Leão de Ocrida

Leão de Ocrida (†1056) foi um líder religioso e defensor da Igreja Ortodoxa. Aparece pela primeira vez numa posição em Santa Sofia. Em 1037, foi consagrado como arcebispo autocéfalo de "Toda a Bulgária", se tornando o primeiro Arcebispo de Ocrida (Ohrid). Sob os auspícios de Leão, ergueu-se em Ocrida a nova sede do arcebispado da Bulgária, a Catedral de Santa Sofia de Ocrida.

Leão de Ocrida
Nascimento século XI
Império Bizantino
Morte 1056
Etnia gregos
Ocupação sacerdote, escritor
Religião cristianismo ortodoxo

Ele também publicou diversos argumentos eclesiásticos contra a Igreja Ocidental, principalmente o fato de se permitir comer carne com sangue, algo que ele acreditava ir contra o Decreto Apostólico de Atos 15. Suas obras foram muito importantes nos debates que levaram ao Grande Cisma do Oriente em 1054.

Ver tambémEditar

BibliografiaEditar

  • The Oxford Dictionary of Byzantium. Verbete sobre Leão (em inglês). 2. [S.l.: s.n.] p. 1215 
  Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.