Kia Morning

(Redirecionado de Kia Picanto)
Kia Picanto
2017 Kia Picanto GT-Line S 1.2 Front.jpg
Modelo da terceira geração
Visão Geral
Nomes
alternativos
Kia Picanto
Produção 2004 — presente
Fabricante Kia
Modelo
Carroceria Monobloco
Ficha técnica
Motor 1.0
Transmissão 5 Velocidades
Modelos relacionados Hyundai i10
Opel Agila
Ford Ka
Citroën C2
Chery QQ
Nissan March
Fiat Mobi
JAC J2
Renault Kwid
Volkswagen Gol
Volkswagen Up!
Dimensões
Comprimento 3495 mm
Peso 890 kg
Tanque 35 l
Consumo 5.6l/100km

O Kia Morning (Europa e Ásia) e Kia Picanto (resto do mundo), é um automóvel de porte mini - ou, "subcompacto" - fabricado pela Kia Motors e, hoje, já está em sua terceira geração. Seu lançamento na Europa e na Ásia ocorreu em 2004.[1]

Sua primeira geração, que durou de 2004 a 2011, era vendida inicialmente com dois motores a gasolina (1.0 de 61 cv ou 1.1 de 65 cv). Na Europa o modelo também recebeu um motor de 1,1 litro a diesel, com três cilindros, que entrega 75 cv.[2]

No BrasilEditar

Primeira geração (2006-2012)Editar

O carro foi lançado pela Kia Motors do Brasil em 2006, com motor 1.0 12v, 64 cv e 8,9 kgfm de torque a 3.000 rpm. Em 2008, o Picanto recebeu seu primeiro facelift, quando ganhou novos faróis e lanternas, além de mudanças sutis no para-choque. Alguns anos depois, em 2010, outro facelift lhe deu a conhecida frente com os “dentes de tigre”.

Segunda Geração (2012-2017)Editar

A Kia trouxe ao Brasil a segunda geração do Picanto em 2012, a qual trouxe com uma série de mudanças estéticas, sendo oferecido em quatro opções de configuração, todas equipadas com o motor 1.0 e com a tecnologia bicombustível (flex), com potência de 80 cavalos a 6.200 rpm, quando abastecido com etanol, e 77 cv na mesma rotação quando abastecido com gasolina. O torque fica em 10,2 mkgf a 4.500 rpm com o combustível derivado da cana, e 9,6 com gasolina. O câmbio podia ser manual ou automático de quatro velocidades.[3]

A versão com câmbio manual de 5 marchas contava com ar-condicionado, direção elétrica, volante multifuncional e revestido em couro, vidros elétricos, travas elétricas, rádio com CD e MP3, airbag duplo, faróis de neblina, indicadores de seta com lâmpadas de LED, entre outros itens, com preço de R$ 34.900. Caso o comprador optasse pelo modelo manual com adicional de lâmpadas de LED nos faróis, airbags de cortina e nas laterais e teto solar, pagaria R$ 39.900.

Já as versões que saíam de fábrica com câmbio automático de 4 velocidades, tinham o preço sugerido de R$ 39.900, contando com o mesmo pacote de acessórios oferecido na versão básica manual. Para a versão automática com teto solar, seis airbags e lâmpadas de LED, o valor cobrada era de R$ 44.900.[4]

Terceira geração (2018-2019)Editar

A terceira geração do Kia Picanto, chegou às lojas brasileiras em fevereiro de 2018 apenas na versão mais completa, a GT de aparência esportiva,[5] em um lote de apenas 100 unidades importadas pela Kia para o Brasil, com preço unitário que superava os R$ 65 mil, equipado com motor 1.0 e câmbio automático de quatro marchas.[6] Porém, em abril de 2019, a Kia, respondendo ao questionamento de um internauta no Twitter, sobre o porquê de o Picanto ter "sumido" do site do fabricante, disse que havia suspendido as importações do compacto temporariamente, não havendo previsão de retorno das vendas do Picanto no Brasil.[7] Desde então, o Picanto não retornou ao mercado brasileiro, sendo substituído indiretamente pelo Kia Rio, importado do México e lançado em janeiro de 2020 em solo brasileiro.

GaleriaEditar

Primeira geração (2004-2011; 2006-2012, Brasil) 
Segunda geração (2011-2017; 2012-2017, Brasil) 
Terceira geração (2017-presente; 2018-2019, Brasil) 

Ver tambémEditar

Referências

  1. Furlani, Viny (22 de maio de 2018). «Kia Picanto 2019: preço, consumo, motor, versões (equipamentos)». Notícias Automotivas. Consultado em 11 de fevereiro de 2020 
  2. Furlani, Viny (22 de maio de 2018). «Kia Picanto 2019: preço, consumo, motor, versões (equipamentos)». Notícias Automotivas. Consultado em 11 de fevereiro de 2020 
  3. [1]
  4. Carro Bonito - Preços do Novo Kia Picanto 2012
  5. «Kia Picanto sai de linha no Brasil novamente». Jornal do Carro - Estadão. Consultado em 11 de fevereiro de 2020 
  6. Picanto, Kia. «Kia Picanto deixa de ser vendido no Brasil». Motor1.com. Consultado em 11 de fevereiro de 2020 
  7. Redação (15 de abril de 2019). «Kia Picanto GT deixa de ser importado para o Brasil». Autos Segredos. Consultado em 11 de fevereiro de 2020 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Kia Morning
  Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.