Kawanishi H8K

Kawanishi H8K (japonês: 二式大型飛行艇, Tipo 2 hidroavião pesado. 二式大艇, Nishiki Daitei, Nishiki Taitei) — foi um hidroavião quadrimotor usado pela Marinha Imperial do Japão na II Guerra Mundial. Era conhecido pelos aliados como Emily. Dos aviões desta categoria usados no conflito, é considerado um dos melhores.

H8K
"Emily"
Kawanishi H8K2 no Kanoya Museum, Japão
Descrição
Tipo / Missão Hidroavião bombardeiro e de patrulha de longo alcance, com motores a pistão, quadrimotor monoplano
País de origem  Japão
Fabricante Kawanishi
Período de produção 1941-1945
Quantidade produzida Seiku: 36 unidade(s)
Tipo 2: 131 unidade(s)
H8K: 167
Primeiro voo em janeiro de 1941 (80 anos)
Introduzido em fevereiro de 1942
Aposentado em 1945
Variantes Ver seção "Versões"
Tripulação 10
Especificações (Modelo: Kawanishi H8K2)
Dimensões
Comprimento 28,15 m (92,4 ft)
Envergadura 38 m (125 ft)
Altura 9,15 m (30,0 ft)
Área das asas 160  (1 720 ft²)
Alongamento 9
Peso(s)
Peso vazio 18 380 kg (40 500 lb)
Peso carregado 24 500 kg (54 000 lb)
Peso máx. de decolagem 32 500 kg (71 600 lb)
Propulsão
Motor(es) 4 x motores radiais a pistão Mitsubishi Kasei 22
Potência (por motor) 1 850 hp (1 380 kW)
Performance
Velocidade máxima 465 km/h (251 kn)
Alcance (MTOW) 7 150 km (4 440 mi)
Teto máximo 8 760 m (28 700 ft)
Razão de subida 8,1 m/s
Aviônica
Tipo(s) de radar(es) Radar ASV Mark VI Model 1
Armamentos
Metralhadoras / Canhões 5 x metralhadoras Tipo 92 .303 de 7,7 mm (0,303 in)
5 x canhões Tipo 99 de 20 mm (0,787 in)
Notas
Dados de: Jane’s Fighting Aircraft of World War II[nota 1]

ProjetoEditar

Em 1938 quando seu antecessor o Kawanishi H6K entrava em serviço, a Marinha japonesa determinou o desenvolvimento de um hidroavião de patrulha maior e com mais alcance. O resultado foi este hidroavião, inspirado no britânico Short Sunderland,[1] e considerado por alguns como o melhor da guerra. Apesar disso, seu desenvolvimento foi problemático. O protótipo apresentou deficiência de flutuação na água. Outros protótipos corrigiram o desenho de seu casco.

Era um hidroavião com grande resistência a danos. Foi dotado de blindagem pesada e seus tanques de combustível eram bem protegidos.[1]

As melhorias na versão H8K2 logo apareceram e por seu armamento defensivo extremamente pesado mereceu o respeito das tripulações aliadas que aparentemente apelidaram-no de porco-espinho voador. O H8K2 era um aperfeiçoamento do H8K1, com motores mais potentes, armamento ligeiramente melhor e um aumento na capacidade dos tanques de combustível. Foi idealizado para ser a versão definitiva e teve 112 aeronaves construídas.

O H8K2-L foi uma versão de transporte de tropas com 40 exemplares fabricados e capaz de transportar 62 soldados. Este avião foi também conhecido como Seiku (晴空, "Céu claro").[2]

Neste foram eliminadas as "bolhas" com armamentos defensivos na parte superior, nas laterais e na barriga. Para aumentar o espaço interno, a blindagem de seus tanques foi removida, reduzindo assim sua resistência.

Em açãoEditar

 
Posição do atirador na "bolha" da cauda do H8K2.

O H8K entrou em produção em 1941 e sua primeira missão foi efetuada na noite de 4 de Março de 1942 na tentativa de um segundo ataque a Pearl Harbor. Uma vez que o alvo deste ousado ataque encontrava-se fora do alcance dos hidroaviões, seria necessário um reabastecimento por submarino a ser realizado no atol French Frigate Shoals a 160Km da Ilha Necker no Havaí. Dois aviões tentaram bombardear Pearl Harbor, mas, devido à baixa visibilidade, não provocaram qualquer dano significativo.

O H8K2 foi usado em várias funções: patrulha, reconhecimento, bombardeiro e transporte durante toda a guerra do Pacífico.

Versões e fotosEditar

Informações sobre as versões do Kawanishi H8K usadas durante a guerra e fotos.

VersõesEditar

H8K1
Um protótipo experimental e duas aeronaves para testes.
H8K1
Primeiro modelo de série a operar, 14 construídos.
H8K1-L
Redesignação do primeiro protótipo, após sua conversão em um avião de transporte.
H8K2 (Modelo 12)
Versão com motores mais potentes e melhor armamento, equipada com radar experimental, 120 construídos
H8K2-L Seiku ( "Céu claro"), (Modelo 32)
Versão de transporte do H8K1. Exemplares armados foram equipados com dois canhões 20 milímetros Tipo 99 e com capacidade de transporte de 29-64 passageiros (36).
H8K3 (Modelo 22)
Versão experimental do H8K2 modificado. Equipado com flutuadores retráteis nas asas, porta lateral corrediça, armas locais no lugar das "bolhas" e a torre retrátil dorsal como um esforço para aumentar sua velocidade. 2 protótipos.
H8K4 (Modelo 23)
H8K3 com diferentes motores, 2 convertidos.

FotosEditar

 
Um H8K1 fotografado ao final da Guerra.
 
Emily Decolando.
 
H8K abatido na ilhota de Gavutu nas Ilhas Salomão.
 
Visão lateral do Kawanishi H8K em voo rasante.

SobreviventesEditar

Quatro aeronaves sobreviveram até o final da guerra. Um deles, um H8K2, foi capturado por forças americanas no fim da guerra e foi avaliado antes de ser devolvido ao Japão em 1979. Foi exibido Museu de Ciência Marinha de Tóquio até 2004, quando foi transferido para a Base Aérea de Kanoya em Kagoshima.

Notas

  1. Bridgeman 1946, pp. 185–186.

Referências

  1. a b «Grandesguerras». Arquivado do original em 29 de março de 2008 
  2. «Military Sakura» (em japonês) 

BibliografiaEditar

  • Bridgeman, Leonard. "The Kawanishi H8K2 “Emily”" Jane’s Fighting Aircraft of World War II. London: Studio, 1946. ISBN 978-1-85170-493-4.
  • (em neerlandês) Van der Klaauw, Bart. Water- en Transportviegtuigen Wereldoorlog II. Alkmaar, the Netherlands: Uitgeverij de Alk. ISBN 90-6013-677-2
  • (em inglês) Francillon, René J. Japanese Aircraft of the Pacific War. London: Putnam & Company, 1970 (2nd edition1979). ISBN 0-370-30251-6
  • (em inglês) Green, William. Warplanes of the Second World War, Volume Five: Flying Boats. London: Macdonald & Co.(Publishers)Ltd., 1962. ISBN 0-356-01449-5

Ligações externasEditar