Jagadish Chandra Bose

físico, biólogo, botânico, arqueólogo

Jagadish Chandra Bose,[1] CSI,[2] CIE,[3] FRS,[4] também escrito como Jagdish, Jagadis e Sir Jagadish Chandra Bose, ( /bs/;[5] 30 de novembro de 1858 — 23 de novembro de 1937), foi um polímata, físico, biólogo, biofísico, botânico, e arqueólogo, além de escrever ficção científica. Vivendo na Índia britânica, foi pioneiro na investigação sobre rádio e micro-ondas óticas, tendo feito contribuições muito importantes nos estudos das plantas, e formando as bases da ciência experimental no subcontinente indiano. O Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrónicos (IEEE) o nomeou um dos pais da ciência do rádio.

Jagadish Chandra Bose
Nascimento 30 de novembro de 1858
Bikrampur
Morte 23 de novembro de 1937 (78 anos)
Giridih
Cidadania Índia britânica
Cônjuge Abala Bose
Irmão(s) Labanyaprabha Bose
Alma mater
Ocupação botânico, professor(a) universitário(a), físico, arqueólogo, escritor, químico
Prêmios
Empregador Presidency University, Universidade de Cambridge, Universidade de Londres
Obras destacadas Abyakta
Título Knight Bachelor
Religião hinduísmo
Assinatura
Signature of J.C.Bose signature.png

Referências

  1. Page 3597 of Issue 30022. The London Gazette. (17 April 1917). Retrieved 1 September 2010.
  2. Page 9359 of Issue 28559. The London Gazette. (8 December 1911). Retrieved 1 September 2010.
  3. Page 4 of Issue 27511. The London Gazette. (30 December 1902). Retrieved 1 September 2010.
  4. Saha, M. N. (1940). «Sir Jagadis Chunder Bose. 1858–1937». Obituary Notices of Fellows of the Royal Society. 3 (8): 2–0. doi:10.1098/rsbm.1940.0001 
  5. "Bose". Random House Webster's Unabridged Dictionary.
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Jagadish Chandra Bose
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.