Abrir menu principal

Jogos Europeus de 2019

segunda edição dos Jogos Europeus
II Jogos Europeus
Minsk 2019
2019 European Games Logo.svg
Dados
Países participantes 50
Slogan Bright year, Bright you! [1]
Organização COE
País anfitrião Bielorrússia
Atletas 4 082 (esperado)
Eventos 200 em 15 modalidades
Cerimônia de abertura 21 de junho
Cerimônia de encerramento 30 de junho
Site oficial https://minsk2019.by/en
◄◄ 2015 {{{evento}}} 2023 ►►

Os Jogos Europeus de 2019 (em bielorrusso Еўрапейскія гульні 2019 e em russo Европейские игры 2019) foi a segunda edição dos Jogos Europeus que se foi realizado a cabo em Minsk (Bielorrússia) do 21 ao 30 de junho de 2019. Estes jogos contam com 200 eventos em 23 disciplinas desportivas. Os organizadores deste evento multideportivo esperam ao redor de 4000 atletas de 50 países participantes.

Eleição da sedeEditar

Inicialmente, o Comité Olímpico Europeu em sua assembleia extraordinária do 16 de maio de 2015 tinha elegido aos Países Baixos para que organizasse os Jogos Europeus em várias cidades (Amsterdão, Haia, Eindhoven, Roterdão e Utrecht), mas semanas depois dito país renunciou a realizar o certame multiesportivo. Depois selecionaram as cidades que iam ser candidatas para os jogos europeus:

Em novembro de 2015, Rússia anunciou que seria o país anfitrião dos jogos europeus, mas ao mesmo tempo a AMA (em suas siglas em inglês WADA) começou, por parte do COI, a investigação sobre o escândalo de dopagem dos desportistas russos que implica a renúncia da sua candidatura e apoio num evento desportivo do continente europeu.

Finalmente, durante a 45.ª assembleia geral do COE, que teve lugar em Minsk a 21 de outubro de 2016, se anunciou que os segundos jogos europeus terão lugar na Bielorrússia em junho de 2019. A cidade anfitriã será Minsk.[2]

OrganizaçãoEditar

Em 12 de maio de 2017, o presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko assinou um decreto que criou a Fundação da Direção dos II Jogos Europeus de 2019.[3] Os fundadores da Fundação são: Comitê Olímpico Nacional da Bielorrússia, Comitê Executivo da Cidade de Minsk e o Ministério dos Esportes e do Turismo.[4] George Katulin, Secretário Geral do Comitê Olímpico Nacional da Bielorrússia, foi nomeado como CEO da fundação em agosto de 2017.


VoluntáriosEditar

O início da seleção dos voluntários dos Jogos foi em setembro de 2017 e as candidaturas se encerraram em 1 de abril de 2019. Em abril de 2019, a cabeça da rede de voluntários, Nadezhda Anisovets, disse que o apelo resultou em 24.000 inscrições, muito maiores que as 8.000 necessárias para os Jogos.[5] Também se inscreveram pessoas de outros países, como Rússia, Austrália, Estados Unidos, México e Egito.[6]

MascoteEditar

No outono de 2017, anunciou-se um concurso aberto para o desenvolvimento na Bielorrússia da mascote dos Jogos Europeus. Qualquer um podia participar no concurso. Mais de 2 000 variantes foram recolhidas de profissionais e aficionados. A apresentação pública da versão ganhadora teve lugar num das salas de cinema a 29 de novembro de 2018. A mascote eleita foi um bebé zorro chamado "Lesik" que usa uma camisa e calças curtas com as cores do logo dos jogos e usa sapatos e um gorro com o slogan dos jogos.

SedesEditar

O Comité Organizador planeja envolver às instalações desportivas já existiam após a sua renovação. A abertura e final, bem como as competições em pista e campo, levar-se-ão a cabo no Estádio Dínamo.

Os atletas, oficiais de equipe e outros pessoais da equipe vão viver na villa dos estudantes, preparada para acolher até 6000 pessoas. Parte das instalações da villa já se pôs em funcionamento, parte dela se completou em abril de 2019.

Chave de cores
E Sede já existente
N Sede nova
T Sede temporária

DesportosEditar

Nos Jogos Europeus de 2019 disputar-se-ão competições em 15 desportos: 11 desportos olímpicos, dois desportos não olímpicos (Caratê e sambo) e duas modalidades não olímpicas de desportos olímpicos (basquete 3x3 e futebol de areia). Eliminaram-se várias disciplinas desportivas após os Jogos Europeus de 2015: desportos aquáticos (natação, nado sincronizado, saltos e waterpolo), BMX, ciclismo de montanha, esgrima, taekwondo, triatlo e vôlei (voleibol e voleibol de praia).

ParticipantesEditar

Nestes jogos participarão 50 países pertencentes aos Comités Olímpicos Europeus, representados por ao redor de 4000 desportistas.

Lista de nações participantes (quantidade de desportistas)

DesenvolvimentoEditar

CalendárioEditar

A competição consta de 199 eventos em 15 desportos.

AP Abertura Competições 1 Eventos finais CL Fechamento
Junho 21
Sex
22
Sab
23
Dom
24
Seg
25
Ter
26
Qua
27
Qui
28
Sex
29
Sab
30
Dom
Medalhas
Eventos
       Cerimónias AP CL
  Atletismo 8 1 9
  Badminton 2 3 5
  Basquete (3x3) 2 2
  Boxe 7 8 15
  Ciclismo
  Ciclismo de estrada 1 1 2 4
  Ciclismo de pista 2 6 6 6 20
  Futebol de areia 1 1
  Ginástica
  Ginástica Acrobática 4 2 6
  Ginástica Aeróbica 1 1 2
  Ginástica Artística 2 10 12
  Ginástica Rítmica 1 7 8
  Trampolín 2 2 4
  Judô 5 4 5 1 15
  Caratê 6 6 12
  Luta 4 4 4 3 3 18
  Canoagem 5 11 16
  Sambo 9 9 18
  Tênis de mesa 1 2 2 5
  Tiro 2 4 2 1 2 4 3 1 19
  Tiro com arco 2 2 2 2 8
Total 0 24 37 12 8 15 23 14 30 36 199
Junho 21
Qua
22
Sab
23
Dom
24
Seg
25
Ter
26
Qua
27
Sex
28
Qua
29
Sab
30
Dom
Medalhas
Eventos

MedalheiroEditar

     País sede destacado.

 Ordem  País        
1   Rússia 44 23 42 109
2   Bielorrússia 24 16 29 69
3   Ucrânia 16 17 28 51
4   Itália 13 15 13 41
5   Países Baixos 9 13 7 29
6   Alemanha 7 6 13 26
7   Geórgia 6 10 14 30
8   França 6 9 13 28
9   Grã-Bretanha 6 9 8 23
10   Azerbaijão 5 10 13 28
11   Arménia 5 3 3 11
12   Espanha 5 2 6 13
13   Hungria 4 6 9 19
14   Bélgica 4 1 1 6
  Eslovénia 4 1 1 6
16   Bulgária 3 7 8 18
17   Portugal 3 6 6 15
18   Suíça 3 3 4 10
19   Israel 3 3 1 7
20   Grécia 3 2 4 9
21   Dinamarca 3 2 3 8
22   Polónia 3 1 10 14
23   Suécia 3 1 4 8
24   Turquia 2 6 7 15
25   República Checa 2 5 6 13
26   Roménia 2 3 5 10
27   Letónia 2 3 2 7
28   Croácia 2 1 5 8
29   Lituânia 2 1   3
30   Finlândia 2   1 3
31   Áustria 1 2 4 7
  Irlanda 1 2 4 7
33   Sérvia 1 2 3 6
34   Kosovo 1 1 1 3
35   Estónia   2 3 5
36   Moldávia   1 4 5
37   Eslováquia   1 3 4
38   Luxemburgo   1 2 3
39   Bósnia e Herzegovina   1   1
  Chipre   1   1
  Montenegro   1   1
42   Noruega     2 2
43   San Marino     1 1

ReferênciasEditar

Ligações externasEditar