966, 1986, 1990, 2006, 2010, 2014
  • Final mais comum
Partida Quantidade Edições
Alemanha   -   Argentina 3 vezes 1986, 1990 e 2014
  • Semifinal mais comum
Partida Quantidade Edições
Alemanha   -   França 2 vezes 1982 e 1986
Itália   -   Alemanha 1970 e 2006
  • Disputa de 3º lugar mais comum
Partida Quantidade Edições
Alemanha   -   Uruguai 2 vezes 1970 e 2010
  • Quartas de final mais comum
Partida Quantidade Edições
Alemanha  -   Iugoslávia/  Sérvia 3 vezes 1954, 1958 e 1962
  Itália  -   Espanha 1934 (2) e 1994
  • Oitavas de final mais comum
Partida Quantidade Edições
Brasil   -   Chile 3 vezes 1998, 2010 e 2014
  • Segunda fase mais comum
Partida Quantidade Edições
Brasil   -   Argentina 3 vezes 1974, 1978 e 1982
  • Primeira fase mais comum
Partida Quantidade Edições
Argentina   -   Nigéria 5 vezes 1994, 2002, 2010, 2014 e 2018
Brasil   -   Iugoslávia/  Sérvia 1930, 1950, 1954, 1974 e 2018
Alemanha   -   Suíça 4 vezes 1938 (2), 1962 e 1966
Brasil   -   Espanha 1934, 1962, 1978 e 1986
Brasil   -   Escócia 1974, 1982, 1990 e 1998
França   -   México 1930, 1954, 1966 e 2010
Brasil   -   México 1950, 1954, 1962 e 2014
  • Confronto consecutivo mais comum
Partida Quantidade Edições
Itália   -   Argentina 5 vezes 1974 a 1990
  • Confronto repetido mais comum
Partida Quantidade Edições
Brasil   -   Tchecoslováquia 2 vezes 1938 e 1962
  • Sequência entre mesmas seleções
Seleção Adversários Edições
  Argentina   México e   Alemanha 2006 e 2010
  • Partida decisiva mais comum:
Partida Quantidade Edições
Alemanha   -   Argentina 5 vezes 1986, 1990, 2006 e 2010 e 2014
Brasil   -    Itália 1938, 1970, 1978 e 1982 e 1994
Holanda   -   Brasil 1974, 1994, 1998 e 2010 e 2014
  • Maior vitória em Finais: +3
Data Local Jogo Público
29 de junho de 1958 Estocolmo, Suécia Brasil   5–2   Suécia 51.800
21 de junho de 1970 Cidade do México, México Brasil   4–1   Itália 108.000
12 de julho de 1998 Saint-Denis, França França   3–0   Brasil 80.000
  • Maior vitória em um quadrangular final: +6
Data Local Jogo Público
3 de julho de 1950 Maracanã, Rio de Janeiro, Brasil Brasil   7-1   Suécia 138,886
  • Maior vitória em semi-finais: +6
Data Local Jogo Público
8 de julho de 2014 Mineirão, Belo Horizonte, Brasil Brasil   1–7   Alemanha 58, 141
  • Maior vitória em disputas pelo terceiro lugar: +4
Data Local Jogo Público
16 de julho de 1994 Rose Bowl, Pasadena, Estados Unidos Suécia   4–0   Bulgária 91, 500
  • Maior vitória em quartas de finais: +8
Data Local Jogo Público
12 de junho de 1938 Stade du Fort Carré, Antibes, França Suécia   8-0   Cuba 6,846
  • Maior vitória em oitavas de finais: +6
Data Local Jogo Público
27 de maio de 1934 Stadio Nazionale PNF, Roma, Itália Itália  7-1   Estados Unidos 25,000
  • Partida com mais acréscimos na prorrogação:
Data Local Jogo Tempo de Acréscimo Público Notas
3 de julho de 1990 Nápoles, Itália Itália   1–1   Argentina 7 minutos 59.978 [9]

Maior goleada em fase final (a partir das oitavas-de-final): +8

Data Local Jogo Público
12 de junho de 1938 Stade du Fort Carré, Antibes, França Suécia   8-0   Cuba 6,846

Única goleada na seleção que viria a ser campeã: +5

Data Local Jogo Público
20 de junho de 1954 Basel, Suiça Hungria   8–3  Alemanha Ocidental 65.000

SeleçõesEditar

GeralEditar

  • Maior número de participações:
País Quantidade Edições Ref.
  Brasil 21[a] 1930 a 2018 [2]
  Alemanha 19 1934 a 2018 exceto 1950
  Itália 18 1934 a 2014 exceto 1958
  • Maior número de participações em eliminatórias:
País Quantidade Edições
  Luxemburgo 20[b] 1934 a 2018
  • Maior % de classificação em eliminatórias em relação ao número de participações:
País Quantidade Em relação ao total
  Alemanha 14 100.0
  Brasil 12
  Sérvia e Montenegro 1
  • Mais vezes disputando repescagem em eliminatórias:
País Quantidade Edições
  Austrália 6 1986, 1994, 1998, 2002, 2006, 2018
  Ucrânia 4 1998, 2002, 2010, 2014
  Uruguai 2002, 2006, 2010, 2014

Nota: No caso de   Austrália e   Uruguai, as repescagens foram as internacionais.

  • Maior número de títulos:
País Quantidade Edições Ref.
  Brasil 5 1958, 1962, 1970, 1994, 2002 [2]
  Alemanha 4 1954, 1974, 1990, 2014
  Itália 1934, 1938, 1982, 2006
  • Porcentagem de edições com título em relação ao número de participações:
País Em relação ao total
  Brasil 23%
  Itália 22%
  Alemanha 21%
  Uruguai 15%
  França 13%
  Argentina 11%
  Inglaterra 6%
  Espanha
  • Maior número de títulos sem disputar uma partida extra ou com prorrogação e/ou pênalti :
País Quantidade Edições Quantidade de jogos
  Brasil 2 1970 e 2002 6 (1970), 7 (2002)
  França 1 2018 7
  Uruguai 1930 4
  • Maior número de títulos vencendo todas as partidas
País Quantidade Edições Ref.
  Brasil 2 1970, 2002 [2]
  • Maior número de títulos sem empatar:
País Quantidade Edições
  Brasil 2 1970, 2002
  Alemanha 1954, 1974
  • Maior número de títulos no século XX:
País Quantidade Edições
  Brasil 4 1958, 1962, 1970, 1994
  Alemanha 3 1954, 1974, 1990
  Itália 1934, 1938, 1982
  • Maior número de títulos no século XXI:
País Quantidade Edições Ref.
  Brasil 1 2002 [2]
  Itália 2006
  Espanha 2010
  Alemanha 2014
  França 2018
  • Maior número de títulos em Copas com 16 times e com fases de grupos:
País Quantidade Edições
  Brasil 3 1958, 1962, 1970
  Alemanha 2 1954, 1974
  Itália 2 1982, 2006
  Argentina 1 1978
  Inglaterra 1966
  • Maior número de títulos em Copas com 24 times:
País Quantidade Edições
  Brasil 1 1994
  Alemanha Ocidental 1990
  Argentina 1986
  Itália 1982
  • Maior número de títulos em Copas com 32 seleções:
País Quantidade Edições
  França 2 1998 e 2018
  Alemanha 1 2014
  Espanha 2010
  Itália 2006
  Brasil 2002
  • Maior número de títulos em Copas com segunda fase:
País Quantidade Edições
  Itália 1 1982
  Argentina 1978
  Alemanha Ocidental 1974
  • Maior número de títulos pós-Segunda Guerra Mundial:
País Quantidade Edições Ref.
  Brasil 5 1958, 1962, 1970, 1994, 2002 [2]
  Alemanha 4 1954, 1974, 1990, 2014
  Itália 2 1982, 2006
  Argentina 1978, 1986
  França 1998, 2018
  • Maior número de títulos no século XX pós-Segunda Guerra Mundial:
País Quantidade Edições Ref.
  Brasil 4 1958, 1962, 1970, 1994 [2]
  Alemanha 3 1954, 1974, 1990
  Argentina 2 1978, 1986
  • Maior número de títulos pré-Segunda Guerra Mundial:
País Quantidade Edições Ref.
  Itália 2 1934 e 1938 [2]
  Uruguai 1 1930
  • Maior número de títulos fora do seu continente:
País Quantidade Edições
  Brasil 2 1958 e 2002
  Alemanha 1 2014
  Espanha 2010
  • Maior número de títulos dentro do seu continente:
País Quantidade Edições
  Itália 4 1934, 1938, 1982 e 2006
  Alemanha 3 1954, 1974 e 1990
  Brasil 1962, 1970 e 1994
  Uruguai 2 1930 e 1950
  Argentina 1978 e 1986
  França 1998 e 2018
  Inglaterra 1 1966
  • Títulos em mais continentes:
País Quantidade Continentes
  Brasil 3 Europa (1958), América (1962, 1970 e 1994) e Ásia (2002)
  Alemanha 2 Europa (1954, 1974 e 1990) e América (2014)
  • Maior número de títulos na Europa:
País Quantidade Edições
  Itália 4 1934, 1938, 1982 e 2006
  Alemanha 3 1954, 1974 e 1990
  França 2 1998 e 2018
  Brasil 1 1958
  Inglaterra 1966
  • Maior número de títulos fora da Europa:
País Quantidade Edições
  Brasil 4 1962, 1970, 1994 e 2002
  Argentina 2 1978 e 1986
  Uruguai 1930 e 1950
  Alemanha 1 2014
  Espanha 2010

Nota: Na campanha de 2018, a   França jogou um dos sete jogos na Rússia Asiática.

  • Maior número de títulos na América:
País Quantidade Edições
  Brasil 3 1962, 1970 e 1994
  Argentina 2 1978 e 1986
  Uruguai 1930 e 1950
  Alemanha 1 2014
  • Maior número de títulos fora da América:
País Quantidade Edições
  Itália 4 1934, 1938, 1982 e 2006
  Alemanha 3 1954, 1974 e 1990
  Brasil 2 1958 e 2002
  França 1998 e 2018
  Inglaterra 1 1966
  Espanha 2010
  • Maior número de títulos na Europa/América:
País Quantidade Edições
  Brasil 4 1958, 1962, 1970 e 1994
  Alemanha 1954, 1974, 1990 e 2014
  Itália 1934, 1938, 1982 e 2006
  • Maior número de títulos fora da Europa/América:
País Quantidade Edições
  Brasil 1 2002
  Espanha 2010

Nota: Na campanha de 2018, a   França jogou um dos sete jogos na Rússia Asiática.

  • Maior número de títulos na América do Norte:
País Quantidade Edições
  Brasil 2 1970 e 1994
  Argentina 1 1986
  • Maior número de títulos na América do Sul:
País Quantidade Edições
  Uruguai 2 1930 e 1950
  Brasil 1 1962
  Argentina 1978
  Alemanha 2014
  • Maior número de títulos consecutivos:
País Quantidade Edições
  Brasil 2 1958, 1962
  Itália 1934, 1938
  Uruguai 1930, 1950

Nota: O   Uruguai não participou da Copa do Mundo FIFA de 1934 e de 1938

  • Maior número de títulos em Copas realizadas em sedes monárquicas:
País Quantidade Edições
   Itália 2 1934 e 1982
  Brasil 1958 e 2002
  Inglaterra 1 1966

Nota: A Copa de 2002 foi realizada em uma monarquia (Japão) e em uma república (Coreia do Sul).

  • Maior número de títulos em Copas realizadas em sedes republicanas:
País Quantidade Edições
  Brasil 4 1962, 1970, 1994 e 2002
  Alemanha 1954, 1974, 1990 e 2014
  Itália 2 1938 e 2006
  França 1998 e 2018
  Argentina 1978 e 1986
  Uruguai 1930 e 1950

Nota: A Copa de 2002 foi realizada em uma monarquia (Japão) e em uma república (Coreia do Sul).

  • Títulos por troféu:
Seleção Taça Jules Rimet Taça do Mundo FIFA
  Brasil 3 2
  Alemanha 1 3
  Itália 2 2
  Uruguai 2 0
  Argentina 0 2
  França 0 2
  Inglaterra 1 0
  Espanha 0 1
  • Títulos por último dígito do ano:
Seleção 0 2 4 6 8
  Brasil 1 2 1 0 1
  Alemanha 1 0 3 0 0
  Itália 0 1 1 1 1
  Uruguai 2 0 0 0 0
  Argentina 0 0 0 1 1
  França 0 0 0 0 2
  Inglaterra 0 0 0 1 0
  Espanha 1 0 0 0 0
  • Maior número de finais disputadas:
País Quantidade Edições Ref.
  Alemanha 8 1954, 1966, 1974, 1982, 1986, 1990, 2002, 2014 [2]
  Brasil 7 1950, 1958, 1962, 1970, 1994, 1998, 2002
  Itália 6 1934, 1938, 1970, 1982, 1994, 2006
  • Maior número de finais consecutivas:
País Quantidade Edições
  Brasil 3 1994, 1998, 2002
  Alemanha 1982, 1986, 1990
  • Maior número de vice-campeonatos:
País Quantidade Edições
  Alemanha 4 1966, 1982, 1986, 2002
  Países Baixos 3 1974, 1978, 2010
  Argentina 1930, 1990, 2014
  • Mais vezes terceiro colocado:
País Quantidade Edições
  Alemanha 4 1934, 1970, 2006, 2010
  Brasil 2 1938, 1978
  França 1958, 1986
  Suécia 1950, 1994
  Polónia 1974, 1982
  • Mais vezes quarto colocado:
País Quantidade Edições
  Uruguai 3 1954, 1970, 2010
  Brasil 2 1974, 2014
  Iugoslávia 1930, 1962
  Inglaterra 1990, 2018

Nota: Em 1930 não houve disputa pelo terceiro lugar, mas para efeitos de estatística lançamos a   Iugoslávia como 4ª colocada pois ela teve um desempenho pior do que a outra seleção semifinalista.

  • Mais vezes na disputa de terceiro lugar:
País Quantidade Edições
  Alemanha 5 1934, 1958, 1970, 2006, 2010
  Brasil 4 1938, 1974, 1978, 2014
  França 3 1958, 1982, 1986
  Uruguai 1954, 1970, 2010
  Suécia 1938, 1950, 1994
  • Mais copas como terceiro colocado consecutivamente
País Edições em 3° lugar consecutivamente Vezes consecutivas
  Alemanha 2006, 2010 2
  • Mais vezes semifinalista:
País Quantidade Edições Ref.
  Alemanha 13 1934, 1954, 1958, 1966, 1970, 1974, 1982, 1986, 1990, 2002, 2006, 2010, 2014 [2]
  Brasil 11 1938, 1950, 1958, 1962, 1970, 1974, 1978, 1994, 1998, 2002, 2014
  Itália 8 1934, 1938, 1970, 1978, 1982, 1990, 1994, 2006

Nota: Tanto em 1950 como em 1974 e 1978 não houve semifinal. Após a 1ª fase de 1950, as seleções se enfrentariam todos contra todos em um quadrangular final. Já em 1974 e 1978 eram edições que tinham dois grupos com quatro seleções sendo o vencedor de cada grupo se enfrentando na final. Os segundos colocados desses respectivos grupos se enfrentavam na disputa pelo 3º lugar. Para efeitos de estatística, lançamos o   Brasil como semifinalista nas edições de 1950, 1974 e 1978 pois terminou entre os quatro melhores. O mesmo se aplica a   Itália na edição de 1978.

  • Maior número de semifinais consecutivas:
País Quantidade Edições
  Alemanha 4 2002, 2006, 2010, 2014
  Brasil 3 1994, 1998, 2002
  Suécia 1938, 1950, 1958
  Alemanha 1966, 1970, 1974
  Alemanha 1982, 1986, 1990

Nota: Em 1950 não houve semifinal. Após a 1ª fase as seleções se enfrentariam todos contra todos em um quadrangular final. Para efeitos de estatística, lançamos a   Suécia como semifinalista em 1950 pois terminou entre os quatro melhores.

Nota²: A   Suécia não participou da Copa do Mundo FIFA de 1954

  • Mais vezes entre os oito melhores:
País Quantidade
  Brasil 18
  Alemanha 17
  Inglaterra 11
  Itália 10
  Argentina
  • Mais vezes eliminado nas quartas de final:
País Quantidade Edições
  Inglaterra 6 1954, 1962, 1970, 1986, 2002, 2006
  Argentina 5 1966, 1974, 1998, 2006, 2010
  Brasil 1954, 1986, 2006, 2010, 2018

Nota: Em 1974 não houve fase Quartas de Final, mas para efeitos de estatística incluímos a   Argentina pois terminou entre os 8 melhores.

  • Mais vezes eliminado nas oitavas de final:
País Quantidade Edições
  México 7 1994, 1998, 2002, 2006, 2010, 2014 e 2018
  Bélgica 4 1982, 1990, 1994, 2002
  Estados Unidos 1934, 1994, 2010, 2014
  Suíça 1994, 2006, 2014, 2018
  Argentina 1934, 1982, 1994, 2018

Nota: Em 1982 não houve fase Oitavas de Final, mas para efeitos de estatística incluímos a   Bélgica e a   Argentina pois terminaram entre os 16 melhores.

  • Mais copas nunca avançando da primeira fase
País Quantidade Edições Ref.
  Escócia 8 1954, 1958, 1974, 1978, 1982, 1986, 1990, 1998 [2]
  Coreia do Sul 1954, 1986, 1990, 1994, 1998, 2006, 2014, 2018
  Itália 7 1950, 1954, 1962, 1966, 1974, 2010, 2014
  França 1930, 1934, 1954, 1966, 1978, 2002, 2010
  México 1930, 1950, 1954, 1958, 1962, 1966, 1978
  • Seleção que sempre avançou da primeira fase
País Quantidade Edições Ref.
  Irlanda 3 1990, 1994 , 2002 [2]
  • Mais vezes último colocado:
País Quantidade Edições
  México 3 1930, 1958, 1978
  Estados Unidos 2 1934, 1998
  El Salvador 1970, 1982
  Suíça 1962, 1966
  • Mais vezes último colocado consecutivamente:
País Edições em último lugar consecutivamente Vezes consecutivas
  Suíça 1962, 1966 2
  • Mais vezes último colocado em relação ao nº de participações:
País Quantidade Total %
  El Salvador 2 2 100

Nota: Única seleção a participar de mais de uma edição e sempre ficar em último.

  • Melhor desempenho de uma seleção após um último lugar (em copas consecutivas):
País Campanha Posição Edição
  Estados Unidos 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas 8º (dentre 32 seleções) 2002
  México 3 vitórias e 2 empates 6º (dentre 24 seleções) 1986

Nota: O   México não participou da Copa do Mundo FIFA de 1982

  • Melhor desempenho de uma seleção após um último lugar (em copas não consecutivas):
País Campanha Posição Edição como último Edição
  Coreia do Sul 3 vitórias, 2 empates e 2 derrotas 4º (dentre 32 seleções) 1954 2002
  • Pior desempenho:
País Campanha Edição
  Zaire (3 partidas) 3 derrotas e saldo -14 1974
  Coreia do Sul (2 partidas) 2 derrotas e saldo -16 1954
  Bolívia (1 partida) 1 derrota e saldo -8 1950
  • Mais vezes terminando na mesma colocação:

Nota: Excetuando-se seleções campeãs, vice-campeãs ou que terminaram em 3º ou 4º lugar.

País Quantidade Pos. Edições
  Inglaterra 4 1950, 1962, 1970, 1986
  México 13º 1930, 1954, 1994, 1998
  • Maior número de copas sem vencer uma partida
País Quantidade Edições
  México 6 1930, 1950, 1954, 1958, 1966, 1978
  Bulgária 1962, 1966, 1970, 1974, 1986, 1998
  Bélgica 5 1930, 1934, 1938, 1954, 1998
  Coreia do Sul 1954, 1986, 1990, 1994, 1998

Nota: A Bélgica terminou a competição invicta em 1998.

  • Seleções que nunca perderam um jogo de eliminatória em casa
País Quantidade
  Espanha 57
  Brasil 54