Vontade

(Redirecionado de Intenção)

Vontade ou intencionalidade é a capacidade através da qual tomamos posição frente ao que nos aparece. Diante de um fato, podemos desejá-lo ou rejeitá-lo. Ante um pensamento, podemos afirmá-lo, negá-lo ou suspender o juízo sobre ele.

TeologiaEditar

Para os filósofos Santo Agostinho e Descartes, vontade e liberdade são a mesma coisa: a faculdade através da qual somos dignos de louvor, quando escolhemos o bom, e dignos de reprovação, quando escolhemos o mau.

Agostinho e Descartes concordam em que o fato de nós humanos termos vontade nos torna responsáveis pelas nossas decisões e ações. A dimensão moral do homem decorre do fato dele ter vontade.

Em Agostinho, a escolha digna de reprovação é pecado. Em Descartes é erro. O pecado é uma falta religiosa oriunda da vontade. O erro é uma falta moral ou epistêmica. Moral quando a falta oriunda da vontade é prática. Epistêmica quando a falta oriunda da vontade é teórica.

Agostinho e Descartes também concordam em afirmar que o fato de termos vontade não só nos torna responsáveis por nossos atos e decisões como também livra Deus de qualquer responsabilidade sobre a mesma, tal como explica a teodiceia.

O sonenEditar

A palavra Sonen é uma palavra japonesa que não possui um significado exato para a língua portuguesa. Através de seu nome, possui uma ambiguidade, como vontade, razão e sentimento. Se dá através dessas três razões.

A prática do Sonen foi introduzida como uma prática de fé pelo líder da Igreja Messiânica, Kyoshu-Sama.

Existem diversos passos que se pode começar colocar em prática para viver o Sonen. O primeiro deles é a relação entre a pessoa e Deus, por exemplo. Você pode começar a se conscientizar que somos parte de Deus e que o próximo também é, igualmente.[1]

FilosofiaEditar

Ver tambémEditar

 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Vontade
  Este artigo sobre filosofia/um(a) filósofo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


  1. Reikiano, Redação Instituto (24 de agosto de 2020). «Prática do Sonen: o que é, como fazer?». Instituto Reikiano. Consultado em 26 de outubro de 2020