Jefferson Memorial

Thomas Jefferson Memorial é um memorial presidencial em Washington, DC dedicado a Thomas Jefferson, terceiro presidente dos Estados Unidos. O edifício neoclássico foi concebido por John Russell Pope. Foi construído pelo empreiteiro de Filadélfia, John McShain, e foi concluído entre 1939-1943, a estátua de bronze de Jefferson foi adicionado no interior em 1947. Quando concluído, o memorial ocupou um dos últimos significativos lugares desocupados da cidade.

Thomas Jefferson Memorial
Registro Nacional de Lugares Históricos
Memorial Nacional dos EUA
Localização: West Potomac Park,
 Distrito de Colúmbia
 Estados Unidos
Superfície: 74 300 m²
Construído/Fundado: 13 de abril de 1943 (77 anos)
Arquiteto: John Russell Pope
Eggers & Higgins
Estilo(s): Neoclássico
Visitas: 2 312 726 (em 2005)
Administração: Serviço Nacional de Parques
Adicionado ao NRHP: 15 de outubro de 1966 (54 anos)
Nomeado NMEM: 13 de abril de 1943 (77 anos)
Registro NRHP: 66000029

HistóriaEditar

Até 1930, havia monumentos comemorativos em homenagem a outros presidentes americanos, incluindo Abraham Lincoln e George Washington. (jac*)

O Presidente Franklin Roosevelt pensava que Thomas Jefferson também merecia um monumento. Em 26 de junho de 1934, na sequência da sua iniciativa, o Congresso aprovou uma resolução para criar um monumento comemorativo em memória de Jefferson.

O monumento foi projetado por John Russell Pope - também o arquitecto do edifício da National Gallery of Art. O projeto do memorial reflete características dos edifícios projetados por Jefferson como Monticello e da Rotunda, que reflectem o seu fascínio com a arquitetura romana. A concepção arquitectónica do Jefferson Memorial é modelado após as cúpulas estrutura do Panteão de Roma.

ConstruçãoEditar

 
Memorial a Thomas Jefferson. Ao fundo o Monumento a Washington.

A pedra angular foi estabelecida em 15 de novembro de 1939 - dois anos após a morte de Pope. Daniel P. Higgins e Otto Eggers R. assumiram a construção do memorial. O memorial foi construído com mármore Danby Imperial (Vermont) para as paredes exteriores e colunas de mármore rosa Tennessee para o interior, piso georgiano, mármore branco para a parede interior painéis de mármore cinza e Missouri para o pedestal. calcário de Indiana foi usado na construção do limite máximo. O custo de construção foi um pouco mais de 3 milhões de dólares.

O Jefferson Memorial foi oficialmente dedicado em 13 de abril de 1943, no 200º aniversário de Jefferson.

ArquiteturaEditar

ExteriorEditar

 
Visão geral do Jefferson Memorial a partir da escadaria.

O conjunto arquitetônico do Jefferson Memorial é formado por uma escadaria de mármore arredondada, um pórtico, uma colunata circular jônica e um domo abobadado; sendo o prédio aberto aos elementos. Seu diâmetro é de aproximadamente 50 metros.[1]

O memorial foi erguido em mármore Imperial Danby, de Vermont, que se encontra também em uma série de terraços de granito e mármore. Uma lâmina de escadarias de granito e mármore, ladeada por granito bruto, conduz do reservatório Tidal Basin até a entrada do pórtico, formando um frontão triangular.[1]

O frontão abriga uma escultura do "Comitê dos Cinco", realizada por Adolph Alexander Weinman em celebração ao comitê que redigiu a Declaração da Independência. Além do próprio Jefferson, os membros do comitê eram John Adams, Benjamin Franklin, Roger Sherman e Robert Livingston. O frontão é delimitado por uma cornija sob a qual encontra-se uma frisa retilínea.[2]

InteriorEditar

 
O interior do memorial inclui a notória estátua de Jefferson ladeada por trechos de suas cartas, sendo uma delas parte da Declaração de Independência.

O interior do memorial possui pé direito de 5.8 metros de altura, e abriga a notória estátua em bronze de Jefferson, obra do escultor Rudulph Evans.[3] A estátua foi acrescentada ao monumento quatro anos depois da inauguração. A inscrição numa frisa sob a parte interna do domo declara: "Eu jurei sobre o altar de Deus eterna hostilidade contra qualquer forma de tirania sobre a mente humana."[4] Esta declaração é oriunda de uma carta de Jefferson enviada a Benjamin Rush em 23 de setembro de 1800, onde reafirmava seu compromisso com a formação de um Estado laico.[5]

 
O exterior do memorial é circundado por uma colunata de ordem jônica.

No painel que contrapõe a estátua, há um trecho da Declaração da Independência, escrita em 1776:[6]

No painel contrário há um trecho do Estatuto da Liberdade Religiosa da Virgínia de 1777 com exceção da última frase que foi retirada de uma carta pessoal a James Madison em 28 de agosto de 1789:[6][7]

LocalizaçãoEditar

 
O conjunto urbanistíco formado pelo Jefferson Memorial, a enseada Tidal Basin e o Monumento a Washington.

O Jefferson Memorial está situado às margens do rio Potomac, inserido num parque urbano conhecido como West Potomac Park, que abriga também o Lincoln Memorial e o mais recente Martin Luther King, Jr. National Memorial. À frente do monumento, limitando imediatamente suas escadarias, localiza-se a lagoa artificial Tidal Basin, onde existiu primeiramente uma praia artificial na década de 1920.[8] À oeste do memorial, encontra-se o Franklin Delano Roosevelt Memorial, concluindo uma área de três monumentos a presidentes estadunidenses.

O local do memorial é ladeado por um trecho da Route 395, sendo marcadamente conhecido pela presença de uma alameda de cerejeiras doadas pelo governo japonês em 1912.[9] Apesar de ser um foco de turistas e típico cartão postal da cidade, o monumento não é tão proeminente na cultura popular quanto outros prédios públicos no Distrito de Colúmbia, possivelmente por conta de sua localização isolada do National Mall, que concentra a maior parte dos monumentos nacionais na capital estadunidense. O Jefferson Memorial, no entanto, abriga diversos eventos públicos anualmente.

Ligações ExternasEditar

Referências

  1. a b «Thomas Jefferson Memorial--Presidents: A Discover Our Shared Heritage Travel Itinerary». Serviço Nacional de Parques. 1 de novembro de 2019. Consultado em 16 de junho de 2020 
  2. «Jefferson Memorial features». Serviço Nacional de Parques. Consultado em 16 de junho de 2020 
  3. «Model of building for Jefferson Memorial». The New York Times. 7 de março de 1943 
  4. «Interview». Playboy. 28 de junho de 2014 
  5. «JEFL134». Consultado em 16 de junho de 2020 
  6. a b «Quotations on Jefferson Memorial». Monticello. Consultado em 16 de junho de 2020 
  7. Jefferson, Thomas (28 de agosto de 1789). «The Works of Thomas Jefferson». Paul Leicester Ford 
  8. «Once upon a time, the Tidal Basin Bathing Beach». Washingtonian. 26 de agosto de 2018. Consultado em 16 de junho de 2020 
  9. «Cherry Blossom History». Serviço Nacional de Parques. Consultado em 16 de junho de 2020 
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Jefferson Memorial
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jefferson Memorial
  Este artigo sobre Registro Nacional de Lugares Históricos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.